Conecte-se agora

Fora da Câmara, Jéssica Sales diz estar pronta para ajudar o Acre como médica e política

Publicado

em

Jéssica Sales ficou fora dos candidatos a deputados federais eleitos por cerca de 1.500 votos. Apesar de bem votada, com 20.500 eleitores a seu favor, não conseguiu recuperar sua vaga devido à totalização de votos do MDB, que foi abaixo do esperado. Ela, que também é médica, especialista em ginecologia obstetrícia, concedeu entrevista ao Bar do Vaz nesta quinta-feira, 6, onde relatou seus planos para os próximos meses.

Mesmo não reeleita, ela garante que seu caminho irá continuar na política. “É só um momento, estou tirando férias”, brincou. Para Jéssica, o MDB não foi o culpado por sua derrota. “Na eleição passada fiz um trabalho bonito, muito fiel e responsável. Não sei se a política mudou, mas ouvi muito dessa nova bancada federal sobre compra de votos. Se essa for a prática de agora, nunca vou voltar para a política, porque esses mais de 20 mil votos foram conscientes”.

Sales confirma que não obteve tanta gratidão dos prefeitos do Juruá, região que mais ajudou enquanto parlamentar. “Mas fiz o meu dever, independente de apoio ou não. Hoje o Juruá perdeu uma grande representante, que sou eu”.

Por outro lado, sua mãe, Antônia Sales, se elegeu deputada estadual. “Ela vai manter o trabalho brilhantemente”, disse. No momento, Jéssica pensa em fazer parte da diretoria do MDB, se necessário, após anúncio de saída do então presidente do partido. “É a renovação. A política tem que ser oxigenada, mas nossos grandes líderes serão sempre conselheiros”.

A ex-deputada afirma que nunca foi contra o governador Gladson Cameli (Progressistas), mas que em relação à gestão, sim. “Deixava a desejar para mim, como deputada”. Jéssica se colocou à disposição para ajudar o atual governo do Acre, seja como médica ou política e discordou da afirmação de Flaviano, quando o mesmo disse que ninguém do MDB deveria fazer parte do governo Gladson.

“Se me chamar para ser secretária de saúde, eu vou. Quero o melhor para o meu estado, podemos diminuir a fila de espera do TFD, melhorar a média e alta complexidade. Tenho experiência, sou médica. Me garanto como política e como médica para servir a população e ajudar os colegas”.

Ela garante ainda já ser pré-candidata a prefeita de Cruzeiro de Sul. “Tivemos R$ 99 milhões de emendas só para Cruzeiro nos últimos anos. Ainda tenho R$ 40 milhões em emendas para indicar. Eu fiz meu dever de casa, coloquei voto na caixinha”, concluiu.

Assista a entrevista completa:

video
play-rounded-fill

 

Na rede

Prefeitura de Marechal Thaumaturgo recebe máquina após 6 dias de viagem pela BR e Rio Juruá

Publicado

em

A prefeitura de Marechal Thaumaturgo recebeu nesta segunda-feira, 6, uma pá carregadeira adquirida com emenda parlamentar do senador Sérgio Petecão, por meio da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia – SUDAM, no valor de R$485.000,00.

O equipamento vai atender as demandas das secretarias de obras e de agricultura nas zonas urbana e rural do município. “Com mais esta máquina poderemos trabalhar com mais eficiência atendendo as demandas e garantindo desenvolvimento para o município e a melhoria na qualidade de vida da população”, citou o prefeito Valdélio Furtado.

Transportar equipamentos até Marechal Thaumaturgo, no Alto Rio Juruá, requer uma logística diferenciada e atenção à época do ano. O único modo de chegar com máquinas pesadas ao município é em balsas pelo Rio Juruá quando o manancial está cheio, como agora no inverno Amazônico. “A máquina saiu de Porto Velho de carreta pela BR-364 em uma viagem de quase 3 dias até Cruzeiro do Sul, depois mais 3 dias de balsa pelo Rio Juruá. Aqui no Alto Juruá temos que aproveitar essa época de rio cheio para trazer equipamentos e insumos para trabalhar”, concluiu o gestor.

Continuar lendo

Acre 01

Jovem de 18 anos é executado a tiros área de mata do Segundo Distrito de Rio Branco

Publicado

em

O jovem Felipe Kauã da Silva Barroso, de 18 anos, foi executado a tiros na tarde desta segunda-feira, 6, dentro de uma área de mata situada na travessa Xapuri, no bairro Comara, na região do segundo distrito de Rio Branco.

