Conecte-se agora

Ex-prefeito de Cruzeiro do Sul é alvo de operação da PF por suposta ligação com facção criminosa

Publicado

em

A Polícia Federal deflagrou a Operação Ilíada em Cruzeiro do Sul nesta quinta-feira, 29, onde esteve no comitê eleitoral e na casa do ex-presidente da Câmara Municipal e ex-prefeito do município, Clodoaldo Rodrigues.

O objetivo da operação, segundo a PF, é coibir a prática de crimes eleitorais. Foram cumpridos cinco mandados de busca apreensão na cidade e em endereços ligados à Clodoaldo e seus correligionários, sendo um no bairro da Cobal, visando apurar o laço com indivíduos pertencentes à facção criminosa a fim de proporcionar o financiamento de campanhas eleitorais.

As investigações, que tiveram início em setembro de 2022, apontam um estreito envolvimento entre candidatos do pleito eleitoral e lideranças da facção criminosa com o objetivo de eleger seus próprios representantes ou políticos simpatizantes, que caracteriza a compra de votos. Os indícios apontam que a ligação entre os criminosos e candidatos 3 antiga, não descartando o envolvimento em outros crimes.

Os envolvidos responderão pelos crimes de corrupção eleitoral, com pena prevista de até quatro anos de reclusão e falsidade ideológica, com até cinco anos de prisão, ambos do Código Eleitoral.

O nome da Operação, segundo a Polícia Federal, faz referência ao poema épico da Grécia Antiga, atribuído a Homero, o qual narra os fatos relativos à Guerra de Tróia, que acabou findando com o uso do Cavalo de Tróia, de forma a se demonstrar que o uso das eleições pelas facções pode culminar minando o processo democrático.

O outro lado

O ex-presidente da Câmara Municipal e ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Clodoaldo Rodrigues, candidato à deputado estadual, confirmou ao ac24horas que a Polícia Federal esteve na casa e comitê dele, onde encontrou R$ 10 mil. Mas afirma que nunca teve ligação com facção criminosa. A PF também esteve na casa casa de correligionário de Clodoaldo, morador do bairro Cobal, é ex-presidiário, tendo cumprido pena por tráfico de drogas.

“Tem mais de 300 pessoas trabalhando e pedindo voto para mim e não sei da vida progressa deles. Eu sou candidato e meu interesse é por voto. Eu faço campanha em cima do trabalho que fiz como vereador e prefeito e nunca tive ligação com crime organizado ou facção”, citou.

Na rede

Trabalhadores de Cruzeiro do Sul não perdem jogo do Brasil

Publicado

em

Nesta segunda-feira, 28, muitos funcionários de empresas que não fecharam na hora do jogo do Brasil assistiram à partida entre Brasil e Suíça em Cruzeiro do Sul, nos próprios locais de trabalho.

Na Rodoviária da cidade, os funcionários das empresas de transporte terrestre e demais estabelecimentos comerciais, se juntaram na hora da disputa para acompanhar os lances em uma televisão instalada no corredor.

Adão Aquino diz que foi bom estar com os colegas e não perder tempo no deslocamento da empresa pra casa e depois do jogo, na volta para o trabalho.

“Já estávamos aqui, vimos o jogo nos divertindo juntos e em seguida voltamos a trabalhar muito mais animados com a vitória do Brasil “, relata

A frentista de um posto de combustível, Beatriz Rocha, conta que quase não apareceram carros para abastecer e conseguiu ver a maior parte dos 90 minutos do jogo entre Brasil e Suíça. “Agora com a vitória até o trabalho ficou mais leve e animado”, destaca.

Continuar lendo

Na rede

Em Cruzeiro do Sul, Francesa e Chileno torcem para o Brasil na Copa

Publicado

em

Muitos estrangeiros que estão em busca de conhecer as terras indígenas e a Ayahuasca, passam e/ou moram em Cruzeiro do Sul, a segunda maior cidade do Acre. Na hora dos jogos da Copa do Mundo, 5 pessoas que moram juntas em Cruzeiro, incluindo um chileno e uma francesa, torcem pelo Brasil.

Nesta segunda-feira, 28, a taróloga francesa Clara Merazi, 26 anos, gostou do resultado 1 a 0 pro Brasil em cima da Suíça. “A França já é a atual campeã então eu torço pelo Brasil, que tão bem me acolheu “, conta ela, que está percorrendo vários lugares do mundo.

Já o chileno Guido Valenzuela Assis, 26, lamenta o fato do país dele não estar na Copa do Mundo 2022 no Catar. “Estou torcendo muito pelo Brasil, que é uma terra muito Hospitaleira e tem um futebol espetacular “, contou.

