Conecte-se agora

TCE multa Mazinho e pregoeiro por irregularidades em licitação

Publicado

em

Os membros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) decidiram multar o prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim (União Brasil) e seu pregoeiro, João Paulo Cavalcante D’Ávila Neto, por irregularidades cometidas em licitação firmada com uma empresa privada. O despacho foi publicado na edição do Diário Eletrônico desta segunda-feira, 15.

A conselheira Maria de Jesus, sugeriu a Mazinho que, nas próximas licitações, observe os prazos estabelecidos para entrega de produtos, a fim de evitar o cerceamento à concorrência. Por esse motivo, Serafim foi multado a pagar R$ 23.440,00 (vinte e três mil quatrocentos e quarenta reais), e João Paulo Cavalcante D’Ávila Neto, Pregoeiro, a R$ 11.720,00 (onze mil setecentos e vinte reais), com base na Lei Complementar Estadual nº 38/1993, da Lei Complementar Estadual nº 376/2020, e Decreto nº 10.903, de 23 de dezembro de 2021. “Em razão de grave infringência às normas legais, para recolhimento no prazo de 30 (trinta) dias, após notificação deste, de tudo dando ciência a este Tribunal de Contas; e) pela notificação à DAFO para que acompanhe os desdobramentos decorrentes da execução da Ata de Registro de Preços nº 022/2021”, diz trecho da notificação.

Além disso, o órgão controlador solicitou que a gestão municipal faça o cancelamento do item 2, objeto de sobrepreço, visando a preservação e/ou recomposição do erário público.

Acre

“Mãe de joelho, filho de pé”, diz mãe de Gladson em retorno ao Acre

Publicado

em

A mãe do governador Gladson Cameli (Progressistas) gravou um vídeo para tranquilizar o filho na semana decisiva a cinco dias da votação nas eleições de 2022. Dona Linda Cameli retornou a Rio Branco, capital do Acre, para acompanhar de perto os dias que antecedem o domingo eleitoral, no dia 2.

“Filho, conte sempre comigo. Mãe de joelho, filho de pé. É 11!”, disse a mãe do governador, que estava há alguns dias fora do estado.

Cameli já confirmou sua participação no debate entre os sete candidatos ao governo do estado, cujo está pela reeleição, e que ocorre na noite de hoje na Rede Amazônica do Acre.

play-rounded-fill
Continuar lendo

Acre

Gladson confirma ida ao debate da TV Acre: “Vou discutir propostas”

Publicado

em

A Rede Amazônica (afiliada Rede Globo) promove o debate entre os candidatos ao governo do Acre, nesta terça-feira, 27, às 21h30. A presença de Gladson Cameli (Progressistas) está confirmada. A participação do gestor, que busca a reeleição, estará focada na apresentação de propostas para desenvolver o estado e melhorar a vida das pessoas.

No debate, Gladson terá a oportunidade de mostrar as ações realizadas no primeiro mandato e explanar os principiais pontos do novo Plano de Governo nas áreas da saúde, educação, segurança pública, infraestrutura e geração de empregos.

Cameli espera que o debate seja pautado pelo respeito entre os candidatos e, principalmente, a exposição de propostas aos eleitores. Porém, se o objetivo não for alcançado, Gladson não cairá na provocação de seus adversários.

“A cada ataque deles, apresentarei nossos projetos que vão melhorar a vida do nosso povo. Vou ao debate para discutir propostas. O Acre tem pressa para crescer e, como governador, quero criar as condições necessárias para que o nosso estado seja uma terra de oportunidades para todos”, pontuou o candidato.

Continuar lendo

Acre

No Acre, mulheres de presos levantam bandeira de Lula

Publicado

em

Nesta terça-feira, 27, familiares e mulheres dos presos realizaram uma grande manifestação de protesto com viés político em frente ao Terminal Urbano, em Rio Branco.

Com cartazes nas mãos com críticas a Bolsonaro e bandeiras vermelhas em apoio ao candidato e ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva do PT, os familiares dos detentos resolveram manifestar apoio ao petista e proferir palavras de baixo calão ao presidente do país.

A situação ficou tão tensa, que em meio a manifestação, o ato precisou ser controlado pela Polícia Militar.

Continuar lendo

Acre

Apoiador de Adailton declara apoio a Vanda e causa atrito no PSB

Publicado

em

A aparição do presidente em exercício do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde (Sintesac) Jean Marcos, declarando apoio à candidatura de Vanda Milani ao Senado da República, causou um verdadeiro burburinho no setor da saúde. O que ocorre é que Jean é presidente em exercício do segundo maior sindicato, ocupando a vaga provisória do presidente Adailton Cruz, que é vereador, e se licenciou do cargo para disputar uma vaga na Aleac pelo PSB.

A atitude do sindicalista chamou atenção, já que Adailton, que tem em Marcos um dos principais apoiadores, é do mesmo partido e apoia a candidatura de Jenilson Leite ao Senado da República. O próprio Jenilson não negou a insatisfação de ver o atual gestor do sindicato hipotecando apoio à Millani.

“Lamentável o coordenador de campanha do nosso candidato Adailton Cruz e presidente de um sindicato que tanto ajudamos fazer isso com minha candidatura ao Senado. O servidor não merece esse tipo de jogo eleitoreiro”, afirmou Jenilson.

O ac24horas procurou Adailton Cruz. O vereador e candidato a deputado estadual afirmou que foi surpreendido com a informação. “Isso não tem a minha participação. Não sei os motivos que levaram o Jean a tomar essa decisão. Eu sou Jenilson e não há nenhum motivo para que a classe da saúde não esteja com o Jenilson para o Senado. Inclusive, ainda hoje vou gravar um comunicado falando do apoio à candidatura do Jenilson para que não paire nenhuma dúvida”.

Adailton, no entanto, negou que Jean Marcos seja seu coordenador de campanha. “Apesar de ser um apoiador nosso, o Jean não é o nosso coordenador. Essa informação não procede”, afirmou.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.