Conecte-se agora

MP abre investigação criminal para apurar agressão praticada por militares a empreendedor

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Acre (MP-AC) decidiu abrir uma investigação criminal contra militares envolvidos em uma agressão ao microempreendedor Francisco Bezerra, morador da Baixada da Sobral, no início de setembro deste ano. O despacho foi publicado na edição do Diário Eletrônico desta quinta-feira, 22.

Na ocasião, o homem procurou a imprensa para denunciar que foi alvo de uma abordagem com abuso de poder por militares da Polícia Militar do Estado do Acre (PM-AC). Segundo a vítima, no momento da abordagem ele estava no bairro Boa União, momento em que uma equipe parou e começou as agressões. Bezerra contou que foi ameaçado de morte pelos militares.

LEIA MAIS: Vídeo mostra PM agredindo homem na Baixada da Sobral

De acordo com a promotora Maria de Fátima Roberto Teixeira, após tomar conhecimento dos fatos no site de notícias ac24horas, matéria jornalística contendo vídeo de abordagem policial efetuada pela polícia militar em atividade no Bairro Boa União, nesta, neste Município de Rio Branco-AC, noticiando que o homem abordado foi agredido fisicamente e ameaçado de morte, resolveu tomar providências.

O órgão controlador destacou que além das agressões, os polícias teriam entrado sem autorização no interior da residência e deletado os vídeos do aparelho de DVR e de um computador.

Teixeira levou em conta o teor das declarações prestadas pela vítima na promotoria de justiça especializada, sendo na forma online por videoconferência, tendo noticiado práticas de desvios de condutas dos agentes públicos em atividade. Por isso, o MP resolveu abrir uma investigação criminal. “Resolve instaurar procedimento investigatório criminal, a fim de apurar as circunstâncias dos fatos referidos acima, para ao final, se for o caso, promover a ação penal ou o arquivamento dos autos”, diz trecho do despacho.

Sobre os fatos narrados, a Corregedoria-Geral da Polícia Militar informou haver instaurado procedimento próprio para apurar as denúncias.

Destaque 4

Com gasto de R$ 3,5 milhões, Bocalom vai uniformizar crianças com farda azul

Publicado

em

Na manhã desta segunda-feira, 5, na sede da prefeitura, o prefeito Tião Bocalom (Progressistas), realizou a cerimônia de apresentação dos novos uniformes das escolas municipais, que serão distribuídos para alunos da rede pública a partir de 2023.

De acordo com a gestão municipal, os Os kits serão compostos por duas camisas, uma calça e um short para os meninos e para as meninas serão duas camisas, um short saia e uma calça. Ao todo, serão mais de 22 mil alunos que serão beneficiados com os kits da prefeitura – na cor azul com branco.

Contente com o trabalho da equipe, Bocalom garantiu que a iniciativa fomenta a geração de emprego. “O mais importante de tudo é que a gente vai gerar emprego local, são mais de R$ 3 milhões que a gente vai gastar com esses uniformes”, declarou.

A secretária de educação de Rio Branco, Nabiha Bestene, afirmou que a prefeitura vai produzir até 25 mil alunos, pagos com R$3,5 milhões de recursos próprios. O kit será entregue em 81 unidades escolares e 14 anexos da capital.

Continuar lendo

Destaque 4

Terra com melhor potencial agrícola se concentram no Vale do Acre, mostra IBGE

Publicado

em

O IBGE divulgou nesta segunda-feira (5) o Mapa de Potencialidade Agrícola Natural das Terras do Brasil, publicação inédita que busca classificar, interpretar e visualizar o potencial natural dos solos para a agricultura.

O IBGE dividiu o mapa do País em áreas de potencialidade agrícola natural (fortemente restrita, boa, muito boa, moderada e restrita). No Acre, a faixa de terra considerada boa está no Médio e Baixo Acre. São 13.044 quilômetros quadrados de terras nessa condição -ou 7,9% do território do Estado. O Acre não tem nenhuma faixa de terra ´muito boa´ para agricultura mas possui uma grande extensão de área ´restrita´ (31,6% do território) para a agricultura. A faixa tida como ´moderada´ soma 98.326 km2 (59,9%).

Tentar entender melhor o potencial agrícola do solo do Brasil e suas limitações, fazendo uma análise não indicativa de uso, mas interpretativa do solo e do relevo -essa é a proposta do estudo.

O mapa orientativo foi elaborado a partir do mapeamento de solos do IBGE, levando em consideração os recursos naturais, sobretudo solo e relevo, e como eles podem favorecer o setor agrícola brasileiro. Os mais de 500 tipos de solos do Brasil foram classificados considerando características como textura, pedregosidade, rochosidade, erodibilidade, entre outros, em cinco classes de potencialidade variando de terras com muito boa potencialidade a terras com restrições muito fortes ao desenvolvimento agrícola.

O dia de apresentação do estudo foi escolhido por ser o Dia Mundial do Solo, implementado pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). Este ano, a data tem como tema “Solos: onde a alimentação começa”.

Continuar lendo

Destaque 4

Receita divulga edital de concurso com 699 vagas para analista tributário e auditor fiscal

Publicado

em

O concurso Receita Federal 2022 teve o seu edital publicado no Diário Oficial da União nesta segunda, 5. A seleção visa a contratação de 699 vagas, sendo 469 para analista tributário e 230 para auditor-fiscal.

Ambas as carreiras são destinadas a quem possui o nível superior em qualquer área. Os ganhos são de R$12.142,39 e R$21.487,09, respectivamente. O regime de contratação é o estatutário, com estabilidade.

As inscrições para o concurso da Receita Federal serão aceitas de 12 de dezembro a 19 de janeiro. Para se inscrever, basta acessar o site da Fundação Getulio Vargas (FGV),organizadora , e preencher o formulário com todos os dados para cadastro. O valor da inscrição é de R$ 115 para o cargo de analista e R$ 210 para a carreira de auditor.

As provas objetivas e discursivas serão aplicadas em 19 de março, com caráter eliminatório e classificatório.

Continuar lendo

Destaque 4

Após perder tudo com forte chuva, população fecha Estrada do Calafate em manifestação

Publicado

em

Diante das fortes chuvas que ocorrem nesta sexta-feira, 02, moradores do beco São Pedro, no bairro Vila Betel, fecharam a estrada do Calafate, em direção a escola Fundação Bradesco, em manifestação pelos prejuízos causados com a situação.

Em depoimento das pessoas no local, o problema é recorrente, por causa de um bueiro que entope e inunda todas as casas. A região tem aproximadamente 40 famílias.

“Precisamos do apoio da prefeitura para fazer o trabalho nessa bueira, em toda chuva é isso que ocorre. Cadê as autoridades? Tem mais de 25 anos que vivemos nessa situação. É só sofrimento, todo mundo perdendo tudo”, disse o residente, Divalnir Pereira.

De acordo com o presidente do bairro, Orimar Silva, houve um debate com os responsáveis da prefeitura para que fosse solucionado as adversidades, mas foi informado que nada poderia ser feito no momento.

“Falei com o responsável da prefeitura e me disseram que só poderão vir amanhã, porque já foram liberados do trabalho. E nós vamos dormir aonde?”, disse.

O corpo de Bombeiros foi até o local para prestar as assistências necessárias e a via continua bloqueada.

ASSISTA AO VÍDEO:

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.