Continuar lendo

Na rede

Em Cruzeiro do Sul, resultado do concurso “Minha rua é louca pelo Brasil” será anunciado quarta

Publicado

em

Neste domingo, 27, a comissão organizadora do Concurso Minha Rua é Louca pelo Brasil de Cruzeiro do Sul, visitou as 8 vias que concorrem à premiação. A rua vencedora será divulgada na quarta-feira, 30, e os prêmios entregues na quinta-feira, 2 de dezembro, antes do jogo entre Brasil e Camarões.

“As avaliações foram feitas e na quarta faremos a contagem das notas. Vamos entregar a premiação das três primeiras colocadas na quinta-feira antes do terceiro jogo do Brasil”, ressalta o presidente da Associação Comercial do Alto Juruá, Luis Cunha.

O investimento na ornamentação é alto e além de tirar do bolso, em forma de cotas e individualmente, os moradores buscam patrocínios. Na Rua Mâncio Lima, no Bairro Aeroporto Velho, o investimento total chega a R$ 5 mil. Francisco Virgulino cita que os moradores fizeram uma cota de R$ 2.800, mas esta foi apenas uma parte do valor empregado na ornamentação. “Esses R$2.800 foi da cota geral. Além disso, tivemos as colaborações individuais e também conseguimos patrocínio. No total o investimento foi de cerca de R$ 5 mil”, relata Virgulino.

O trabalho dos moradores foi intenso para garantir a decoração da via com as cores do Brasil. Virgulino conta que estão todos com esperança na vitória. “Nós nos empenhamos muito e estamos na torcida pela vitória. Mas se não ganharmos o fato de termos ficado juntos em clima de muita animação já valeu a pena”, ressalta

Na Rua Antônio Costeira, nem as ladeiras impediram os vizinhos de enfeitar a via. “Trabalhamos todos juntos e foi muito boa essa confraternização entre os vizinho”, pontua João Dias, um dos moradores.

Além dos bairros Vila São Pedro e Liberdade, na zona rural de Cruzeiro do Sul, também buscam a premiação.

Continuar lendo

Na rede

Gerente do aeródromo de Porto Walter diz que aviões pousam e decolam dentro das normas

Publicado

em

A responsável pelo aeródromo de Porto Wálter, Cleide Silva, afirmou jamais ter presenciado pilotos desembarcarem aparentando estar sob efeito álcool ou que aviões decolem ou pousem com excesso de passageiros.

As denúncias acima constam em informações repassadas ao ac24horas por pessoas que fazem viagens frequentes para os municípios de Porto Walter e Marechal Thaumaturgo. Segundo os relatos, as aeronaves que operam na região voam com excesso de peso e não oferecem condições de segurança.

Passageiros afirmam, sem citar a que empresas pertencem, que alguns aviões trafegam com bancos soltos e cintos de segurança improvisados com cordas. Em um dos relatos, um dos viajantes diz que o piloto pediu os pesos dos passageiros, somou e disse que voava com “sobrepeso”.

“Último voo o cara pegou um papel e começou a pedir nossos pesos, aí quando somou no celular ele disse que estava arriscando a vida dele, que estava voando em sobrepeso e que já tinha falado pro pessoal da empresa que era pra por balanças pras bagagens e pessoas”, disse.

A gerente do aeródromo de Porto Walter diz que não cabe a ela fiscalizar as condições estruturais das aeronaves, o que a impede de confirmar ou negar o que está sendo denunciado. Quanto ao que ela afirma ter a condição de observar, garante que não há problemas que possa relatar.

“A mim não compete fiscalizar dentro da aeronave, mas nas vezes em que viajei, no avião havia cinto de segurança e não havia problemas com as cadeiras. Não vou dizer que é verdade ou mentira o que está sendo dito, mas nunca presenciei nada desse tipo. Se presenciais, eu seria a primeira a ficar do lado da população”, afirmou.

Sobre o possível excesso de peso nas aeronaves, a gerente afirmou que não há no aeródromo controle de peso de passageiros e bagagens. Ela diz que nunca presenciou passageiros com muita bagagem e que nesse ponto é necessário que haja consciência de quem viaja com relação ao porte dos aviões.

“Geralmente a bagagem do passageiro é uma mala de viagem pequena. Eu nunca presenciei nem um passageiro com muita bagagem, aqui é um aeródromo de pequeno porte, na minha opinião cada passageiro tem que ser consciente que as aeronaves que operam aqui são de pequeno porte, então nunca vi muita bagagem a serem embarcadas não, apenas maletas bolsas pequenas”, garantiu.

Cleide Silva, que também é vereadora na cidade, aproveitou para informar que as condições de operação do aeródromo da cidade são muito boas e que não há ocorrência de problemas, como buracos na pista de pouso.

“Todos os dias eu e os demais funcionários andamos em toda pista 3 vezes por dia pra ver se tem algo errado”.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.