Conecte-se agora

Gigantes do Futebol Nordestino demonstram interesse na criação da Libra

Fortaleza, Ceará e Sport foram alguns dos clubes que assinaram a carta-proposta para criação da Liga de Clubes Brasileiros

Publicado

em

Os fãs de esporte que vem acompanhando as negociações entre clubes de futebol do Brasil para a criação de uma nova liga nacional  viram nesta semana que, além dos 8 times que já assinaram o documento de criação do campeonato, com um aceno positivo, mais de uma dezena de outras instituições explicitaram o interesse na formalização da Libra. Em uma carta-proposta, divulgada ao público na última segunda-feira (9), é possível perceber que encontram-se presentes entre os interessados alguns gigantes do futebol nordestino.

Entre os signatários da carta-proposta, estão: o campeão da Copa do Nordeste e campeão do Campeonato Cearense, Fortaleza; o vice-campeão da Copa do Nordeste, Sport; e o Ceará. Conhecidos por serem 3 dos times mais populares da região nordeste e algumas das camisas mais históricas do país, a presença dessas instituições no texto reforça a adesão dos maiores representantes do Brasil no propósito de criar uma competição capaz de representar de maneira mais adequada e conjunta os interesses dos times brasileiros. O documento também reforça a necessidade da união entre as marcas no desenvolvimento desse projeto.

O atual contexto desses três clubes é importante para ressaltar a importância do futebol nordestino nas negociações. Enquanto boa parte dos torcedores do país costumam focar sua atenção nas pautas relacionadas aos clubes do eixo Rio/ São Paulo, o Nordeste acaba perdendo parte dos destaque que merece.

Agora, com Fortaleza, Sport e Ceará disputando os principais campeonatos e torneios do Brasil e da América do Sul (Libertadores, Sul-Americana, Copa do Brasil e Brasileirão) e movimentando dezenas de milhares de torcedores em estádios a cada jogo, o Brasil volta uma maior parte da sua atenção para as discussões que envolvem os representantes dessa região do país.

Enquanto as conversas entre os clubes seguem se desenvolvendo sobre a temática, devemos observar qual será a participação dessa parcela de equipes e o espaço que elas terão nesse debate.

Ativos Digitais

Além do destaque que vem conquistando no mundo da bola, os clubes nordestinos também vem brilhando no mundo virtual com a venda de seus tokens utilitários no mercado de ativos digitais.

O Fan Token Fortaleza e os fan tokens do Sport e do Ceará estão sendo comercializados na plataforma da Bitci Brasil, corretora que atua ao lado dos maiores campeões do país. Outro clube nordestino que comercializa seu ativo através da Bitci Brasil  é o Vitória.

Sobre a Bitci

Fundada na Turquia, em 2018, a Bitci é uma plataforma de negociação de ativos digitais.  Bitcoin, Ethereum e Criptomoedas, que garantem segurança e rapidez aos usuários durante o processo de transação.

A plataforma realiza cerca 1,2 bilhão de transações diárias e atua fornecendo soluções para o mercado, produzindo tokens para as marcas e clubes com a BitciChain.do

A BitciChain, primeira rede blockchain integrada à bolsa de valores e plataforma de pagamento da Turquia, está sendo desenvolvida pela Bitci Teknoloji. A BitciChain é otimizada para fornecer a empresas e instituições a melhor adoção de blockchain.

Acre 01

Com petisco e cerveja gelada, Petecão e Edvaldo Magalhães trocam ideias no Bar Zé do Branco

Publicado

em

Nesta sexta-feira, 3, o Bar Zé do Branco, localizado na Orla do Rio Acre, no bairro Base, foi palco de um encontro histórico entre o senador Sérgio Petecão (PSD) e o deputado estadual Edvaldo Magalhães (PCdoB).

Com muita cerveja gelada e petiscos, a reunião informal contou com a presença de diversas lideranças políticas ligadas à “Cabeça”e ao “Camarada”, entre eles os  ex-deputados Fernando Melo e Eduardo Farias.

Até pouco tempo adversários políticos, Petecão e Magalhães prosearam sobre os rumos do governo Lula e Gladson, mas também citaram as políticas públicas em prol da população. E como em todo bar, falaram das “amarguras” em tons de desabafos, mas com muito bom humor de ambos os lados.

O encontro foi registrado nas redes sociais pelo ativista Francisco Panthio, que relembrou as trajetórias políticas vivenciadas nos últimos anos. “Petecão e Edvaldo Magalhães tem vivências políticas históricas e que já construíram boas coisas para nosso Acre”, comentou.

Continuar lendo

Cotidiano

Inscrições para venda de alimentos no Carnaval de Rio Branco começam na segunda

Publicado

em

As inscrições para os interessados em comercializar produtos e alimentos durante o Carnaval da Família, na Arena da Floresta, em Rio Branco, estarão abertas a partir da próxima segunda-feira, 06.

Para participar é preciso demonstrar interesse até o dia 08 de fevereiro na sede da Secretaria de Indústria, da Ciência, do Comércio, do Empreendedorismo e do Turismo (Seicetur).

As vagas serão preenchidas por meio de sorteio, que ocorrerá no dia 10 de fevereiro, às 10h, no Quadrilhódromo do Arena da Floresta.

O Carnaval na capital inicia dia 17 de fevereiro, com a escolha da Realeza, e se estende até a quarta-feira de cinzas. Além de diversos shows de artistas locais, a programação conta ainda com um baile infantil e outro da melhor idade.

Continuar lendo

Cotidiano

Mais de 6 toneladas de carne podem não ter sido entregues no presídio da capital

Publicado

em

O Instituto de Administração Penitenciária do Acre (IAPEN) decidiu abrir um procedimento para apurar a denúncia de que a empresa fornecedora de alimentação para os detentos estaria mandando a proteína, seja carne bovina, ave ou peixe fora do que é estipulado pelo contrato.

O assunto e a decisão da abertura de um procedimento administrativo foram temas de uma reunião entre os policiais penais, que são os fiscais do contrato, e o representante do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC).
A comida fornecida aos detentos do Complexo Penitenciário Francisco de Oliveira Conde é realizada por uma empresa vencedora de uma licitação, mas conta com o trabalho dos presidiários. Além de nutricionista e outros funcionários contratados, cerca de 40 apenados trabalham no local.

Caso a denúncia seja confirmada, pode significar que em um mês cerca de 6 toneladas de carne deixaram de ser entregues pela empresa. Se feita uma conta simples, colocando a R$ 20 o quilo da proteína, o contribuinte estaria pagando em torno de R$ 120 mil mensais em carne que não chegou na boca dos detentos.

“Os policiais penais me mostraram dezenas de notificações de irregularidades dessa empresa. A mais grave é que no contrato está especificado que a proteína carne tem que vir com uma gramatura e 150 a 180 gramas. De acordo com a denúncia dos fiscais do contrato, a empresa estaria fornecendo apenas 100 gramas. A pequena quantidade de carne já tinha sido objeto de reclamação dos detentos. Isso é seríssimo, já que se for comprovada, a empresa estaria ganhando 200 quilos de carne por dia, já que são mais de 3 mil marmitas fornecidas diariamente. Dependendo do resultado desse procedimento de investigação, o IAPEN pode até rescindir o contrato e assinar com outra empresa”, afirma o promotor de justiça Tales Tranin.

A reportagem do ac24horas procurou também a presidência do IAPEN. Glauber Feitoza confirmou que o instituto vai abrir o procedimento de investigação. “Vamos apurar esse fato. Nossa fiscalização tem sido constante quanto ao controle da alimentação fornecida, assim como a gramatura do que vem especificado no contrato. Na próxima semana, vamos abrir o procedimento administrativo para apuração, cobrando as devidas medidas para que a empresa cumpra com o que está no contrato”, disse.

A empresa que tem o contrato de fornecimento de alimentação para o presídio é a Gran Nutriz, empresa de Brasília. A reportagem tentou entrar em contato com a empresa, mas não obteve êxito. O espaço segue aberto, caso haja interesse em se manifestar.

Continuar lendo

Cotidiano

Sesacre informa duas mortes e 28 novos casos de Covid-19 ao longo da última semana

Publicado

em

Apesar do registro de poucos novos casos, a Secretaria Estadual de Saúde do Acre (Sesacre),informou que dois óbitos causados pela Covid-19 foram registrados da semana que compreende o dia 28 de janeiro até esta sexta-feira, 3 de fevereiro. Agora, o número oficial de mortes pela doença chega a 2.043 em todo o Acre.

As mortes são da paciente M. J. A., de 81 anos, deu entrada no Pronto-Socorro de Rio Branco no dia 14 de janeiro e faleceu no dia 27 do mesmo mês e do paciente J. C. B. R., de 61 anos, deu entrada na Fundação Hospitalar do Acre no dia 14 de janeiro e faleceu no dia 31 do mesmo mês.

O boletim também atualiza o número de novos casos. De acordo com a Sesacre, apenas 28 novos casos foram registrados, o que dá uma média de 4 casos diários.

O número de infectados notificados é de 160.191 em todo o estado.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.