Conecte-se agora

Acre perdeu espaço investimentos por não priorizar casa própria aos mais pobres

Publicado

em

A queda na participação do Acre nas incorporações imobiliárias e construção da Amazônia divulgada pelo IBGE é um fenômeno gerado pelas mudanças políticas. Já o crescimento da oferta de emprego na construção civil verificado pelo Ministério do Trabalho tem sido resultado de investimentos privados e dos auxílios sociais na pandemia.

O IBGE analisou o período de 2011 a 2020 na Pesquisa Anual da Indústria da Construção (PAIC), divulgada na quinta-feira (16).

“Quando a gente fala do setor imobilliario no Acre a gente tem dois tipos: Havia o programa Minha Casa Minha Vida e hoje o que a gente observa na ausência dos programas que deixaram de atender mais carente é que atualmente ficam restrito a faixa salarial para quem tem poder aquisitivo maior”, avaliou o presidente da Federação das Indústrias do Acre (Fieac), José Adriano.

“Também tivemos crescimento referente ao período que a gente incluiu os loteamentos privados. É muito visível o número dos empregos estarem sendo mantidos por conta dos condomínios fechados, além dos auxílios durante a pandemia”, completou o líder industrial.

“Mas gente continua preocupado porque é uma coisa volátil. Na contramão, nós tivemos alta da inflação, a majoração do metro quadrado e o aumento dos juros para financiamento da casa própria”, concluiu.

No País, segundo o IBGE a indústria da construção gerou R$ 325,1 bilhões em valor de incorporações, obras ou serviços em 2020, sendo R$ 304,4 bilhões em obras ou serviços (93,6%) e R$ 20,7 bilhões em incorporações (6,4%). Entre 2019 e 2020, a Pesquisa Anual da Indústria da Construção (PAIC) mostrou estabilidade na participação de obras de infraestrutura no valor gerado pelo setor: de 32,0 % para 32,7%. construção de edifícios avançou de 44,7% para 45,3% e serviços especializados para construção foi o único a ter redução: de 23,3% para 22,0%.

A retração do Acre nesses segmentos foi de 2,6% no período.

Acre

Homem passa 2 horas preso em elevador da rodoviária

Publicado

em

Um servidor da Rodoviária Internacional de Rio Branco, que não teve o nome revelado, passou por momentos de susto na tarde desta sexta-feira, 12, quando o elevador que existe no local simplesmente travou com o servidor dentro que passou cerca de duas horas para ser resgatado.

De acordo com testemunhas, elevador simplesmente parou de funcionar na hora da descida, deixando o servidor desesperado.

Pessoas que passavam perto ouviram os pedidos de socorro e identificaram que vinha do elevador e acionaram o Corpo de Bombeiros que resgatou o servidor.

O ac24horas entrou em contato com o coordenador da Rodoviária Internacional de Rio Branco, Kiko Lima, que garantiu que o elevador estava em plenas condições de uso. “O elevador não tinha nenhum problema, pelo contrário. O pessoal aqui da RBTrans havia providenciado a manutenção nos últimos dias. A gente vai ver o que ocorreu, mas ele não tinha nenhum problema de falta de manutenção” garantiu.

Uma perícia vai realizada no elevador para descobrir qual a causa do problema mecânico que fez com que o servidor ficasse preso por 2 horas.

Continuar lendo

Acre

Deputado Jenilson Leite declara ter apenas R$ 367 mil em bens

Publicado

em

O médico e deputado estadual Jenilson Leite pediu nesta sexta-feira (12) registro de candidatura ao Senado pelo PSB apontando como suplentes o Coronel Anastácio, ex-comandante da Polícia Militar do Acre no governo de Sebastião Viana, e o ex-vice-governador César Messias.

Jenilson Leite é acreano de Tarauacá e declarou à Justiça Eleitoral possuir bens que chegam a um total de R$ 367.210,29. Do patrimônio, os bens mais valiosos são dois veículos. Não há casa ou apartamento informado na declaração atual.

Jenilson está em seu segundo mandato de deputado estadual. Em 2014, quando elegeu-se pela primeira vez pelo PC do B, seus bens totalizam R$120.000,00 -um carro e bens relacionados com o exercício da atividade autônoma. Em 2018 declarou R$370.000,00, valor um pouco maior que o atual. Assim sendo, considerando que há estabilidade entre a 2ª e 3ª declarações, é possível dizer que desde 2014 o patrimônio de Jenilson cresceu mais de 200%.

O pedido de registro de Jenilson confirma que o PSB seguirá isolado nesta campanha.

Continuar lendo

Acre

Nazaré Araújo informa que perdeu patrimônio nos últimos 4 anos

Publicado

em

A Justiça Eleitoral recebeu de Nazaré Araújo (PT), procuradora do Estado aposentada e ex-vice-governadora do Acre, pedido de registro de candidatura ao Senado pela Federação Brasil da Esperança, que reúne, além do PT, o PV e o PCdoB. Ela declarou ao Tribunal Superior Eleitoral possuir nove bens que somam R$ 3.528.621,02. O mais valioso, de R$ 1.674.905,46, é uma das três casas que diz ser proprietária. Nazaré possui ainda quatro apartamentos, um consórcio não contemplado e um veículo automotor.

Candidata a deputada estadual em 2010, Nazaré declarou à época possuir R$ 498.837,45. Já em 2014, quando elegeu-se vice-governadora, os bens eram mais que o dobro de quatro anos antes: R$ 1.061.344,52.

Em 2018, quando candidatou-se a suplente de senador na chapa de Jorge Viana que não conseguiu a eleição, Nazaré informou possuir R$ 3.925.210,30, valor menor que o atual. No entanto, comparando com 2010, o patrimônio atual é ao menos oito vezes maior que na 1ª campanha.

Sua candidatura tem dois suplentes: Sibá Machado, do PT, e Tião Bruzugu, do PV. Nascida no Rio de Janeiro, Nazaré é filha de José Augusto Araújo, ex-governador do Acre.

Continuar lendo

Acre

Alan Rick será homenageado em formatura de 26 anos do BOPE

Publicado

em

O candidato ao Senado da República pelo União Brasil, o deputado federal Alan Rick, será um dos homenageados na tarde desta sexta-feira, 12, na formatura de aniversário dos 26 anos do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), na capital acreana.

O evento acontece às 16 horas, no Quartel do BOPE e vai condecorar militares e homenagear autoridades civis e militares. O batalhão é uma tropa de elite da polícia, treinada especialmente para o combate em diversas situações e para o resgate de reféns.

“Me sinto orgulhoso de ser homenageado pelo BOPE. A segurança pública é sempre uma prioridade e o combate ao crime passa pela formação e o compromisso de nós, parlamentares, em buscar recursos para fortalecer cada vez mais nossas policiais”, disse Alan Rick.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!