De acordo com informações da Polícia, Felipe foi abordado por dois homens não identificados que em posse de uma arma de fogo, o forçaram a entrar em uma área de mata e em seguida foi executado com três tiros nas costas. Após a ação, os criminosos fugiram do local.

Moradores escutaram os disparos da arma de fogo e acionaram a Polícia Militar. Quando a guarnição Policial chegou ao local encontrou o jovem Felipe sangrando caído na área de mata.

A ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, mas quando os paramédicos chegaram ao local nada puderam fazer por Felipe que já se encontrava morto.

A área foi isolada pela Polícia Militar para os trabalhos do Perito em criminalística, em seguida colheram as características dos autores do crime e fizeram patrulhamento na região em busca de prendê-los, mas eles não foram encontrados.

O corpo foi removido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos.

A Polícia acredita que o crime pode estar relacionado a guerra entre organizações criminosas por disputa de território e tráfico de drogas.

O caso segue sob investigação dos Agentes de Polícia Civil da Equipe de Pronto Emprego (EPE) da Delegacia Especializada de Investigação Criminal (DEIC).

Continuar lendo

Cotidiano

Governo segue o cronograma do mutirão de cirurgias na Fundhacre por mais seis meses

Publicado

em

O governo do Acre, por meio da Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre), vem seguindo o cronograma do mutirão de cirurgias na unidade hospitalar. Nesta segunda-feira, 6, pacientes que se encontram na fila de espera nas especialidades de cirurgia-geral e vascular compareceram no hospital para realização dos exames pré-operatórios que seguem em sua terceira fase.

A diretora-geral do hospital, Duciana Araújo, explica que a programação mensal é que 250 pacientes sejam operados no mutirão, que terá durabilidade de mais seis meses.

“O nosso planejamento é manter as cirurgias eletivas como vêm acontecendo na rotina do nosso centro cirúrgico e a rotina do nosso mutirão de cirurgias com a meta principal de 250 cirurgias por mês”, salientou a gestora.

Maria Ivete de Souza Rodrigues, 52 anos, mora em Rio Branco. A paciente tem problemas vasculares, e precisava passar pelo procedimento cirúrgico. Ao lado da filha Cleane de Souza, relata que tem esperança que tudo ocorra com êxito.

“Posso dizer que hoje estou ansiosa e feliz em fazer a operação. Tem sido difícil pra mim, sinto muitas dores, principalmente na perna esquerda, que está muito inflamada. Já cheguei a ir para o centro cirúrgico e na hora o procedimento ser cancelado devido à trombose. Isso tudo me causou muito sofrimento, porque é uma cirurgia de risco”, disse a paciente Maria Rodrigues.

O Mutirão

Em maio de 2022, o governo lançou o mutirão de cirurgias na Fundhacre, o intuito foi diminuir a fila de espera e promover a qualidade de vida daqueles que aguardavam uma cirurgia eletiva. Assim ocorreu a ampliação do centro cirúrgico e toda uma organização na logística para recepcionar os pacientes que vinham tanto da capital quanto do interior do estado.

As primeiras cirurgias realizadas ocorreram em julho, com duração de seis meses, totalizando 1.237 procedimentos. Atualmente vêm sendo contempladas no mutirão cirurgias nas especialidades de urologia, vascular, mastologia, ginecologia, cirurgia geral e pediatria.

A continuidade do mutirão de cirurgias é um compromisso do governo do Estado em oferecer dignidade às pessoas que há anos aguardam por uma intervenção cirúrgica na rede pública de Saúde.

Continuar lendo

Cotidiano

Eduardo Ribeiro fala sobre a criação de um Pólo Tecnológico na Gameleira

Publicado

em

O deputado estadual, Eduardo Ribeiro (PSD), concedeu entrevista ao jornal Bom dia Acre, da Tv Acre, nesta segunda-feira, 6. Durante a conversa, ele sugeriu o melhor aproveitamento do Calçadão da Gameleira, com a criação de um Pólo Tecnológico, voltado para geração de oportunidades para a juventude acreana.

“A gente precisa ajudar sobretudo a nossa juventude, e isso passa pela geração de emprego. Por exemplo, o Calçadão da Gameleira, pode ser um Pólo de novas tecnologias, de incentivo para a juventude, para gerar novas oportunidades, incentivo à criação de novos aplicativos, enfim”, disse.

Quando indagado sobre as prioridades de seu mandato, o parlamentar fez questão de frisar sua preocupação com a geração de emprego, renda e demais oportunidades à população acreana, em especial aos jovens.

“O povo acreano é muito inteligente, é um povo sábio, trabalhador, tenho certeza que com as ferramentas necessárias as coisas vão avançar”, concluiu.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.