Menu

Vendedor do Calçadão diz que nem na Copa do Mundo vendeu tanta camisa da seleção

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O comércio na região do Calçadão, em frente ao Colégio Acreano, está funcionando normalmente neste domingo de eleição. No local, o repórter Leônidas Badaró conversou com o vendedor Ismael Miranda, que estava super animado com as vendas de camisas da seleção brasileira.


“Nem na Copa tinha vendido tanta camisa assim. Do Lula, só tenho quatro camisetas e não vendi nenhuma, acho que vou doar para alguém que vote no Lula. Da seleção, vendi 100 só ontem”, disse o trabalhador.


Ismael lembrou que o período de eleições ajudou a melhorar as vendas que caíram muito durante a pandemia. Para ele, uma oportunidade de fazer “um extra”.

Publicidade

“Devido à pandemia, nós passamos um tempo de sofrimento, até impedidos de trabalhar e, graças a Deus, as vendas deram uma melhora agora devido a eleição”, afirmou o vendedor.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido