Conecte-se agora

Ministério Público do Acre realiza vistoria na Maternidade Bárbara Heliodora, em Rio Branco

Publicado

em

Nesta quinta-feira, 28, o Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) realizou uma vistoria na Maternidade Bárbara Heliodora, em Rio Branco, para verificar a situação física-estrutural, o fluxo de atendimento, o abastecimento de medicamentos e insumos, bem como a quantidade de profissionais da unidade.

A diligência foi feita pela Promotoria Especializada de Defesa da Saúde, juntamente com o Centro de Apoio Operacional de Defesa da Saúde, Pessoa Idosa e Pessoa com Deficiência (CAOPSAÚDE-DI), Núcleo de Apoio Técnico (NAT), Centro de Atendimento à Vítima (CAV) e Núcleo de Apoio e Atendimento Psicossocial (Natera).

Na ocasião foram discutidos com a gestão da maternidade os problemas e denúncias divulgadas pela imprensa e que estão sendo investigadas pelo MPAC.

O promotor de Justiça Ocimar Sales Junior, que responde pela Promotoria da Saúde, disse há um levantamento das reclamações que envolvem a temática da violência obstétrica na maternidade e, com isso, a intenção é promover, com o apoio dos órgãos auxiliares do MPAC, um acompanhamento rigoroso.

“Queremos conhecer a realidade vivenciada e as dificuldades enfrentadas por meio desse contato direto com as pacientes e os profissionais. Então, reuniremos as informações levantadas por cada equipe para impulsionar a efetividade e humanização do serviço que vem sendo prestado à população, focando nas demandas mais urgentes que serão indicadas nos relatórios”, destacou.

A gerente-geral da Maternidade Bárbara Heliodora, Laura Pontes, apresentou as medidas adotadas para melhorar o atendimento, entre as quais, a criação do serviço de ouvidoria.

Com base na vistoria, as equipes técnicas irão formular relatórios que, somados aos documentos recebidos, devem subsidiar novas providências pelo MPAC.

Tiago Teles- Agência de Notícias do MPAC

Destaque 4

Criminoso invade casa para fazer assalto e acaba morto com três tiros na Cidade do Povo

Publicado

em

O assaltante Felipe dos Santos Sarmento, de 19 anos, foi morto a tiros dentro de uma residência situada na rua Vereadora Maria Antônia, situada no Conjunto Habitacional Cidade do Povo, em Rio Branco.

De acordo com a polícia, Felipe e mais dois comparsas não identificados invadiram a residência na tentativa de cometer um roubo. Ele foi ferido com três tiros pelo proprietário, que possui uma arma de fogo legalizada. Após ser atingido na região das costas, abdômen e rosto, Felipe caiu no quintal da residência. Os outros dois bandidos conseguiram fugir correndo.

Segundo a polícia, os criminosos invadiram a residência na tentativa de roubar arma de fogo e dinheiro do proprietário. A ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, mas quando os paramédicos chegaram ao local para prestar os primeiros atendimentos, o assaltante já se encontrava morto.

A área foi isolada pela Polícia Militar para os trabalhos do Perito em criminalística, em seguida os policiais fizeram patrulhamento na região em busca de prender os outros criminosos, mas eles não foram encontrados. O corpo do assaltante foi removido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Continuar lendo

Destaque 4

Condutora de Honda Civic mata morador de rua atropelado na Via Chico Mendes

Publicado

em

Um morador de rua ainda não identificado morreu vítima de atropelamento na noite desta quinta-feira, 22, na Via Chico Mendes, em frente a uma concessionária de veículos no bairro Triângulo, região do Segundo Distrito de Rio Branco.

De acordo com a polícia, a motorista do Honda Civic de cor branca trafegava sentido centro-bairro em velocidade acima do permitido na Via Chico Mendes, quando atropelou a vítima, que tentava atravessar a rua. O veículo estava adesivado com banner do deputado estadual e candidato à reeleição André da Droga Vale. Testemunhas contaram que assessores do candidato retiraram o adesivo do vidro traseiro do carro.

Com o impacto, foi arremessado a uma distância de aproximadamente 40 metros e caiu sobre o asfalto desmaiado. A frente do veículo ficou totalmente destruída.

A ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, mas quando os paramédicos chegaram ao local, a vítima já se encontrava sem vida. Segundo o médico do SAMU, o homem sofreu múltiplas fraturas e um traumatismo crânio encefálico gravíssimo.

Policiais Militares do Batalhão de Trânsito estiveram no local e isolaram a área para os trabalhos de perícia. O corpo foi removido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos e identificação.

A condutora do veículo foi encaminhada à Delegacia de Flagrantes (Defla), onde prestou esclarecimento e foi liberada. O veículo Honda Civic foi removido por um guincho.

Continuar lendo

Destaque 4

MP abre investigação criminal para apurar agressão praticada por militares a empreendedor

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Acre (MP-AC) decidiu abrir uma investigação criminal contra militares envolvidos em uma agressão ao microempreendedor Francisco Bezerra, morador da Baixada da Sobral, no início de setembro deste ano. O despacho foi publicado na edição do Diário Eletrônico desta quinta-feira, 22.

Na ocasião, o homem procurou a imprensa para denunciar que foi alvo de uma abordagem com abuso de poder por militares da Polícia Militar do Estado do Acre (PM-AC). Segundo a vítima, no momento da abordagem ele estava no bairro Boa União, momento em que uma equipe parou e começou as agressões. Bezerra contou que foi ameaçado de morte pelos militares.

LEIA MAIS: Vídeo mostra PM agredindo homem na Baixada da Sobral

De acordo com a promotora Maria de Fátima Roberto Teixeira, após tomar conhecimento dos fatos no site de notícias ac24horas, matéria jornalística contendo vídeo de abordagem policial efetuada pela polícia militar em atividade no Bairro Boa União, nesta, neste Município de Rio Branco-AC, noticiando que o homem abordado foi agredido fisicamente e ameaçado de morte, resolveu tomar providências.

O órgão controlador destacou que além das agressões, os polícias teriam entrado sem autorização no interior da residência e deletado os vídeos do aparelho de DVR e de um computador.

Teixeira levou em conta o teor das declarações prestadas pela vítima na promotoria de justiça especializada, sendo na forma online por videoconferência, tendo noticiado práticas de desvios de condutas dos agentes públicos em atividade. Por isso, o MP resolveu abrir uma investigação criminal. “Resolve instaurar procedimento investigatório criminal, a fim de apurar as circunstâncias dos fatos referidos acima, para ao final, se for o caso, promover a ação penal ou o arquivamento dos autos”, diz trecho do despacho.

Sobre os fatos narrados, a Corregedoria-Geral da Polícia Militar informou haver instaurado procedimento próprio para apurar as denúncias.

Continuar lendo

Destaque 4

PRF prende apreende 202 kg de cocaína e dá prejuízo ao crime de R$ 12 milhões

Publicado

em

Uma ação de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal resultou na prisão de um homem e na apreensão de 202 kg de entorpecentes nesta quarta-feira, 21, no km 90, próximo ao entroncamento da Estrada de Acrelândia, na BR-364.

A Polícia Rodoviária Federal estava fazendo um patrulhamento de rotina na BR-364 quando abordou uma carreta bitrem modelo VOLVO/FH 400, de cor branca, que trafegava no sentido Rio Branco-Porto Velho. Durante entrevista, o motorista apresentou inconsistência e nervosismo gerando suspeita aos policiais.

A equipe verificou algumas anomalias na estrutura veicular no lastro da carroceria composto por uma espessura metálica grossa e a carreta foi levada até ao posto de fiscalização da PRF, em Rio Branco.

Foi pedido o apoio da equipe do Corpo de Bombeiros com suas ferramentas e feito a expansão das janelas encontradas. Os policiais Rodoviários Federais verificaram dentro de um compartimento a quantia de 202 kg de pasta a base de cocaína e cloridrato de cocaína.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão e o motorista foi encaminhado juntamente com as drogas a Polícia Federal na capital.

O motorista relatou aos Policiais que receberia a carreta Bitrem como pagamento caso entregasse a droga no seu destino. De acordo com a PRF, o prejuízo estimado a organização criminosa foi de aproximadamente 12 milhões.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.