Conecte-se agora

Corpo da irmã Nair é velado na Igreja de Nossa Senhora Aparecida

Publicado

em

O corpo da diretora do Hospital Regional do Juruá de Cruzeiro do Sul, irmã Nair Terezinha Reichert, que morreu vítima de parada cardiorrespiratória neste sábado, está sendo velado no salão Paroquial da Igreja de Nossa Senhora Aparecida na Avenida 25 de Agosto, próximo ao BIS.

O sepultamento da freira, que morreu na UTI da unidade hospitalar que administrou durante 15 anos, será realizado neste domingo no Cemitério de Cruzeiro do Sul.

Ela que foi internada com pneumonia, teve uma parada cardiorrespiratória de 15 minutos, foi reanimada pelos médicos mas não resistiu e faleceu neste sábado.

Na rede

PM apreende cocaína e maconha em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

A Polícia Militar em Cruzeiro do Sul prendeu na noite desta segunda-feira, 6, no Bairro Cruzeirinho, Paulo Vitor Gomes de Freitas, vulgo Portugal, que é monitorado da justiça por meio de tornozeleira eletrônica, com pouco mais de meio quilo de maconha, uma balança e material para embalar a droga.

Ele foi abordado pela Polícia Militar quando estava em uma moto no bairro Cruzeirinho e não obedeceu à ordem de parada, tentou fugir mas foi capturado. A Pm encontrou com Paulo Vitor, uma quantidade de maconha do tipo skank e em seguida em uma casa indicada por ele, 660 gramas da maconha embarrada.

O homem já responde por tráfico e porte ilegal de arma. Com ele também foi encontrado um rádio comunicador que era utilizado por Portugal para avisar a outras pessoas da localidade sobre a chegada da Polícia ao local. O homem e a droga foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de Cruzeiro do Sul.

Na madrugada de domingo ,no Bairro Miritizal, a Polícia Militar apreendeu uma mochila com aproximadamente R$ 2.500 trocados e em moedas e 125 gramas de cocaína. Quando a Pm chegou ao local para averiguar uma denúncia de que um cidadão estava com uma arma no local, várias pessoas correram e um deles jogou a mochila com a droga e o dinheiro dentro, além de celulares e facas. O material foi entregue na Delegacia de Polícia Civil

Continuar lendo

Na rede

Prefeitura de Marechal Thaumaturgo recebe máquina após 6 dias de viagem pela BR e Rio Juruá

Publicado

em

A prefeitura de Marechal Thaumaturgo recebeu nesta segunda-feira, 6, uma pá carregadeira adquirida com emenda parlamentar do senador Sérgio Petecão, por meio da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia – SUDAM, no valor de R$485.000,00.

O equipamento vai atender as demandas das secretarias de obras e de agricultura nas zonas urbana e rural do município. “Com mais esta máquina poderemos trabalhar com mais eficiência atendendo as demandas e garantindo desenvolvimento para o município e a melhoria na qualidade de vida da população”, citou o prefeito Valdélio Furtado.

Transportar equipamentos até Marechal Thaumaturgo, no Alto Rio Juruá, requer uma logística diferenciada e atenção à época do ano. O único modo de chegar com máquinas pesadas ao município é em balsas pelo Rio Juruá quando o manancial está cheio, como agora no inverno Amazônico. “A máquina saiu de Porto Velho de carreta pela BR-364 em uma viagem de quase 3 dias até Cruzeiro do Sul, depois mais 3 dias de balsa pelo Rio Juruá. Aqui no Alto Juruá temos que aproveitar essa época de rio cheio para trazer equipamentos e insumos para trabalhar”, concluiu o gestor.

Continuar lendo

Na rede

No Acre, homem mora em parada de ônibus há 6 meses

Publicado

em

Sebastião Pedrosa de Oliveira 55 anos, natural de Cruzeiro do Sul, mora em uma parada de ônibus na Avenida 25 de Agosto, uma das mais movimentadas da cidade, desde agosto do ano passado. Ele dorme no banco de ferro e tem uma cadeira, uma mesa, roupas e lençóis cobertos por um plástico. O banheiro que usa, segundo ele, é de uma casa abandonada na Avenida Mâncio Lima.

O homem conta que morou fora de Cruzeiro do Sul por 23 anos e trabalhou em Rio Branco, Porto Velho e em Manaus. Ele voltou para a terra natal em 2012 e trabalhou em algumas empresas, depois descarregando balsas e caminhões e vendendo picolé. Sebastião cita que não consegue mais trabalhar nem pagar aluguel e por isso mora desde o ano passado na parada de ônibus.

” Aqui tenho vários conhecidos e amigos que me dão comida, me ajudam e ninguém mexe comigo mas eu queria uma casa minha para morar “, relata ele contando que já tentou morar com parentes e já esteve em imóvel de aluguel social, mas não deu certo segundo seu Sebastião.

Confuso, ele diz que espera receber um montante de dinheiro por uma causa trabalhista contra uma mineradora do Amazonas e, que aí, deverá comprar uma casa para morar. Afirma que durante a pandenia de Covid-19, teve acesso a um auxílio pontual mas que depois, não recebeu mais recursos de nenhum tipo de benefício social. Seu Sebastião relata que toma medicação controlada desde 2004 e que já foi atendido no Centro de Atenção Piscicososial – Caps Náuas, região central de Cruzeiro.

” Agora o que eu quero é minha medicação porque está Suspensa. Eu preciso também de uma casa minha porque aluguel social é só por três meses aí depois eu volto pra rua e com parente não dá certo “, pede o homem que mora na parada de ônibus de Cruzeiro do Sul, há poucos metros da Secretaria de Estado de Assistência Social, da Mulher e dos Direitos Humanos – SEAMD.

Continuar lendo

Na rede

Homem tem casa roubada no Rio Crôa e publica imagens nas redes sociais

Publicado

em

Um ex-morador do Rio Crôa, em Cruzeiro do Sul, Vicente Alves Ferreira, postou nas redes sociais, imagens de roubos na casa dele e disse que teve que deixar o lugar paradisíaco por causa dos furtos que vem sofrendo. Vicente cita o nome do ladrão, relata que já denunciou o caso à Polícia e a perícia já foi ao local. Ele instalou as câmeras depois de ter sido roubado e o equipamento flagrou a ação do vizinho de Vicente.

Nas imagens de três câmeras, é possível ver o homem, que é morador local, chegando pelo rio e pegando um pau. Em um dos quartos da casa pega um rastelo, mangueira e outros itens. Em seguida, percebe a câmera e destrói o equipamento.

” É por esse motivo que eu saí do Rio Crôa, deixei de morar no paraíso, onde planto minhas rainhas e investi tempo, dinheiro e não aguento mais noiado. O nome do meliante é Willin, já foi feito o B.O e a cientifica já veio. Agora é cobrar né. O mesmo já quebrou o vidro do meu carro a primeira vez,já entrou outras vezes aqui em casa também, mas não tinha câmera. Levou rastelo, me quebrou uma câmera, lixas. Nesse tempo já deve ter fumado tudo “, escreveu Vicente no Facebook.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.