Conecte-se agora

TJAC e Cruz Vermelha assinam Termo de Compromisso para doação de kits escolares

Publicado

em

Lápis, mochila, apontador, borracha, cola, caneta, tesoura, caderno são itens comuns da lista de material escolar. Mas, a falta condições para comprar esses objetos faz com que muitas crianças e adolescentes deixem de frequentar as aulas. Diante dessa realidade, o Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) uniu-se à Cruz Vermelha Brasileira (CVB) em uma ação social com intuito de entregar kits escolares às crianças de famílias em situação de vulnerabilidade social no estado.

O compromisso, formalizando na manhã de segunda-feira,16, pela desembargadora-presidente do TJAC, Waldirene Cordeiro e pelo presidente nacional da CVB, Júlio Cals, é que as duas instituições entreguem 2.238 kits, às crianças de 6 a 8 anos, que frequentam o ensino fundamental público, nas cidades de Jordão (124), Marechal Thaumaturgo (300), Santa Rosa do Purus (570), Porto Walter (952) e Feijó (292). A assinatura do Termo de Custódia e Compromisso entre o Tribunal acreano e a Cruz Vermelha Brasileira oficializa a parceria e possibilita que o Acre seja contemplado com a ação humanitária.

Para a presidente do TJAC é essencial associar-se a instituição para atender a população acreana. “É uma felicidade fazer parte da parceira com a Cruz Vermelha Brasileira para que a volta às aulas presenciais das crianças seja muito mais felizes e com o material necessário para que desenvolvam suas aptidões e competências na carreira inicial escolar”, comentou a desembargadora.

Na ocasião, o presidente nacional da CVB, Júlio Cals, destacou o empenho do Judiciário do Acre e agradeceu a parceria que permitiu aos estudantes acreanos receberem os kits, ressaltando a importância da educação para garantir o desenvolvimento social.

“É tão importante o desenvolvimento educacional das crianças e quando trabalhamos com educação criamos caminhos alicerçados para que essas crianças consigam chegar no sonho que elas almejaram. Então, a entrega de material escolar nos dá possibilidade de criar esses caminhos e fazer com que a educação seja a mudança que nós tanto esperamos no mundo”, destacou Júlio Cals.

Depois da celebração do Termo de Compromisso, a equipe do Judiciário acreano e da Cruz Vermelha Brasileira seguem viagem para a cidade de Feijó onde realizaram a entrega simbólica de 38 Kits.

Voltas às Aulas

A ação que atenderá parte da população acreana é fruto do projeto da Cruz Vermelha Brasileira chamado “Volta às Aulas”, financiado pela Embaixada do Reino dos Países Baixos. O projeto abrange mais quatro estados no do Brasil, amparando alunos e alunas do ensino fundamental de escolas públicas em municípios com baixos Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

Nos Kits serão entregues: mochila, caderno, apontador, borracha, cola, tesoura sem ponta, lápis, grafite, lápis de cor, garrafa reutilizável de água, papel A4, estojo, manual de prevenção à COVID-19, caixa de máscaras descartáveis infantis e frasco de álcool em gel.

Cotidiano

Gladson bate o martelo e escolhe Márcia Bittar como vice na chapa majoritária

Publicado

em

A assessoria do governador Gladson Cameli (Progressistas) confirmou na noite desta quarta-feira, 29, que a ex-esposa do senador Márcio Bittar (União Brasil), professora Márcia Bittar (PL) foi a escolhida para compor a chapa majoritária do chefe do executivo como pré-candidata a vice – deixando assim, sua pré-candidatura ao Senado da República.

A decisão ocorreu após uma reunião definitiva com 9 dirigentes de partidos aliados que compõem a base governista. Entre eles, líderes do Partido Liberal, União Brasil, Republicanos, Patriotas, Solidariedade, PSDB, Brasil 35 e Democracia Cristã nas dependências do Partido Social Democrático Brasileiro (PSDB). “Após aceitação e aprovação do governador Gladson Cameli, selaram o nome de Marcia Bittar como pré-candidata a vice-governadora na chapa majoritária à reeleição de Gladson Cameli ao Governo do Estado”, diz a nota assinada pela jornalista Silvania Pinheiro.

O acordo visa pacificar o clima entre os aliados de Cameli. “Compreenderam a necessidade de fortalecimento da gestão estadual, garantindo assim a continuidade de um governo democrático e compromissado com a dignidade e o progresso do Acre’.

