Conecte-se agora

Cerveja pode aumentar os riscos de ter covid, enquanto vinho pode diminuir

Publicado

em

Muito tem se estudado sobre atividades cotidianas que podem reduzir o risco de contrair o coronavírus. Um estudo desenvolvido pelo Shenzhen Kangning Hospital, na China, publicado no jornal acadêmico Frontiers in Nutrition, analisou os diferentes tipos de bebidas alcoólicas e se elas poderiam ajudar nos riscos de contrair a covid. Pessoas que tomam vinho tinto regularmente, por exemplo, se mostraram com 10% a 17% menos chances de contrair a doença. No entanto, pessoas que bebem cidra ou cerveja, se mostraram com mais chance de contrair a covid-19.

O estudo analisou dados de 473.957 pessoas do UK Biobank Study — um projeto de pesquisa que coleta informações sobre saúde e estilo de vida de quase 500.000 participantes no Reino Unido desde 2006. Eles investigaram a associação do álcool com a covid, observando o impacto na infecção e na mortalidade.

A partir das análises, os pesquisadores perceberam que os bebedores de vinho branco e champanhe — que consomem entre 1 a 4 copos por semana — tiveram um risco de 7% a 8% menor de contrair a covid-19, em comparação com os não bebedores. Mas, esse efeito não foi significativo quando consumiram cinco ou mais copos por semana.

Quem consumiu vinho fortificado (entre 1 a 2 copos por semana), apresentaram risco 12% menor de infecção. No entanto, qualquer consumo de três ou mais copos por pessoa não foi associado a menores riscos.

Analisando a cerveja e a cidra, os que consumiram apresentaram de 7% a 28% maior risco de contrair covid-19, independentemente da quantidade que consumiram, em comparação com os não bebedores.

Ou seja, o alto consumo de vinho tinto, vinho branco, champanhe e a baixa ingestão de vinho fortificado tiveram efeitos protetores contra a covid-19. Já o consumo de cerveja e cidra, independentemente da frequência e quantidade de ingestão de álcool, e alto consumo de destilados (mais de cinco copos por semana) foram associados ao aumento do risco de contrair a covid-19.

E por que isso acontece?

Segundo os pesquisadores o menor ou maior risco de covid não está no grau de álcool presente nas bebidas, mas e sim no teor de polifenóis, que têm propriedades antioxidantes.

O vinho tinto, por exemplo, tem as maiores concentrações de compostos fenólicos, como estilbenos, proantocianidinas e resveratrol. Esses polifenóis podem diminuir a pressão arterial, reduzir a inflamação e inibir os efeitos de vírus como a gripe e outras infecções relacionadas ao trato respiratório.

Quando se aderem às células humanas, essas partículas ajudam o corpo a se defender. A cerveja não apresenta esse composto e isso pode ser a chave para entender porquê o vinho se provou mais “defensivo” contra a covid, enquanto outras bebidas não.

Essas descobertas podem sugerir que a classe específica de constituintes polifenólicos pode ser responsável pelo efeito benéfico das bebidas alcoólicas contra a covid-19, e não pela concentração de álcool.

Os pesquisadores explicam ainda que não levaram em consideração os ingredientes e a concentração de polifenóis (estrutura química comum, que atuam como antioxidantes) dos subtipos de bebidas alcoólicas, sendo necessário um estudo com mais detalhes sobre os ingredientes e a concentração de polifenóis no futuro.

Cotidiano

PM anuncia programação de aniversário de 106 anos da corporação

Publicado

em

Dia 25 de maio, a Polícia Militar do Acre (PMAC) completa 106 anos de existência e de serviços prestados ao Estado. Por este motivo, ao longo de todo este mês será realizado diversas atividades em comemoração ao aniversário.

Na noite desta segunda-feira, 16, civis e militares estiveram reunidos no Memorial dos Autonomistas, em Rio Branco, para uma cerimônia de apresentação do calendário festivo, e acompanharam a apresentação da banda da PM.

A presidente do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), desembargadora Waldirene Cordeiro, que esteve presente durante a solenidade, destacou o trabalho desempenhado pelos profissionais.

“A PMAC comemora 106 anos e começamos as comemorações. A instituição desempenha honrosos e necessários serviços, e é uma honra participar dessa cerimônia e contar com policiais tão dedicados ao público e à prestação de serviços”, disse.

