Conecte-se agora

Agosto Solidário: campanha disponibiliza até 80% de descontos em cursos on-line

Instituições são pioneiras no ensino a distância com selos internacionais; bolsas são limitadas

Publicado

em

Difundir os conceitos da psicoeducação no Brasil e democratizar o acesso a cursos com certificações internacionais na área são dois dos principais pilares do Child Behavior Institute of Miami, o CBI of Miami, desde a sua criação em 2016. Durante todo o ano, a plataforma, através de sua rede de instituições parceiras e de renomados especialistas, promove cursos na área de saúde mental infantil com valores mais acessíveis ao público-alvo. No entanto, neste mês, durante a campanha Agosto Solidário, o CBI também disponibiliza bolsas de estudos que contemplam até 78% de desconto nas mensalidades.

“Temos esse compromisso de, mais do que nunca, contribuir com a promoção da saúde mental na sociedade através da educação das pessoas e da capacitação dos profissionais que trabalham diretamente com transtornos comportamentais, assim como educadores que também lidam com crianças que vivem com algum tipo de transtorno”, ressalta Gustavo Teixeira, psiquiatra brasileiro radicado em Miami sócio-fundador do CBI of Miami e idealizador do Agosto Solidário. “Uma parcela bem significativa dos nossos alunos também são pais de crianças com necessidades especiais. Eles estão estudando com a intenção de obter conhecimento para que possam ajudar seus filhos”, acrescenta Teixeira. 

Ao longo dos últimos seis anos, foram distribuídas 80 mil bolsas em mais de 50 instituições em todo mundo através do Agosto Solidário. As mensalidades nos cursos de pós-graduação durante a campanha, por exemplo, reduzem de R$ 760 para R$ 164 mensais – uma economia de mais de 15 mil reais ao final dos cursos. “São mais de 50 programas de pós-graduação, além de 20 programas de cursos livres com valores praticamente de custo”, destaca o idealizador da campanha lembrando que as bolsas de estudo que fazem parte da iniciativa são limitadas.

A metodologia de ensino on-line do CBI é inspirada nas grandes universidades americanas e europeias. Os programas educacionais da instituição são destinados aos profissionais da educação, da saúde mental infantil – como médicos, psicólogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, psicopedagogos, mediadores escolares e familiares de crianças com transtornos comportamentais. 

Para Gustavo, autor de livros como “Manual dos transtornos escolares”, “O reizinho da casa” e outros títulos que juntos somam mais 200 mil exemplares vendidos, reduzir os valores dos cursos e abrir as portas da CBI para mais pessoas é a realização de um sonho acalentado ao longo dos mais de 20 anos de carreira. “É isso. É a realização realmente dos nossos sonhos aqui do CBI poder ajudar a melhorar a qualidade de vida das pessoas e alcançar tanta gente. Como uma mãe que mora no interior do Piauí e que está se capacitando para ajudar o seu filho ou um profissional que vive no interior do Amazonas que está se especializando para melhor atender seus pacientes”, acrescenta.

Oportunidades também contemplam outras áreas de negócios e soft skills

Desde sua criação, o Agosto Solidário tinha como foco abraçar a causa do autismo e da psiquiatria infantil, disponibilizando formações para que as pessoas pudessem lidar com os temas sem maiores entraves por meio das informações mais atualizadas e discutidas no exterior. Com a chegada do Business Behavior Institute of Chicago – o BBI of Chicago, criado a partir da expertise do CBI – na rede de parceiros, a ação também passou a inserir formações sobre desenvolvimento comportamental 100% focadas no universo dos negócios.

A iniciativa de lançar o BBI of Chicago no Brasil foi suprir a ausência de profissionais com competências comportamentais, também classificadas como soft skills, e com pouca formação com selos internacionais. Antes do BBI, um estudo apontava que apenas 0,5% dos brasileiros com curso superior tinha algum tipo de certificação internacional no currículo, lembra Rodrigo Lang, sócio-fundador do BBI. “E quando você fala em ter uma certificação internacional, você fala em acesso ao mercado global de emprego e outras questões profissionais”, destaca. 

“Antigamente para você fazer um curso nível Havard aqui no Brasil, por exemplo, tinha que pagar milhares de dólares ou até mesmo sair do país. E hoje em dia, não. Aqui no BBI nós conseguimos oferecer, como bem mencionou o Dr. Gustavo, uma formação elevada com um valor muito próximo ao de custo”, acrescenta Rodrigo.