Após a decisão do seu vice, Gladson deverá buscar apoio de mais partidos que desejam compor a chapa majoritária nas eleições deste ano. “Mais uma vez, Gladson Cameli reafirmou sua disposição em dialogar com todas as siglas partidárias e aqueles que pretendem lhe ajudar a continuar servindo ao povo acreano com dedicação, honra e justiça, buscando, sobretudo, desenvolvimento e justiça social para as famílias acreanas”, encerrou.

Continuar lendo

Cotidiano

PDT rechaça Márcia Bittar e defende participação na indicação de vice de Gladson

Publicado

em

A executiva estadual do Partido Democrático Trabalhista (PDT) emitiu uma nota na noite desta quarta-feira, 29, rechaçando o nome da pré-candidata ao senado da República, Márcia Bittar (PL), como o nome a ser o vice na chapa de Gladson Cameli (Progressistas).

De acordo com o documento – que não teve assinatura do presidente da sigla, delegado Emylson Farias, o partido defende um diálogo aberto com os demais partidos aliados do Palácio Rio Branco, contudo, afirma que pretende participar da escolha do nome que deverá compor a chapa. “O PDT manifesta, respeitosamente, o interesse de participar do processo de indicação uma vez que possui mandatários nos Poderes Executivo e Legislativo, de elevada expressão política”, declara trecho da nota.

A executiva reiterou ainda o apoio à candidatura à reeleição do governador Gladson Cameli ao comando do Palácio Rio Branco.

Continuar lendo

Cotidiano

MPAC entrará com recurso para aumentar pena de condenado por torturar Nego Bau

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) entrará com recurso solicitando o aumento da pena do mecânico Jeferson Castro da Silva Pereira, condenado pelo crime de tortura contra Renan Souza, pessoa em situação de rua, conhecido popularmente como Nego Bau.

O acusado foi condenado nesta terça-feira, 28, pela 3ª Vara Criminal da Comarca de Rio Branco. Foi estabelecida pelo magistrado a pena de cinco anos de prisão para o homem que gravou e divulgou um vídeo enquanto decepava o dedo de Nego Bau.

De acordo com a promotora de Justiça Aretuza de Almeida, que assinou a denúncia do MPAC, a sentença não levou em consideração a reincidência do acusado, já que ele possui condenação por outros crimes que tramitaram antes do caso em questão.

“Analisando a sentença foi possível verificar que não foi reconhecida a agravante da reincidência, o acusado possui condenação por crime de roubo majorado e corrupção de menores, consistindo em uma pena de 13 anos, 5 meses e 10 dias. Essa condenação transitou em julgado antes dos fatos em questão, de modo que o mesmo é reincidente, por isso é aplicável ao caso o art 61, I do Código Penal”, explicou.

A decisão do juiz Raimundo Nonato considerou o excesso da culpabilidade do réu pela crueldade do crime, e constrangimento em decorrência das imagens divulgadas. O magistrado reconheceu a confissão espontânea do réu e o condenou em cinco anos de reclusão sem conceder-lhe o direito de apelar em liberdade.

Fonte: ASCOM/MPAC

Continuar lendo

Cotidiano

Duarte afirma que não existe impedimento para chamar cadastro de reserva da Civil para academia

Publicado

em

O deputado estadual Roberto Duarte (Republicanos) recebeu nesta quarta-feira, 29, na Assembleia Legislativa do Estado (Aleac) os aprovados no cadastro de reserva da Polícia Civil.

Durante a sessão, o parlamentar relembrou o compromisso firmado em 2018 com os aprovados do cadastro de reserva da Polícia Civil, assinado pelo governador Gladson Cameli, onde todos os aprovados seriam convocados para integrar o Sistema de Segurança Pública.

O parlamentar relembrou que, juntamente com seus pares, aprovou emenda no orçamento do Estado no valor de R$ 7 milhões, para que a Acadepol tenha condições de receber todos os aprovados do cadastro de reserva do concurso da Polícia Civil que ainda lutam pela convocação.

Além disso, recordou as reuniões com os representantes do cadastro de reserva no Tribunal de Contas do Estado, com o conselheiro presidente Ronald Polanco e na SEPLAG com o Secretário de Planejamento e Gestão, Ricardo Brandão, que responderam de forma positiva.

“O diálogo continua com o objetivo de convocar todos os aprovados no cadastro de reserva para realização da academia de polícia civil, pois existem condições no jurídico e financeiro”, explicou o deputado.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!