Conecte-se agora

Acre tem programação especial em comemoração aos 60 anos de autonomia

Publicado

em

Nesta quarta-feira, 15, o Acre faz 60 anos de elevação à categoria de Estado. Para celebrar a data, uma programação especial será realizada na capital.

A comemoração inicia com a tradicional substituição da bandeira acreana, no Centro Histórico da Gameleira, em Rio Branco, a partir das 16h.

O rito da troca do pavilhão será feito por profissionais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, e contará com a presença do governador Gladson Cameli e das principais autoridades do estado.

Além disso, às 17h30, a Fundação Elias Mansour dá início a exposição de obras do artista plástico Jorge Rivasplata, sobre a Revolução Acreana. Os quadros ficarão disponíveis para apreciação dos visitantes na Galeria de Arte Juvenal Antunes.

No calçadão da Gameleira, a partir das 18h, a Feira da Economia Solidária inicia suas atividades com a oferta de produtos variados, artesanato e comidas típicas regionais.

Cotidiano

Valdemar Costa Neto vai a Bolsonaro pedir que presidente fale com apoiadores

Publicado

em

O presidente do Partido Liberal (PL), Valdemar Costa Neto, afirmou à CNN que irá pedir para o presidente Jair Bolsonaro que faça um fala pública com foco em seu eleitorado.

Desde a derrota nas urnas, Bolsonaro tem adotado postura de maior reclusão.

“O Bolsonaro precisa falar com o povo dele. Todo pessoal que votar nele quer manifestação, ele precisa falar para manter todos unidos”, disse ele.

Valdemar defende que Bolsonaro reafirme a postura de liderança e apoio a livre manifestações, inclusive, nas redes.

O partido deve recorrer nesta terça-feira contra a multa de R$ 22 milhões, imposta pelo presidente do TSE, Alexandre de Moraes, após divulgação de relatório que aponta falha no código de registro de algumas urnas.

De acordo com o presidente do PL, além de recurso no TSE, o partido não descartar levar o caso ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que não pague a multa.

“Queremos que expliquem o que aconteceu (nas urnas)”, afirmou Costa Neto à CNN.

No encontro que irá ocorrer nesta manhã com Bolsonaro, Costa Neto deve convidar o presidente da República para o jantar que o PL vai promover hoje à noite, com a presença de parlamentares eleitos e reeleitos.

“Vai ser um jantar de confraternização para as pessoas se conhecerem. O pessoal não se conhece”, explicou.

Continuar lendo

Cotidiano

Marcação de animais a ferro quente pode passar a ser proibida, caso PL seja aprovado

Publicado

em

O PL 2658/22, que proíbe a marcação a ferro quente em animais de produção, enquadrando a prática como crime de abuso e maus-tratos, está em análise na Câmara dos Deputados. Projeto de lei amplia discussão sobre a importância do bem-estar dos animais de produção e interesse econômico, especialmente quanto à substituição de método cruel.

Responsáveis pela fiscalização e fomento das ações de bem-estar animal, os auditores fiscais federais agropecuários (affas), servidores do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), vão exercer papel estratégico no combate à prática marcação de animais a ferro quente, caso proposta de lei seja aprovada no Congresso.

Pelo texto, os infratores estarão sujeitos à pena de detenção de três meses a um ano, e multa. A proposta insere dispositivo na Lei de Crimes Ambientais e revoga a Lei 4.714/65, que trata da marcação a ferro candente e atribui aos affas a fiscalização e delega ao Mapa a regulamentação da lei, caso a proposta seja aprovada.

A discussão já fazia parte dos temas tratados pelos Auditores Fiscais Federais Agropecuários, com intuito de intensificar ações para o bem-estar dos animais de produção e de interesse econômico nos diversos sistemas pecuários brasileiros.

A auditora fiscal federal agropecuária (affa) Lizie Pereira Buss, coordenadora de boas práticas e bem-estar animal do Mapa, informa que desde 2008, quando esse trabalho foi iniciado dentro do Ministério, na época pela Comissão Técnica, esse tipo de prática já era questionada e obteve mínimo avanço.