Nesse ano, a instituição, diariamente, está ofertando 10 bolsas de estudo para cada curso através da campanha Agosto Solidário. Os cursos são 100% on-line e fazem parte de um dos únicos programas formativos da América Latina a utilizarem a metodologia VAHA, método referência no mercado norte americano, presente em Universidades como Berkeley e Stanford. Há descontos durante a campanha de até 84% de desconto. A economia – ao final das formações – pode superar 25 mil reais com o benefício. 

Educa Mais Brasil é uma das instituições parceiras 

Com mais de 18 anos de atuação no segmento de educação, o Educa Mais Brasil apoia iniciativas como o Agosto Solidário. Em parceria com o BBI Of Miami e o BBI of Chicago, o Educa reúne em sua plataforma 41 cursos de pós-graduação ofertados pelas instituições com os descontos da campanha aplicados até o final do curso. 

Entre as formações liberadas com vagas limitadas pelo CBI estão: Transtorno do espectro autista na adolescência, Neuropsicologia: avaliação e reabilitação neuropsicológica, Intervenções precoces no autismo, Mindfulness e terapias integrativas e Neurociência e educação. Já o BBI, também com um número limitado de bolsas, disponibilizou cursos como: MBA em Soft Skills, Gestão de negócios com foco em competências comportamentais, MBA em Auditoria de Saúde, Gestão de Dados e Transformação Digital e Inovação. Mais informações, como o passo a passo para garantir as bolsas, podem ser consultadas nos endereços educamaisbrasil.com.br/cbi-of-miami e educamaisbrasil.com.br/bbi-of-chicago

Fonte: Agência Educa Mais Brasil 

Extra Total

Desembargador dá 5 dias para Gerlen Diniz se defender de crime eleitoral

Publicado

em

O Desembargador do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE), Laudivon Nogueira, acatou pedido de liminar sobre o suposto crime eleitoral praticado pelo deputado estadual Gerlen Diniz, Progressistas, que pediu voto na Tribuna da Assembleia do Tribunal Regional Eleitoral no último dia 13.

O Desembargador, em decisão publicada no final da tarde desta terça-feira, 27, considerou que o pedido de voto de Gerlen na tribuna da Aleac desvirtuou do enfoque público, tornando-se no mínimo irregular. Por isso, Laudivon deu um.prazo de 5 dias para que Gerlen Diniz se explique sobre o suposto crime eleitoral

Já em relação a liminar, o Desembargador determinou que seja retirada de todas as mídias sociais o discurso onde o deputado pede votos durante sessão da Aleac.

Vale ressaltar que a decisão do Desembargador se refere apenas ao pedido liminar e que a ação sobre o suposto crime continua o seu desenrolar na justiça eleitoral.

Continuar lendo

Destaque 2

Candidatos ao governo do Acre receberam R$ 13,6 milhões do Fundão e já gastaram 80% do valor

Publicado

em

Os sete candidatos a governador do Acre receberam do Fundo Especial de Financiamento de Campanha R$13.690.255,01 e gastaram, desse recurso, R$11.271.738,24 até a tarde desta terça-feira (27), segundo os dados declarados ao Tribunal Regional Eleitoral.
Ou seja: a cinco dias da votação, os candidatos deixaram de usar cerca de 20% do aporte do Fundão. A maior parte do dinheiro, no entanto, serviu para pagar materiais de campanha e prestação de serviços.

Apenas David Hall, do Avante, declarou ter recebido R$100.000,00 do Fundão e não informou nenhum gasto até agora, segundo a Justiça Eleitoral.

Sérgio Petecão (PSD), Mara Rocha (MDB) e Marcio Bittar (União Brasil) receberam dinheiro dos diretórios nacional e estadual de seus partidos. Os demais só registraram aportes nacionais.

Segundo um levantamento da Câmara dos Deputados, o financiamento de candidaturas para deputado federal está entre as prioridades da maioria dos partidos para as eleições deste ano, conforme os critérios de distribuição do Fundão, que tem um valor total de R$ 4,962 bilhões. Conhecido como Fundo Eleitoral, ele é uma das principais fontes para custear a campanha para deputado federal, que apresenta um teto de gastos de R$ 3,117 milhões por candidato.

Nas declarações entregues ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), muitos partidos explicam que darão prioridade a candidatos a deputado por causa da necessidade de cumprir as exigências da cláusula de desempenho (Emenda Constitucional 97). Com essa regra, os partidos que não alcançarem um mínimo de 2% dos votos para Câmara ou elegerem 11 deputados deixarão de receber recursos do Fundo Partidário e não terão mais direito ao tempo de propaganda na rádio e na TV.

