Conecte-se agora

Em Cruzeiro do Sul, indígenas protestam contra estrada para o Peru

FIEAC diz que vai comprovar viabilidade econômica da ligação

Publicado

em

Fechando o Encontro Indígena Binacional realizado no Centro Diocesano de Cruzeiro do Sul, representantes de 13 etnias indígenas fizeram uma manifestação no centro da cidade nesta quinta-feira, 26.

O protesto, segundo Ivanilda Santos, coordenadora do Conselho Indigenista Missionário (CIMI), Ivanilda Santos, é contra o projeto de construção da continuidade da BR-364 até Pucallpa, no Peru. Ela diz que os povos indígenas, que serão afetados pela estrada, não foram consultados.

“O Brasil é signatário da Convenção 169, que é um tratado internacional que confirma que os índios devem ser consultados na propositura de projetos de lei e em obras desenvolvimentistas como essa, o que não aconteceu até agora”, cita ela lembrando ainda que o encontro também tratou do projeto de lei da deputada federal Mara Rocha, que busca rever a modalidade do Parque Nacional da Serra do Divisor e reduzir a Reserva Extrativista Chico Mendes.

A indígena Lucila da Costa Moreira Nawa acredita que a estrada vai afetar não só o meio ambiente da região, como também aproximar os problemas das terras indígenas de Cruzeiro do Sul e Mâncio Lima. “Essa estrada vai causar um grande impacto negativo para os povos indígenas e demais moradores da região. E vai trazer a prostituição e as drogas para mais perto de nós”, alerta ela.

Os indígenas peruanos participaram do Encontro Binacional e protestaram contra a ligação entre Brasil e Peru via Vale do Juruá e Pucallpa.

FIEAC rebate

A representante da Federação das Indústrias do Acre – FIEAC – no Vale do Juruá, Janaína Terças, rebate as afirmações dos indígenas do Encontro Binacional.

Ela diz que a ligação com o Peru vai transformar o Vale do Juruá em um grande corredor de desenvolvimento e que um estudo, encomendado pelo Fórum de Desenvolvimento Estado, vai comprovar isso.

“O Fórum de Desenvolvimento do Estado, do qual a FIEAC faz parte, contratou uma empresa, a GeoLAB, para fazer um estudo sobre a continuidade da BR-364 até a fronteira com o Peru. Com esse levantamento vamos demonstrar a viabilidade técnica, econômica, ambiental e social da continuidade da BR-364 até Pucallpa, o que vai impactar positivamente nosso Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). E a GeoLAB fez parceria com o Instituto Federal do Acre – IFAC – para a realização do trabalho. Nosso objetivo não é causar danos aos povos tradicionais nem ao meio ambiente e esse estudo totalmente técnico, sem viés ideológico, deixará clara essa viabilidade sob vários aspectos”, pontuou.

Quanto aos problemas de segurança alegados pelos indígenas, Janaína Terças ressalta que no último dia 22 de maio o secretário de Segurança Pública do Acre, Paulo Cézar Santos, deu uma declaração afirmando que uma base das forças de segurança será instalada no local.

“O secretário de Segurança, coronel Paulo Cézar, disse que, além de importante para o avanço econômico do Acre, esta ligação vai possibilitar a instalação de uma base das forças de segurança no local em que as famílias estão distantes dos centros urbanos e não conseguem ter acesso à polícia, por exemplo. Ele destacou que ter mais essa rota não vai melhorar ou piorar a cultura de crimes, mas melhorar a vida das pessoas e que o narconegócio, que é uma das práticas mais rentáveis e prejudica o Estado, acontece independente desse projeto. E enfatizou que é preciso combater o crime e não o desenvolvimento”, afirmou Terças.

Na rede

Maior empresário do Juruá acusa filhos de tentarem tomar controle dos negócios: “me entristece”

Publicado

em

O empresário Abrahão Cândido da Silva, um dos mais ricos de Cruzeiro do Sul, que atualmente vive em Manaus, divulgou uma Nota para a imprensa nesta sexta-feira , 12, onde afirma que está em boas condições de saúde e acusa dois de seus filhos, de tentarem tomar, na justiça, as rédeas da vida e dos negócios dele, depois que teve Covid-19.

O patriarca diz que está forte, saudável e trabalhando diariamente ao contrário do que dizem seus filhos , que segundo o empresário fizeram falsas afirmações sobre sua saúde, com narrativas mentirosas que o prejudicam, bem como aos negócios dele.

“Desde meados de 2021 existem pessoas prejudicando minha imagem e meu trabalho com falsas afirmações, fruto de uma discordância familiar, como ocorre em várias famílias brasileiras. Infelizmente, dois dos meus filhos, sem minha autorização e sem qualquer fundamento, espalharam inverdades ao afirmarem que eu estava em estado vegetativo, sem condições de trabalhar e gerir meus negócios e até mesmo que eu não estava em condições de tomar decisões simples do cotidiano. Isto não é verdade “, afirma ele, destacando que a situação lha causa tristeza como pai.

“Sinto muito por esta divisão familiar, com a qual não concordo e que muito me entristece como pai. Mas saibam todos que, como cidadão de Cruzeiro do Sul, eu sigo firme em busca de realizar novos sonhos e juntos alcançarmos outros objetivos para o bem de todos por quem tenho apreço e da minha família”.

