Conecte-se agora

Obesidade em Rio Branco cresceu 2,5% na pandemia, afirma estudo

Mais de 60% dos adultos estão com excesso de peso na capital

Publicado

em

Rio Branco é 4ª colocada no ranking da obesidade entre as capitais, com 24,2% da população adulta (idade igual ou superior a 18 anos) nessa condição. A obesidade é quando o Índice de Massa Corporal (IMC) fica igual ou superior a 30 quilos por metro quadrado.

A taxa aumentou em relação a 2019, quando a taxa de obesidade era 23,6% e Rio Branco era 3ª no ranking -houve um reposionamento desde então e a capital do Acre desceu uma posição. O crescimento foi de 2,5% neste período de pandemia.

No País, a frequência de adultos obesos variou entre 17,9% em Vitória e 26,4% em Porto Velho. As maiores frequências de obesidade foram observadas, entre os homens, em Aracaju, com 27,9% da população; Goiânia (26,7%) e Porto Velho (26,6%) e, entre as mulheres, em Manaus (26,6%), Recife (26,5%) e Porto Velho (26,2%). As menores frequências de obesidade ocorreram, entre homens, em Recife (17,7%), São Luís e Salvador (18,6%), e entre as mulheres, em Palmas (16,1%), Vitória (16,8%) e Teresina (17,2%).

Além da obesidade, Rio Branco está com 60,1% da população adulta com excesso de peso, 5a posição entre as capitais junto com Porto Velho, Belém, Manaus e Porto Alegre. Essa taxa era de 56,6% em 2019.

No País, frequência de adultos nessa condição variou entre 49,3% em São Luís e 64,4% em Porto Velho. O sobrepeso é verificado quando o IMC for igual ou maior que 25kg/m2.

Entre homens, as maiores frequências de excesso de peso foram observadas, entre em Porto Velho (67,5%), João Pessoa (66,5%) e Manaus (65,2%) e, entre mulheres, em Manaus (61,8%), Porto Velho e Belém (61,0%). As menores frequências e excesso de peso, entre homens, ocorreram em Salvador (50,8%), São Luís (51,4%) e Vitória (55,8%) e, entre mulheres, em Palmas (45,0%), Teresina (46,4%) e São Luís (47,5%).

Os dados são da Pesquisa Vigitel 2021, lançada nesta quinta-feira (7) pelo Ministério da Saúde.

Cotidiano

PRF descobre carga de quase 60 kg de cocaína e skunk escondida em sacas de milho

Publicado

em

Escondido em sacas de milho, o lote de 59,3 quilos de cocaína e skunk foi descoberto nesta quinta-feira (23) pela Polícia Rodoviária Federal, durante patrulhamento no km 158 da BR-317, em Capixaba. A carga estava em um caminhão que tinha como destino a cidade de Rio Branco.

Segundo a PRF, o veículo partiu de Brasiléia, região fronteiriça, e seguia para a capital, quando foi abordado em Capixaba pela equipe da PRF. O nervosismo do motorista que levava a carga levantou a suspeita dos policias, que procederam com a busca e inspeção na carroceria do veículo que transportava milho. Dentro de uma das sacas fora encontrado um pacote contendo cocaína e maconha do tipo skunk.

O condutor foi preso em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e encaminhado para a Policia Federal, em Rio Branco, onde foi descarregado o caminhão e apreendidas as seguintes substâncias: 15,08kg de skunk, 27,035kg de pasta base de cocaína e 16,015kg de cloridrato de cocaína.

Continuar lendo

Cotidiano

Prefeito de Plácido é multado em quase R$ 6 mil por irregularidades na prestação de contas

Publicado

em

O pleno do Tribunal de Contas do Estado (TCE) decidiram multar o prefeito de Plácido de Castro, Camillo da Silva (PSD), por irregularidades na prestação de contas do município. O despacho foi publicado na edição do Diário Eletrônico desta sexta-feira, 24.

De acordo com o conselheiro Jorge Malheiro, a irregularidades são referentes ao 6º bimestre de 2021 do Fundo Municipal de Saúde de Plácido de Castro, com fundamento no art. 89, II, da Lei Complementar Estadual nº 38/93 c/c art. 19 da Resolução TCE/AC nº 87/2013.

“Vistos, relatados e discutidos os autos do processo acima identificado, acordam os Membros da 1ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado do Acre, na 100ª Sessão Ordinária, por unanimidade, nos termos do voto do Conselheiro-Relator, pela aplicação de multa ao Sr. Camilo da Silva, Prefeito Municipal de Plácido de Castro, no valor de R$ 5.860,00 (cinco mil oitocentos e sessenta reais) em face do atraso injustificado até o limite de 60 (sessenta) dias do envio das informações exigidas pela Resolução TCEAC nº 87/2013”, diz trecho da decisão.

Continuar lendo

Cotidiano

Polícia Militar prende traficante com 7 kg de cocaína em Rio Branco

Publicado

em

Uma ação dos Policiais Militares do GIRO do Batalhão de Operações Especiais resultou na prisão de Luan da Silva Jacaúna, na noite desta quinta-feira, 23, pelo crime de tráfico de drogas. A prisão ocorreu na Travessa Jaguari, no bairro Nova Estação, em Rio Branco.

A guarnição do GIRO estava fazendo um patrulhamento de rotina na região, quando recebeu uma denúncia que um homem estaria vendendo drogas em via pública.

Os Policiais se deslocaram até ao local indicado e encontraram Luan em via pública, em um beco e em seguida o traficante percebeu a aproximação da guarnição e entrou em uma residência na tentativa de se evadir. Foi feito a abordagem e em uma mochila que o traficante estava foi encontrado 7 barras de cocaína (7kg).

Diante dos fatos foi dada voz de prisão e o traficante foi encaminhado à Delegacia de Flagrantes (Defla) para os devidos procedimentos.

Continuar lendo

Cotidiano

Estabelecimentos da categoria Usos Perigosos devem ser instalados em áreas específicas

Publicado

em

O prefeito Tião Bocalom publicou no Diário Oficial desta sexta-feira, 24, Lei que estabelece que os estabelecimentos enquadrados na categoria Usos Perigosos – UPE deverão estar localizados na Área de Desenvolvimento Industrial ou na Macrozona Rural.

São considerados estabelecimentos de Usos Perigosos estabelecimentos de exploração mineral, fabricação e depósito de fogos de artifício, campos de tiro e congêneres, depósitos ou lojas com estoques de explosivos, gás de cozinha (GLP), tóxicos ou inflamáveis e radioativos e postos de gasolina.

A Lei estabelece ainda que são exceção os postos de revenda e pontos de abastecimento de combustíveis, venda de gás de cozinha autorizada pela concessionária, estandes de tiro pertencentes às Forças Armadas e aos órgãos federais e estaduais de segurança pública e entidades de prática de tiros desportivos; que poderão estar localizados nas demais zonas, desde que respeitadas as legislações e licenciamentos específicos.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!