Conecte-se agora

Criminosos armados invadem residência e ferem motorista de aplicativo com seis tiros

Publicado

em

O motorista de aplicativo José Alfredo Gomes de Albuquerque, de 41 anos, foi ferido a tiros na manhã desta quinta-feira, 2, na sua residência, localizada na rua Beija Flor, no bairro Ouricuri, em Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, José Alfredo havia acabado de chegar em casa no seu carro, modelo Chevrolet Prisma, de cor prata, quando antes de fechar o portão dois criminosos invadiram a sua residência e em posse de armas efetuaram vários tiros no veículo e na vítima.

Alfredo foi atingido com seis tiros na região da perna esquerda, ombro direito, costas e braço esquerdo. Após a ação, os criminosos fugiram do local em uma motocicleta.

A esposa da vítima acionou a ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), os paramédicos prestaram os primeiros atendimentos e encaminharam o motorista de aplicativo ao Pronto Socorro de Rio Branco em estado de saúde grave.

Policiais Militares estiveram no local e isolaram a área para os trabalhos do perito em criminalística. Em seguida, fizeram patrulhamento na região em busca de prender a dupla na motocicleta, mas eles não foram encontrados.

O caso será investigado pelos agentes de Polícia Civil da Equipe de Pronto Emprego (EPE) da Delegacia Especializada de Investigação Criminal (DEIC).

José que é natural do estado do Rio Grande do Norte e está morando há pouco tempo em Rio Branco relatou aos policiais que foi vítima de assalto.

Acre 01

Petecão promete criação de centro de estudo do solo para fortalecimento do agronegócio

Publicado

em

O senador licenciado, candidato ao governo pela “Coligação com a Força do Povo”, Sérgio Petecão (PSD), concedeu entrevista a Rádio comunitária Nova Era FM, no município de Tarauacá nesta quarta-feira, 17, e prometeu valorizar o agronegócio com a criação de um centro de estudo do solo aos grandes e pequenos produtores rurais do Acre – fortalecimento o agronegócio e a agricultura.

De acordo com o candidato que estava ao lado do seu vice, Totta Filho, será através do procedimento técnico do estudo do solo que será possível conhecer as características do terreno onde será realizada a obra, sendo assim, com este procedimento é possível saber a espessura das camadas que o compõem, sua resistência e a provável localização do lençol freático. “O estudo é feito ou em Rondônia ou no Mato Grosso”, declarou.

O senador teceu críticas ao atual governo de Gladson Cameli como o mais corrupto da história só Acre – com base nos escândalos expostos nos últimos anos. Segundo ele, em sua gestão, será cortado gastos com aluguel de jatinho particular e cargos comissionados de aliados. “Você não vai ver o Petecão andando de jatinho não. Eu não quero puxa-saco, quero pessoas trabalhando em favor das pessoas”, comentou.

Ao meio da entrevista, Sérgio disse ainda que pretende, caso eleito, por fim ao cartel de distribuição de licitações de empresas de fora do Acre. “Os empresários estão reclamando”, ressaltou.

Continuar lendo

Acre 01

Jorge Viana diz que há espaço para agenda que concilie preservação com agropecuária

Publicado

em

O programa de governo da aliança liderada pelo Partido dos Trabalhadores (PT) estabelece 13 compromissos com a população acreana e se estrutura sobre 5 eixos – Desenvolvimento Econômico Sustentável Para Uma Nova Economia; Conectividade, Ciência e Tecnologia; Desenvolvimento Social, Proteção e Garantia de Direitos; Educação e Bem-Estar Social; e Governança.

Com o lema “Quem ama cuida”, o plano de governo da Federação Brasil da Esperança, que tem o ex-governador e ex-senador Jorge Viana como candidato ao governo do Acre e o ex-prefeito de Rio Branco Marcus Alexandre para vice, foi o último a ser apresentado à Justiça Eleitoral e foca na recuperação da esperança e na melhoria da qualidade de vida do acreano.

Em síntese, o desenvolvimento proposto prevê parcerias com a iniciativa privada, promovendo a eficiência do Estado com redução de carga tributária visando garantir a transparência; o combate a todo e qualquer tipo de corrupção na governança pública; a promoção da modernização da gestão, fazendo uso de tecnologia e inovação, com respeito e reconhecimento do servidor público.

“O desafio é grande, mas a gente não vai caminhar sozinho. Nós sabemos como buscar os recursos e a solidariedade do Brasil. E sendo Lula Presidente, temos certeza, que vamos fazer uma nova e grandiosa revolução no Brasil e no Acre, com geração de empregos, oportunidades e comida na mesa das famílias”.