Em nível nacional, alguns partidos também estabeleceram outros critérios de distribuição. MDB, PCdoB, PV e Rede darão prioridade à campanha de candidatos jovens. Psol e Rede ainda buscam incentivar os candidatos indígenas, de populações tradicionais, LGBT e pessoas com deficiência.

Entradas e saídas do Fundo Especial de Financiamento de Campanha recebido por cada candidato a Governador do Acre

Receitas
Nilson Euclides (PSOL) R$213.285,92
Petecão (PSD) R$3.015.000,00
Jorge Viana (PT) R$1.667.361,04
Mara Rocha (MDB) R$2.980.000,00
Gladson Cameli (PP) R$4.079.983,99
David Hall (Avante) R$100.000,00
Marcio Bittar (União) R$3.301.985,10
TOTAL : R$13.690.255,01

Despesas
David Hall (Avante) – Não declarou despesa
Gladson Cameli (PP) R$2.204.402,88
Jorge Viana (PT) R$1.297.729,92
Mara Rocha (MDB) R$1.137.292,12
Marcio Bittar (União) R$2.829.899,35
Petecão (PSD) R$2.944.983,23
Nilson Euclides R$129.568,90
TOTAL: R$11.271.738,24

Continuar lendo

Acre 01

Antes do debate da TV Acre, Jorge Viana reúne “núcleo duro” para traçar estratégia

Publicado

em

Nos preparativos para o debate que será realizado pela TV Acre, afiliada da Globo no Acre, o candidato ao governo Jorge Viana (PT), esteve reunido, nesta terça-feira, 27, com o candidato a vice-governador, Marcus Alexandre (PT), amigos e colaboradores de sua campanha. O debate será na noite de hoje, com transmissão ao vivo.

“São pessoas que já trabalharam comigo e estamos aqui para falar sobre o Acre. Apresentei um conjunto de propostas e nosso diálogo aqui vai nortear minha participação no debate”, disse o candidato.

Participaram do encontro o ex-senador Aníbal Diniz (PT); o que ex-prefeito de Rio Branco, Raimundo Angelim (PT); o historiador Toinho Alves; o jornalista e marqueteiro da campanha de Viana, Gilberto Braga
e Rodrigo Aiache, presidente licenciado da OAB/AC.

Confiante no segundo turno das eleições, Jorge Viana reiterou seu compromisso de percorrer os 22 municípios do Estado para debater propostas para governar o Acre em sintonia com a população.

“No debate de hoje pretendo explicitar ainda mais as nossas propostas, para ajudar os eleitores na sua escolha. Marcus e eu queremos trabalhar pelo Acre, mudar essa realidade triste que temos atualmente a partir de janeiro do ano que vem”, finalizou.

Viana percorreu nos últimos dez dias todos os municípios do Acre, no que ele tem chamado de maratona eleitoral.

Continuar lendo

Cotidiano

Em Tarauacá, adolescente tenta matar pai e filho a tiros e termina morto a facadas

Publicado

em

Uma briga entre famílias registrada na última segunda-feira (26) na Comunidade de São Paulo, no Rio Gregório, zona rural de Tarauacá, um local de difícil acesso, terminou com pai e filho sendo baleados a tiros de espingarda.

Um adolescente, que seria o autor dos disparos contra pai e filho, foi morto a facadas por parentes das primeiras vítimas.

Integrantes do Grupo Tático do 7º Batalhão da Polícia Militar conseguiram chegar ao local e devido a distância somente nesta terça-feira (27) retornaram a Tarauacá, trazendo as armas e dois homens acusados do homicídio.

Moradores do local informaram aos policiais que o adolescente foi até uma residência, onde tentou matar pai e filho, que foram baleados e ficaram caídos no solo.

Quando os filhos do dono da casa chegaram e o viram caído com a outra vítima pensaram que os familiares estavam mortos e saíram em perseguição ao suspeito, que foi alcançado no igarapé Pedra, onde foi assassinado com várias facadas.

Quando tomaram conhecimento dos fatos, os policiais militares do Grupo Tático se dirigiram ao local via fluvial e chegaram durante a noite. Mesmo diante das dificuldades conseguiram prender os dois acusados do homicídio, além de apreender duas espingardas, uma faca e um terçado usados na prática dos crimes.

Homens do Corpo de Bombeiros conduziram as duas vítimas feridas e o cadáver do adolescente à cidade. A Assessoria de Imprensa da Polícia Militar não divulgou os nomes dos envolvidos.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.