A tentativa de tomar as rédeas da vida e dos negócios dele, segundo Abrahão, começaram logo depois de ter sido infectado com Covid 19, quando chegou a ficar internado. “Fui um dos infectados com o vírus do COVID-19 e fiquei alguns dias em repouso. Durante o período que estive em recuperação, alguns dos meus filhos acreditaram que eu não iria me recuperar e entraram com um processo judicial com intuito de tomar o controle da minha vida, o que eu não posso aceitar. Diante deste cenário, eu, Abrahão Cândido da Silva, declaro aos meus amigos, parentes, vizinhos e a todos os cidadãos de Cruzeiro do Sul, quer sejam os aqueles com quem possuo relação pessoal, quer sejam aqueles com quem possuo negócios, que estou totalmente recuperado, que estou em pleno vigor físico e mental, que estou trabalhando normalmente e que estou à disposição para atendê-los e dar continuidade a nossa convivência saudável. Ao tomar conhecimento de falsas afirmações sinto-me no dever de revelar a verdade e defender o que me é mais precioso, minha família, sobretudo minha amada esposa Maria de Fátima, pela qual estamos unidos a mais de 40 anos”, conclui.

Abraão Cândido é tio do presidente da Assembleia Legislativa do Acre, Nicolau Júnior, e da primeira-dama do Estado, Ana Paula Cameli. Ele é empresário do ramo de combustíveis, navegação, imóveis e bebidas.

Continuar lendo

Na rede

Novenário de Nossa Senhora da Glória atrai milhares de pessoas em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Desde o início do Novenário de Nossa Senhora da Glória, dia 5, a Catedral tem ficado lotada nas noites de missa. Do lado de fora, a venda de alimentos, artesanato e outros itens também é um sucesso.

Na noite desta sexta-feira, 12, a categoria profissional homenageada foi a dos jornalistas. A categoria,por meio de pedidos e doações próprias, arrecadou leite em pó que foi entregue à Igreja. O produto será destinado à crianças em situação de vulnerabilidade social atendidas pela Diocese de Cruzeiro do Sul.

O padre Jardeson Carvalho, agradeceu pela ação. ” Uma demonstração de compromisso social dos comunicadores”, ressaltou.

O Novenário de Nossa Senhora da Glória começou no dia 5 e será encerrado em 15 de agosto, dia da padroeira do município e da Diocese, com a tradicional Procissão, que não era realizada há dois anos por causa da pandemia de Covid 19.

Segundo uma das organizadoras do evento, Janete Ponce, haverá novidades da Procissão de segunda-feira, 15,como 14 altares vivos ao longo do percurso.

” Este ano nos 14 altares vivos montados ao longo do percurso as pessoas não estarão vestidas apenas de Nossa Senhora. Haverá outros santos que são os padroeiro dos 12 municípios que compõem a Diocese de Cruzeiro do Sul como São João, São Pedro, Bom Pastor e outros”, conta ela.

A Procissão que este ano terá um percurso de 3 quilômetros com duas ladeiras a mais contará com 17 carros de som. A última Procissão realizada em 2019, contou com cerca de 40 mil pessoas.

 

Continuar lendo

Na rede

Cai o número de novos casos de Covid-19 em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Caiu de 79 para 50 os novos casos diários de Covid -19 de terça para quarta-feira, 10, em Cruzeiro do Sul. Mas 10 pessoas seguem internadas com a doença na clínica médica do Hospital do Juruá. Não há ninguém na Unidade de Terapia Intensiva- UTI e a última morte causada pela Covid-19 foi em abril deste ano.

A prefeitura de Cruzeiro do Sul segue vacinando crianças a partir de 3 anos e adultos a partir de 18 contra a Covid-19. As crianças estão sendo imunizadas nas escolas e os adultos, a partir de 18 anos, podem buscar as Unidades de Saúde para a vacinação.

Continuar lendo

Na rede

Inscrições para a cavalgada da ExpoJuruá 2022 já estão abertas

Publicado

em

Já estão abertas no Sindicato Rural e Senar, que funcionam no mesmo prédio da Associação Comercial de Cruzeiro do Sul, as inscrições para quem quiser participar da Cavalgada da ExpoJuruá 2022 em cavalos, quadriciclos e comitivas.

Ao contrário de Rio Branco, em Cruzeiro, a cavalgada da ExpoJuruá não abre o evento e será realizada no último dia da festa em 4 de setembro, um domingo.

A saída da cavalgada está marcada para as 9 horas da manhã próximo ao antigo primeiro portal da Avenida Mâncio Lima. E a chegada será no local do evento, no Estádio Arena do Juruá.

Para quem for a cavalo é necessário apresentar cópia da Carteira de Identidade do responsável pelo animal, carteira de Vacinação influenza, Guia de transparente – GTA e exames de Anemia infecciosa Equina e de mormo. Quem vai de comitiva deverá apresentar Cópia da Carteira de Identidade do representante legal da comitiva, memorial descrito da estrutura física da comitiva, certificado de aprovação do Corpo de Bombeiros, que deve ser solicitada com 72h de antecedência no Corpo de Bombeiros ou na OCA.

Quem vai de quadriciclo deve levar para a inscrição, cópia da Carteira de Identidade do condutor e/ou do proprietário do veículo.

ExpoJuruá 2022

A ExpoJuruá será realizada de 1 a 4 de setembro e uma área do Estádio Arena do Juruá, na AC-405 em Cruzeiro do Sul.

As inscrições de expositores da área da indústria, Agro, serviços e comércio em geral, serão feitas na Associação Comercial. O evento contará também com dois dias de rodeio.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!