O plano de governo da Federação Brasil da Esperança também promete fazer um “novo 6 de agosto”, aludindo a data histórica do estado como um símbolo de iniciativa de luta, de resistência e de recomeço – “e ele volta a acontecer cada vez que o povo acreano precisa enfrentar grandes desafios”, diz um trecho da apresentação do programa.

Após a exposição dos eixos, seus temas e propostas, o plano de governo é finalizado com uma carta assinada por Jorge Viana na qual afirma que “com desenvolvimento sustentável, a vida vai melhorar”. Para Viana, há três elementos-chave para uma agenda de desenvolvimento econômico para o Acre com foco nas áreas de floresta e áreas de agropecuária.

Primeiro, ele aborda o fato de que ainda há uma vasta área de floresta tropical no Estado. Depois afirma que o Acre, como o restante da Amazônia, tem um bônus demográfico potencial, ou seja, uma crescente maioria de pessoas economicamente ativas (aquelas com idade entre 18 e 65 anos) em relação a crianças e idosos, o que, para ele, significa uma enorme oportunidade para o desenvolvimento social e econômico do Estado.

Por fim, o candidato ao governo diz que o desmatamento excessivo dos últimos anos deixou para trás uma área vasta de terras abertas que podem ser mais bem aproveitadas.

“Essas áreas por si só, são muito mais do que o necessário para a produção agrícola e pecuária, o que significa que mais desmatamento é em grande parte desnecessário”.

Continuar lendo

Acre 01

Eleições 2022: maioria dos candidatos no Acre declararam ter nível superior

Publicado

em

A Justiça Eleitoral recebeu 526 pedidos de candidaturas no Acre (governador e vice, senador e suplentes, deputados federais e deputados estaduais) sendo que 168, ou 31% são mulheres -mas a maioria é realmente de homens.

Eles tem entre 35 e 59 anos de idade, 50% informam ser casados e 55,1% tem escolaridade de nível superior. Mais de 58% declaram ser pardos e de profissão variada mas 6,84% dizem ser empresários e 5,70%, servidores públicos.

Apenas 8% declaram somente saber ler e escrever ou tem o ensino fundamental incompleto.

Se o número de pedidos se confirmar, as candidaturas de 2022 serão menores que as das eleições de 2018 -foram 586 registros -apresentando, no caso, uma redução de 60 candidatos.

O maior número de candidaturas -348 -é para deputado estadual mas com 137 solicitações 24 postulantes disputam uma das oito vagas do Acre na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Entre os partidos, o União Brasil empata com o PROS dos que lançaram o maior número de candidatos: 36 cada um no total.

Continuar lendo

Acre 01

MP Eleitoral recomenda cumprimento de normas de acessibilidade nas propagandas eleitorais

Partidos podem ser responsabilizados caso não ofertem os recursos previstos em Lei

Publicado

em

O Ministério Público Eleitoral no Acre recomendou a todos os órgãos partidários estaduais dos partidos políticos no estado que cumpram a obrigatoriedade da utilização simultânea e cumulativa de legendas, janelas com intérprete da Língua Brasileira de Sinais (Libras) e audiodescrição em todas as propagandas eleitorais exibidas por meio da televisão, tanto nas propagandas obrigatórias quanto nas inserções de 30 e 60 segundos.

A recomendação especifica como cada uma das modalidades de acessibilidade deve ser disponibilizada, segundo a Lei Brasileira de Inclusão, além de fundamentar as medidas em convenção internacional da qual o Brasil é signatário e que tem força de norma constitucional. Além disso, o próprio Tribunal Superior Eleitoral (TSE) emitiu resolução tratando sobre esta obrigatoriedade.

A Procuradoria Regional Eleitoral ressalta que um dos objetivos da Constituição Federal é a construção de uma sociedade livre, justa e solidária e a promoção do bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação. Além disso, a Lei Brasileira de Inclusão (Lei n. 13.146/2015), ao regular o Direito à Participação na Vida Pública e Política, assegura à pessoa com deficiência o direito, de votar e ser votada, inclusive com a garantia de que os pronunciamentos oficiais, a propaganda eleitoral obrigatória e os debates transmitidos pelas emissoras de televisão possuam pelo menos os recursos elencados em seu texto, que são os mesmos da Recomendação.

O MP Eleitoral alerta aos partidos que a recomendação deve ser cumprida imediatamente, e que o descumprimento poderá ensejar a tomada de medidas cabíveis a cada caso.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.