Conecte-se agora

Neném cobra acessibilidade e assistência agrícola aos moradores de Marechal Thaumaturgo

Publicado

em

Na manhã de terça-feira, 28, o deputado Neném Almeida (Podemos) realizou uma visita no município de Marechal Thaumaturgo e constatou de perto as problemáticas da região.

De acordo com o deputado, a visita se deve a um convite de algumas lideranças comunitárias. O município está a aproximadamente 560 quilômetros de distância da capital acreana e sua população é próxima de 18 mil habitantes. A localidade sofre devido a distância e dificuldade de acesso. “A intenção da minha vinda aqui é ver de perto as necessidades da população thaumaturguense O município possui uma forte dependência econômica com Cruzeiro do Sul, através do rio Juruá. Sua economia é baseada na agricultura de subsistência e na pecuária”, destacou o parlamentar.

Os agricultores da região costumam cultivar as praias dos rios Juruá e Amônia com feijão, macaxeira, batata-doce, amendoim e melancia. As atividades extrativistas como o açaí estão praticamente extintas devido à inviabilidade econômica e social.
“A população de Marechal Thaumaturgo carece de investimentos estruturantes. Além de iniciativas que beneficiem a economia local, os moradores se encontram desamparados de assistência médica e muitas vezes não conseguem garantir seu deslocamento para Cruzeiro do Sul quando precisam de um atendimento mais especializado”, finalizou Almeida.

Cotidiano

Serraria que atuou em Sena Madureira é condenada por crime ambiental

Publicado

em

Uma serraria que atuou em Sena Madureira foi condenada por ter cometido crimes de desmatamento ilegal e destruição da fauna e flora (artigos 46 e 50 a Lei 9605/98). Dessa forma, a empresa ré foi sentenciada pelo Juízo da Vara Criminal de Sena Madureira a pagar pecúnia no valor de 27 salários-mínimos.

A empresa foi denunciada por desmatar 498,645 hectares de área de preservação ambiental sem autorização. Ainda é relatado que a serraria tinha guardado 495 toras de madeira sem licença válida.

O caso foi analisado pelo juiz Fábio Farias, titular da unidade judiciária. Na sentença, o magistrado registrou que apesar da empresa ter feito o pedido de licenciamento não poderia desmatar antes do processo ter sido concluído.

“Importa destacar que eventual demora do órgão para concluir o processo de licenciamento não é um salvo-conduto para que as empresas passem a explorar ilegalmente a área, sendo necessário aguardar a conclusão do processo de licenciamento, sob pena de incorrer em crime, assim como no caso concreto”, registrou Farias.

Continuar lendo

Cotidiano

Ladrão escapa de linchamento após tentar furtar motocicleta em estacionamento de supermercado

Publicado

em

Não fosse a pronta intervenção de uma guarnição da Polícia Militar e o controle de algumas pessoas que estavam no local da ocorrência, diversas pessoas teriam linchado um homem que tentava furtar uma motocicleta de um estacionamento de um supermercado da capital.

Ao flagrar o suspeito, o proprietário entrou em luta corporal com o homem chegando a imobilizá-lo, quando chegaram várias pessoas e passaram a espancá-lo. O acusado foi apresentado na Delegacia de Flagrantes (Defla) e responsabilizado por furto tentado, antes de ser medicado em uma unidade de saúde devido aos espancamentos sofridos.

Era meio da tarde quando um cidadão deixou sua motocicleta no estacionamento de um supermercado e entrou no estabelecimento para comprar alguns alimentos. Quando retornou percebeu que o desconhecido já estava montado na sua motocicleta e tentava dar partida no veículo, para então fugir.

O dono da moto passou a gritar por ajuda chamando a atenção de dezenas de pessoas. Travou uma luta corporal com o ladrão, que apesar de ter um físico privilegiado, foi imobilizado. Nesse momento, pessoas revoltadas passaram a espancar o suspeito a socos e pontapés e a situação teria se agravado se uma guarnição de Polícia Militar, acionada para atender a ocorrência, não tivesse chegado rápido, evitando que algo pior acontecesse. O homem foi preso e, além de responder pelo crime de furto tentado, deverá ser investigado, já que é suspeito de outros crimes semelhantes.

Continuar lendo

Cotidiano

Expoacre 2022 teve baixíssimo índice de ocorrências, segundo balanço da Polícia Civil

Publicado

em

A Delegacia Itinerante, instalada no Parque de exposições Wildy Viana, contabilizou no período da feira dois termos circunstanciados de ocorrência, dois autos de prisão em flagrante, um boletim de ocorrência circunstanciado, três mandados de prisão cumpridos e 33 boletins de ocorrência, registrados de forma presencial.

De acordo com o delegado-geral de Polícia Civil, José Henrique Maciel, o trabalho integrado das forças de segurança foi o fator que contribuiu para o baixo número de registros de ocorrências nos nove dias de evento, quando um número estimado de cerca de 300 mil pessoas visitou o espaço.

“Tivemos uma feira agropecuária que foi uma das maiores do Acre e obtivemos êxito nos números apresentados, com destaque para o baixo índice de ocorrências”, destacou.

Além da Delegacia Itinerante, a Polícia Civil do Acre disponibilizou uma Unidade Móvel do Instituto de Identificação, equipada para atender à população com a emissão da Carteira de Identidade Nacional (CIN). Durante a Expoacre, 157 pessoas foram atendidas com esse serviço e outras 125 ficaram agendadas.

O Acre é um dos primeiros estados da federação a emitir o novo padrão do documento, que passará a ser uniforme em todo o país e com numeração única, como já ocorre com o CPF. O documento está disponível em três versões: papel-moeda, policarbonato e digital, proporcionando segurança e praticidade à população.

Continuar lendo

Cotidiano

Energisa abre chamada pública para seleção de projetos para economia de energia

Publicado

em

Está aberta a chamada pública para seleção de projetos para o Programa de Eficiência Energética (PEE) da Energisa. A iniciativa está alinhada com o compromisso de Desenvolvimento Sustentável do Grupo de promover o consumo consciente de energia. Estão disponíveis R$ 31 milhões que poderão ser direcionados a infraestruturas de iluminação pública, organizações sociais, empresas e órgãos do poder público.   

 No Acre, serão disponibilizados mais de R$ 1,4 milhão para projetos locais. A oportunidade está aberta para cliente das distribuidoras do grupo nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Paraíba, Paraná, Sergipe, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Rondônia.  Todas as regras serão apresentadas em uma live que será realizada no próximo dia 10 de agosto, por meio do link https://bityli.com/HUzEsv, às 10h30 (horário de Brasília).   

  O Programa é realizado pela Energisa e segue as diretrizes definidas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Para se inscrever, confira o edital no endereço:http://www.grupoenergisa.com.br/Paginas/inovacao-e-sustentabilidade/sustentabilidade/eficiencia-energetica/chamadas-publicas-projetos-eficiencia-energetica.aspx. A seleção dos projetos aprovados será anunciada em 12 de dezembro.   

A diretora de Gestão e Sustentabilidade da Energisa, Tatiana Feliciano, explica que o mais importante para os proponentes se qualificarem é mostrar que seus projetos vão propiciar maior eficiência energética, seja por soluções tradicionais ou outras mais inovadoras.   

“O PEE é um programa público importante, operado pelas distribuidoras de energia elétrica e que, na Energisa, está alinhado aos nossos compromissos pela sustentabilidade. Queremos ajudar o Brasil e nossos clientes na transição energética, aplicando soluções que contribuam também com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável”, destaca Feliciano.  

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!