“Para identificar terneiras (bezerras) vacinadas contra Brucelose, o Mapa torna obrigatória a marca a fogo na face do animal. Antes a marca tinha dois dígitos e agora tem um”, graças ao trabalho realizado por colegas sensíveis ao sofrimento dos animais, que hoje atuam na Secretaria de Defesa Agropecuária, do Mapa, explica Lizie.

Mesmo com iniciativas que reduziram a marcação, a coordenadora ressalta que a prática é medieval. “Provoca dor intensa e prolongada. É uma queimadura de segundo ou terceiro grau”, esclarece. Segundo Lizie, o PL 2658/22 está alinhado com o anseio da sociedade. “Ele vai acelerar a adoção de outro processo de identificação menos doloroso para os animais”, avalia.

Com informações do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários – ANFFA Sindical.

Continuar lendo

Cotidiano

IFAC Campus Baixada do Sol oferta 200 vagas para cursos técnicos integrados e subsequentes

Publicado

em

O Campus Baixada do Sol do Instituto Federal do Acre (Ifac) está com inscrições abertas para o Processo Seletivo 2023/1. Estão sendo ofertadas 200 vagas para cursos técnicos integrados e subsequentes, e todos os cursos são gratuitos.

As vagas para os cursos integrados são destinadas para estudantes que concluíram o Ensino Fundamental e irão iniciar o Ensino Médio em 2023. Já os cursos subsequentes são destinados para as pessoas que já finalizaram o Ensino Médio, mas desejam realizar um novo curso e se aprimorar para o mercado de trabalho.

Inscrição

As inscrições serão realizadas exclusivamente via internet, pelo site https://selecoes.ifac.edu.br/. Após acessar o link, o candidato deverá clicar no botão “INSCREVA-SE” da modalidade que deseja se inscrever (subsequente ou integrado).

É importante que o candidato preencha todos os campos obrigatórios apresentados na ficha de inscrição, confira as informações e finalize enviando o formulário. Somente dessa maneira, a inscrição será considerada concluída. Conforme edital, as inscrições são gratuitas e seguem até o dia 26 de dezembro.

Clique e se inscreve gratuitamente:
https://selecoes.ifac.edu.br/

Edital – Cursos Técnicos Integrados: https://editais.ifac.edu.br/categoria/edital/arquivos/657/

Edital – Cursos Técnicos Subsequentes: https://editais.ifac.edu.br/categoria/edital/arquivos/658/

Edital Complementar que altera o número de vagas dos Cursos Técnicos Subsequentes: https://editais.ifac.edu.br/edital/visualizacao/4345/

Seleção

Para os cursos técnicos integrados, a classificação dos candidatos no processo seletivo terá como base as notas do 6º ao 8º ano, nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, constantes no Histórico Escolar do Ensino Fundamental. Essas notas deverão ser informadas pelo candidato no ato da inscrição.

Para os cursos técnicos subsequentes, a seletiva de novos alunos será realizada com base no desempenho (notas/conceitos) nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática do Ensino Médio, constantes no histórico escolar ou documento equivalente.

Saiba mais sobre os cursos

Cursos Técnicos Integrados

Destinados para estudantes que já concluíram o Ensino Fundamental, a modalidade integrado contempla cursos que serão realizados em conjunto com o Ensino Médio. Ou seja, o estudante aprovado para a vaga, além de cursar as disciplinas previstas para o Ensino Médio, também terá a oportunidade de realizar um curso técnico de sua escolha. Para concorrer às vagas, o estudante deve ter, no máximo, 17 anos até a data da matrícula.

Confira abaixo os cursos técnicos integrados ofertados pelo Campus Baixada do Sol:

ALIMENTOS

O Técnico em Alimentos é o profissional responsável por coordenar a produção e efetuar o controle de matérias-primas e produtos alimentícios, atendendo às normas e procedimentos técnicos, de qualidade, higiene e saúde e de meio ambiente.

