Conecte-se agora

Em parceria com o governo, Mâncio Lima intensifica programa de mecanização agrícola em comunidades rurais

Publicado

em

O programa de mecânicazação rural , que garante o uso de maquinário especializado para o preparo do solo para o plantio, desenvolvido em parceira entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Mâncio Lima é intensificado no município.

Desde o mês de maio 105 famílias foram atendidas nas comunidades da Maloca, São Domingos, Ramal do 20, e Feijão Insosso somando mais de 150 horas trabalhadas, o que permitiu a ampliação da produção agrícola e melhorias na qualidade do produto que chega à mesa do consumidor.

A vice prefeita, Ângela Valente, destaca que o processo de modernização das práticas agropecuárias, como a inserção de maquinários para ampliar a produtividade tem melhorado a vida do homem do campo e diversificado a agricultura familiar em Mâncio Lima, estimulando e promovendo o desenvolvimento econômico e social através do aumento da produtividade e diversificação de culturas nas propriedades rurais dos agricultores familiares.

“Este trabalho de mecanização agrícola é de um ganho muito grande para a produção de nossa cidade. Mâncio Lima é uma cidade tipicamente agrícola e, nos últimos anos nossa gestão tem trabalhado para fortalecer e diversificar a produção agrícola familiar. Já é possível observar ganho financeiro, qualidade de vida de nossas famílias que vivem do campo e um melhor padrão de vida delas”, enfatizou a gestora.

Terras indígenas mecanizadas

Na Terra Indígena Puyanawa, localizada há cerca de 15 quilômetros do centro de Mâncio Lima, a parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Mâncio Lima vai atender 120 produtores rurais que cultivam a farinha de mandioca, feijão e melancia. Para esta comunidade o convênio foi firmado para a doação de combustível por parte do Governo e a disponibilização das maquinas e operadores por parte da Prefeitura, somando investimento de R$ 50 mil. O Deracre e a Secretaria de Estado de Produção e Agronegócio – SEPA, são os responsáveis pelo gerenciamento do combustível e apoio técnico.

O cacique e vereador da Terra Indígena Puyanawa, Joel Puyanawa disse que a mecanização garante benefícios ambientais, eliminando a necessidade do fogo no preparo da terra para o plantio.

“Esta parceria gera um impacto positivo muito grande na vida dos nossos parentes, melhora a renda da família, aumenta a produtividade e o surgimento de novas culturas agrícolas. A mecanização agrícola garante a preservação da natureza, a floresta em pé, evita o uso do fogo que descontrolado causa danos ao meio ambiente e gera sérios prejuízos econômicos. Sempre trabalhamos assim, plantando sem derrubar floresta, totalizando mais de 150 quadras de terras mecanizadas repercutindo na colheita e comercialização do produto”, explicou.

Na rede

Rodrigues Alves faz mais de mil atendimentos com o programa Saúde na Comunidade

Publicado

em

Por meio do programa Saúde na Comunidade, a prefeitura de Rodrigues garantiu mais de mil procedimentos de saúde em comunidades rurais do município desde a última segunda-feira (20) e vai prosseguir com a oferta de atendimentos médicos e odontológico nas localidades.

Já foram atendidos moradores das comunidades Nova Cintra, Luzeiro, Agrovila do Mujú, Ramal dos esquecidos, Valquíria, Foz do Paraná, Pucalpas Boa Vista, Fortaleza, São Jerônimo, Brasília, Torre da Lua, Silêncio, Três Bocas e Continuação.

A equipe é composta por médicos, odontólogos , enfermeiros e técnicos de enfermagem e o atendimento será realizado três vezes na semana.

Segundo o prefeito Jailson Amorim, levar a saúde para perto das pessoas que vivem nas áreas rurais e ribeirinhas é uma forma de garantir cidadania para todos.

“Era um sonho que se tornou realidade ofertar os mesmos serviços de saúde na cidade e zona rural. Três dias por semana a população das localidades terá médicos e dentistas disponíveis, além de medicação”, afirmou Jailson.

