Conecte-se agora

VÍDEO: Ícaro isenta Alan em acidente e diz que pediu desculpas a família de Jonhliane

Publicado

em

A um dia do início do julgamento do “Caso Jonhliane”, marcado para começar nesta terça-feira (17), mais alguns detalhes da ação penal vêm ao conhecimento público por meio de informações do depoimento prestado por um dos acusados, Ícaro José da Silva Pinto, ainda em março do ano passado, às quais o ac24horas teve acesso.

Em um vídeo obtido pela reportagem, Ícaro responde a uma pergunta da advogada Helane Christina sobre o momento em que ele avistou o carro do outro acusado, Alan Araújo de Lima, antes do acidente. Ele diz que em nenhum momento avistou o carro de Alan e que também não o viu na festa em que estava, assim como o veículo.

“Na verdade, eu não avistei o carro do Alan em momento nenhum. Eu soube, na hora da batida, porque estava na minha frente, eu ia ultrapassar, tinha mais dois ou era três carros na minha frente, eu não sabia nem que era um fusca, inclusive eu não vi nem o carro dele na festa. Não vi Alan”, ele afirmou.

Em seguida, a advogada de defesa de Alan afirma que Ícaro fez um pedido de desculpas em uma audiência anterior e pergunta se ele pode reforçar isso para que fique gravado. Ele responde positivamente e diz que se desculpou tanto com a família de Jonhliane quanto com Alan, a quem ele isentou de qualquer responsabilidade no acidente.

“Em relação ao meu pedido de desculpas, eu fiz à família da Jonhliane e fiz também ao Alan, porque, querendo ou não, eu me sinto culpado por ele estar aqui, porque eu tive a responsabilidade. Infelizmente, eu ocasionei um acidente, mas o Alan não teve culpa de nada, absolutamente nada, apenas estava na hora errada no lugar errado”, acrescentou.

Ícaro e Alan foram pronunciados pela Justiça no dia 12 de maio do ano passado, em decisão do juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri e Auditoria Militar da Comarca de Rio Branco. Pela sentença de pronúncia, Ícaro responderá por homicídio doloso, omissão de socorro e embriaguez ao volante. Já Alan, será julgado apenas pela morte da jovem.

O Ministério Público acusa os dois motoristas de estarem disputando um “racha” na avenida Antônio da Rocha Viana quando Ícaro, que dirigia uma BMW a mais de 150 km/h, segundo a perícia, atingiu a motocicleta na qual a vítima, que tinha 30 anos na época do acidente, se dirigia ao seu trabalho, no supermercado Araújo do Segundo Distrito.

O julgamento está marcado para começar às 8h desta terça-feira (17) e deverá ser encerrado apenas no dia seguinte, em razão da grande quantidade de testemunhas. O juiz titular da 2ª Vara do Tribunal do Júri, Alesson Braz, limitou o número de vagas para que o júri possa ser acompanhado pelos familiares dos réus e da vítima, além da imprensa e comunidade.

O Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) divulgou que para se ter acesso ao julgamento será necessário credenciamento, tanto para familiares da vítima e dos acusados quanto para a imprensa e o público em geral. Serão disponibilizadas quatro cadeiras para os familiares dos réus; quatro para os familiares da vítima; quatro para a imprensa e 31 vagas para o público em geral.

O julgamento também poderá ser acompanhado de maneira virtual por meio da plataforma Google Meet. Para isso, é necessário realizar cadastramento por meio do WhatsApp (68) 9.9235-8362. O prazo para esse procedimento ser feito se encerra nesta segunda-feira ao meio-dia, tanto para quem pretende acompanhar a sessão do júri presencialmente quanto on-line.

A defesa dos acusados é composta pelos advogados Luiz Carlos da Silva Neto e Geovane Veras Pessoa (Ícaro) e Helane Christina da Rocha Silva, Carlos Venícius Ferreira Ribeiro Júnior, Edilene da Silva Ad-Víncula e Janaína Marszaleck (Alan). A acusação será sustentada pelo promotor de justiça Efrain Henrique Mendoza Mendivil Filho, que terá assistentes indicados pela família da vítima.

 Assista ao vídeo:

Acre 01

Ministério da Saúde chega ao Acre para investigar mortes por síndromes respiratórias

Equipe técnica fará visita a unidades de saúde com casos de síndrome respiratória

Publicado

em

Uma equipe de investigação do Ministério da Saúde (MS) está no Acre para auxiliar na apuração epidemiológica das síndromes respiratórias agudas graves (Srags). Os técnicos do MS se reuniram com as divisões e núcleos de vigilância na manhã desta segunda-feira, 27, e conversaram com a Secretaria de Saúde de Rio Branco.