Possibilidades de atuação: indústrias de alimentos e bebidas; laboratórios de análises e controle de qualidade; instituições e órgãos de pesquisa e ensino; órgãos de fiscalização higiênico-sanitárias.

RECURSOS PESQUEIROS

O Técnico em Recursos Pesqueiros é capaz de assessorar, elaborar e executar projetos nas atividades de gestão, planejamento e produção pesqueira e aquícola (exemplo: cultivo de peixes), atendendo às necessidades dos vários segmentos da cadeia produtiva do pescado, considerando a sustentabilidade econômica, social e ambiental.

Possibilidades de atuação: Instituições públicas e privadas do setor aquícola e pesqueiro ; Empresas de beneficiamento de pescado; Laboratórios de reprodução, larvicultura e engorda e de forma autônoma.

Cursos Técnicos Subsequentes

São cursos destinados às pessoas que já concluíram o Ensino Médio ou que concluirão até o período de efetivação das matrículas. Desse modo, o curso visa garantir a formação técnico profissional do indivíduo, onde ao concluir, o mesmo recebe o diploma de Técnico de Nível Médio.

Confira abaixo os cursos técnicos subsequentes ofertados pelo Campus Baixada do Sol:

AGROPECUÁRIA

O Técnico em Agropecuária executa atividades da agricultura (preparo da terra, plantio, manejo das culturas, colheita, etc.) e da pecuária (criação, reprodução, alimentação e sanidade de ovinos, bovinos e outras espécies animais) de maneira sustentável, tecnológica, econômica e social.

Possibilidades de atuação: propriedades rurais; agências de defesa sanitária; indústrias de insumos agropecuários, de máquinas e implementos agrícolas; indústrias de processamento de produtos de origem animal e vegetal; cooperativas e associações rurais.

ZOOTECNIA

O Técnico em Zootecnia atua de forma responsável e consciente na área de produção animal, com base nos princípios da ética, sustentabilidade econômica e ambiental e da segurança alimentar.

Possibilidades de atuação: Propriedades rurais; empresas de nutrição animal, de assistência técnica, extensão e pesquisa; clínicas veterinárias; cooperativas agropecuárias.

AGROECOLOGIA

O Técnico em Agroecologia atua em sistemas de produção agropecuária e extrativista fundamentados em princípios agroecológicos e técnicas de sistemas orgânicos de produção, unindo a preservação e conservação de recursos naturais à sustentabilidade social e econômica.

Possibilidade de atuação: cooperativas e associações; empresas de planejamento, desenvolvimento de projetos, assessoramento técnico e consultoria; propriedades rurais e empreendimentos de agricultura familiar. Organizações não governamentais; órgãos públicos.

Campus Baixada do Sol

O Campus Baixada do Sol está em processo de expansão, e sua sede definitiva se encontra em reforma e construção, e está situada na AC 90, km 20, antiga Escola da Floresta.

Com cerca de 450 hectares, a área do novo campus contará com salas de aulas, auditório, laboratórios, biblioteca, depósitos, salas administrativas, salas multiuso, estacionamento, além de área experimental.

Com essa mudança, a unidade irá garantir uma educação ainda mais adequada para o desenvolvimento de pesquisa, extensão e ensino, além de poder aumentar a oferta de cursos e matrículas.

Continuar lendo

Cotidiano

Bocalom põe mão na massa e resolve passar verniz em vasos de plantas após expediente

Publicado

em

Na última segunda-feira, 28, o prefeito Tião Bocalom (Progressistas) resolveu passar verniz em vasos de plantas que ficam dentro da sede da prefeitura de Rio Branco – no centro da capital.

O registro foi divulgado nas redes sociais do gestor por um servidor municipal. A atitude de Bocalom ocorreu após a vitória do Brasil sobre a Suíça por 1 a 0 – gol do volante Casemiro. “Eu estou fazendo minha parte, passando verniz e embelezar nosso ambiente”, comentou.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.