Conecte-se agora

Segurança preocupa deputado federal eleito coronel Ulysses!

Publicado

em

Uma das maiores preocupações com a eleição do ex-presidente Lula (PT) é a segurança pública. É certo que com o presidente Jair Bolsonaro (PL) os índices melhoraram no país, especialmente no Acre. Os crimes contra a vida, por exemplo, despencaram em relação a governos anteriores (Dilma/Temer), muito embora o estado lidere os feminicídios.

Nesse aspecto, o deputado eleito, coronel Ulysses tem uma preocupação especial: Garantir investimentos e execuções de programas dos governos federal e estadual como o Guardião da Fronteira que financia o Grupo Especial, o Gefron. Muito embora reconheça o que o presidente Bolsonaro e o governador Gladson Cameli têm feito pela segurança, é necessário externar essa preocupação com a mudança política em Brasília.

Para Ulysses, é fundamental garantir recursos para a segurança pública, inclusive, com a vinda de mais e maiores investimentos. Segundo ele, a população precisa se sentir amplamente segura em seus lares e nas cidades que residem. Não apenas por ser oficial da Polícia Militar especialista na área, mas como cidadão que compreende a necessidade de se combater o tráfico e a violência como determina a constituição. É um dever do Estado. Como deputado federal, em Brasília, deverá ser uma de suas principais bandeiras.

“Segurança pública se faz com pessoas que conseguem aliar boas ideias, planejamento e ação”. (Ivenio Hermes)

. Mais de 90 chefes de Estado participarão da conferência do clima, que ocorre entre os dias seis e 18 de novembro no Egito.

. O governador Gladson Cameli (PROGRESSISTA) já está lá; o Lula também!

. O que isso significa?

. Tudo e nada, só que o Acre é o estado amazônico mais preservado do Brasil;

. É muita coisa, ou não?!

. Lideranças fortes do PT não podem tirar dos pés as sandálias da humildade depois da campanha eleitoral.

. Devem continuar calçados.

. Do contrário, não terá valido a pena.

. Já dizia o poeta:

. “Tudo vale a pena quando a alma não é pequena”. (Fernando Pessoa)

. O PT do Acre terá um papel importante nesse processo de ter um presidente eleito, mas um governador e uma bancada federal contrária.

. A convivência deve ser democrática e institucional.

. Jorge Viana está correto em voltar no tempo e tentar reconstruir as alianças que levaram o PT a governar por 20 anos no Acre.

. Sem alianças não se vai a lugar algum; é só observar a eleição da chapa Lula/Alckmin.

. Se as eleições foram fraudadas, todas as eleições com urna eletrônica nos últimos 30 anos também o foram, ou seja, eleições ilegítimas.

. Anulando a eleição, como propagam alguns, teria que anular primeiro e segundo turnos respectivamente, ou seja, não vale nada!

. “É pura bucha”, analisa o Macunaíma.

. Bom dia!

Coluna do Astério

Gladson e o segundo mandato!

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

O político avestruz!

Publicado

em

Continuar lendo

Acre

Ex-prefeito Marcus Alexandre poderá ir para o Dnit

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Guinada à esquerda!

Publicado

em

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.