“Os técnicos devem permanecer o tempo que for necessário para fazer todas as averiguações necessárias. Eles farão visitas à Secretaria Municipal de Saúde e unidades de saúde do estado onde está havendo atendimento de síndrome respiratória”, explicou o chefe do Departamento de Vigilância em Saúde, Gabriel Mesquita.

A vinda da equipe está sendo coordenada pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs) da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre).

Com informações da Agência de Notícias do Acre

Continuar lendo

Acre 01

Sesacre diz que não há técnicos de enfermagem em concurso por falta de vacância

Publicado

em

Pouco depois de o governo do Acre publicar o edital com 622 vagas para nível médio e superior na secretaria estadual de saúde em concurso público efetivo, a gestora da pasta Paula Mariano, explicou a falta de técnicos de enfermagem no certame.

Segundo Mariano, não há vagas para a área porque a vacância não permitia. “A gente sabe da grande necessidade desses profissionais e estamos vendo outra possibilidade”.

Devido à dificuldade de profissionais de nível médio, a secretaria optou por oferecer número significativo de vagas. “A gente vê a necessidade que o estado tem, então focamos também nesses profissionais, como agente administrativo, que a gente precisa em todas as unidades”.

De acordo com a secretária, foi dado ainda olhar especial para outros profissionais, como especialidades em médicos, fisioterapeutas, técnicos em laboratório etc, “sabendo da necessidade do funcionamento adequado da nossa rede de assistência”.

A Sesacre afirma que trabalhou nesse concurso em cima das possibilidades do que era possível fazer e das vacâncias.

Continuar lendo

Acre 01

No Acre, clube celebra o Dia Mundial do Fusca, o carro mais amado pelos brasileiros

Publicado

em

O carro mais famoso de todos os tempos tem o seu dia mundial comemorado em 22 de junho. Em várias partes do mundo, aficionados do icônico veículo se reúnem para celebrar a data e compartilhar histórias de vida que têm o Fusca como personagem.

No Acre, não poderia ser diferente. Em Rio Branco, o Fusca Clube Acre, que existe desde 2014, reúne apaixonados pelo carro que se eternizou no coração de um número gigantesco de pessoas.

No estacionamento da loja Havan, na capital, duas filas de Fuscas e um amontoado de pessoas curiosas e apaixonadas pelo “Carro do Povo”. A conversa em torno do evento não poderia ser outra, senão a importância do carro mais amado pelos brasileiros.

O encontro rendeu ótimas entrevistas e histórias inusitadas com aquele tom de brincadeira séria que só o Kennedy sabe conduzir. Em uma delas, o videomaker do ac24horas perguntou: amigo, em um momento de angústia onde tivesse que optar por salvar a namorada ou Fusca, quem salvaria?

Assista ao vídeo para saber a resposta:

video
Continuar lendo

Acre 01

Secretário de Bocalom está na UTI do Santa Juliana e vai precisar receber pontes de safena

Publicado

em

O Secretário de Comunicação de Rio Branco, o jornalista Ailton Oliveira, foi transferido nesta sexta-feira, 24, para uma UTI do Hospital Santa Juliana após sofrer um infarto. Oliveira deveria ter passado por um cateterismo, mas suas condições de saúde não permitiram o procedimento. “Não foi possível fazer o cateterismo, os médicos informaram que as veias do coração estão muito debilitadas para suportar qualquer stent”, reportou ao ac24horas Melissa Jares, esposa do Secretário de Comunicação.

Por conta do estado delicado de saúde e a orientação médica de não fazer nenhum tipo de esforço, Aílton Oliveira foi transferido para uma UTI do Hospital Santa Juliana. A decisão dos médicos é estabilizar o seu quadro de saúde para nos próximos dias receber três pontes de safena. “A única forma de segurar essas artérias é com ponte de safena. São três que ele precisa, mas para isso ele tem que ficar agora na UTI cardíaca, já que não pode fazer nenhum movimento brusco”, informou Melissa.

Ailton Oliveira tem 51 anos é jornalista com passagens por diversos veículos de comunicação de Rio Branco e até em outros estados e desde janeiro do ano passado é Secretário de Comunicação da Prefeitura de Rio Branco.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2021 ac24Horas.com - Todos os direitos reservados

error: Conteúdo protegido!