Continuar lendo

Na rede

Acidente em casa de farinha mata agente comunitário de saúde em Porto Walter

Publicado

em

Um agente comunitário de saúde do município de Porto Walter e trabalhador rural, identificado como Manoel Borges da Silva, conhecido por Dui, morreu na tarde desta terça-feira, 21, em um acidente em uma casa de farinha localizada na sua propriedade.

Segundo familiares, Manoel e a esposa estavam fazendo farinha no local quando ele foi atingido por uma peça do equipamento de cevar a mandioca. Momentos antes, ele havia pedido à mulher para se afastar enquanto manipulava o equipamento.

De acordo com informações da esposa de Manoel foi tudo muito rápido e ela já o viu caindo no chão. O trabalhador morreu cerca de cinco minutos depois de ser atingido na barriga pela peça que se desprendeu da engrenagem.

O corpo do agente comunitário de saúde será enterrado nesta quarta-feira, 22, em Porto Walter.

Continuar lendo

Na rede

Saúde de Cruzeiro do Sul suspende greve após prefeitura oferecer 5% de reajuste salarial

Publicado

em

Os servidores da saúde municipal de Cruzeiro do Sul, que estavam em greve desde o dia 31 de maio, suspenderam o movimento e retomaram o trabalho nesta quarta-feira, 22. A decisão, deliberada em assembleia, foi tomada depois que a prefeitura ofereceu 5% de reajuste salarial para a categoria como forma de recuperação das perdas salariais dos últimos dois anos.

O acordo foi firmado entre os representantes sindicais das categorias de enfermeiros, técnicos, agentes de endemias, do Sindicatos dos Trabalhadores da Saúde (Sintesac), com a secretária Valéria Lima, em reunião na sede do Conselho Municipal de Saúde.

“Logo depois da reunião com a secretária de Saúde nós fizemos uma assembleia no Sintesac e deliberamos voltar ao trabalho já amanhã” , contou Alcione Borges, que representa os enfermeiros.

Segundo a secretária Valéria Lima, o reajuste linear de 5% é o que a gestão pode oferecer agora sem ultrapassar os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Quanto ao adicional de insalubridade, outra exigência dos sindicatos, a secretária informou que a prefeitura já solicitou um laudo técnico para determinar a possibilidade de inclusão de um adicional ao salário dos servidores. Ela assegurou ainda que a prefeitura está promovendo a atualização das letras conforme o previsto no Plano de Cargos Carreira e Remuneração (PCCR), e a construção de um plano de carreira para as categorias que ainda não possuem.

“O prefeito Zequinha Lima reconhece a importância do trabalho dos servidores da saúde e de quanto são merecidos os aumentos salariais. Contudo, existem limitações no orçamento que devem ser consideradas pela gestão. O importante é o constante diálogo entre a gestão e os trabalhadores”, disse a gestora da saúde.

Continuar lendo

Na rede

No Acre, homem é acusado de roubar gado de padre e vender a carne

Publicado

em

Agledson da Silva, conhecido como “Veio”, é acusado de roubar o boi de um padre morador do município de Mâncio Lima. O caso aconteceu no último sábado, 18, e o suspeito foi preso pela Polícia Civil na manhã desta terça-feira, 21.

Segundo a polícia, o homem já havia vendido grande parte da carne do animal e alguns quilos ainda estavam em um freezer de sua casa. De acordo com o delegado José Obetânio, o acusado já tem dois mandados de prisão por tráfico de drogas e agora vai responder pelo roubo do boi do padre.

“Essa é a segunda vez que roubam gado da fazenda do padre, que fica próxima ao Bairro da Cobal. Nas duas vezes, prendemos os autores”, relatou o delegado.

Também nesta terça-feira, a Polícia Civil prendeu F.A. C, de 20 Anos, acusado de tráfico de drogas e organização criminosa em Mâncio Lima.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!