Além dos eventos internos para os policiais, como natação, xadrez, futebol, jiu-jitsu, circuito rústico, e vôlei, a festividade também terá celebrações abertas a população.

Confira a programação para o público em Rio Branco

Dia 20, 21 e 22 (sexta a domingo) – Exposição PMAC 106 anos, no Via Verde Shopping;

Dia 25 (quarta-feira) – Inauguração da reforma da Instituição do comando-geral, formação de novos policiais militares e promoção de praças da PM;

Dia 27 (sexta-feira) – Concerto da banda de música da PM, no Centro Universitário U:verse;

Dia 29 – Corrida Tiradentes.

Continuar lendo

Cotidiano

Governo diz que demissão de irmã da vereadora Michelle Melo não foi retaliação política

Publicado

em

O governo do estado se pronunciou nesta terça-feira, 17, sobre a demissão da irmã da vereadora Michelle Melo (PDT), Mirla de Oliveira Melo Lima, que ocupava desde abril de 2019 uma CEC-7 na Secretaria de Produção e Agronegócio (SEPA).

Coincidentemente, a exoneração de Mirla veio um dia após Michelle ter postado um vídeo nas redes sociais onde afirmava que seu nome estaria à disposição do PDT para uma possível candidatura ao governo do estado.

Apesar das evidências, o governo garantiu que não há nenhum tipo de retaliação política na exoneração.

“Em razão das inúmeras demandas da Secretaria de Estado de Produção e Agronegócio (SEPA) tornou-se imprescindível a contratação de um (a) advogado (a) com experiência no setor público para assessoria jurídica da pasta, razão pela qual tornou-se necessário o remanejamento de pessoal para a contratação de um(a) novo(a) profissional. Com efeito, cumpre ressaltar que as mudanças na SEPA estão se dando em razão de uma necessidade do serviço, sem, portanto, qualquer conotação política”, disse a assessoria de Gladson em nota enviada ao ac24horas.

Continuar lendo

Cotidiano

Polícia prende integrantes de quadrilha especializada em roubos na fronteira

Publicado

em

Na manhã desta terça-feira, 17 de maio, a Polícia Civil deflagrou a 4ª fase da operação “Carreteira Cerrada” que teve como principal objetivo o fortalecimento da segurança nas áreas de fronteira do Baixo Acre.

No dia 16 de abril de 2022, indivíduos armados, invadiram uma propriedade localizada na zona rural de Plácido de Castro – AC, de onde subtraíram uma camionete L200.

No curso das investigações, a Polícia Civil apurou que K.L.G, de 22 anos, A.N.S, de 20 anos e G.Q.N, de 24 anos integram uma associação criminosa especializada em roubos de veículos na fronteira Brasil-Bolívia.

Em relação ao roubo ocorrido no dia 16 de abril de 2022, na data de hoje foram cumpridos 03 (três) mandados de busca e apreensão domiciliar contra alvos investigados, elementos probatórios foram colhidos e dado cumprimento a três mandados de prisão.

Também na operação, foi preso E.C.S, de 23 anos, pela prática de um roubo de uma camionete na zona rural de Plácido de Castro, crime ocorrido no dia 01 de fevereiro de 2022. E.C.S é apontado também como autor de diversos roubos de veículos na região.

Todos foram encaminhados a delegacia para procedimento praxe e em seguida colocados a disposição da justiça.

Com informações da assessoria da Polícia Civil.

Continuar lendo

Cotidiano

“Cirurgias vem sendo suspensas por falta de soro”, afirma Duarte sobre saúde no Juruá

Publicado

em

O deputado Roberto Duarte (Republicanos), em seu retorno à Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), após prestação de conta de seu mandato no Juruá, denunciou, na sessão desta terça-feira (17), os problemas que viu em andanças na região.

Ouvindo os moradores recebeu inúmeras reclamações sobre a saúde no Juruá, a principal queixa é que as cirurgias na região estão suspensas por falta de soro. Além da falta de médicos, como oftalmologista, urologista e gastroenterologista.

“É inadmissível o que vem acontecendo com a saúde no Juruá. Muita decepção com a atual gestão do governador Gladson Cameli. As cirurgias estão sendo marcadas para janeiro de 2023”, lamentou o parlamentar.

Além disso, o deputado estadual comparou o que o governador está fazendo na capital acreana e o que pretende fazer no Juruá.

“O governador está fazendo festa lá na Fundação Hospitalar, anunciando mutirão de cirurgia, mas precisa dizer de onde veio a verba para esse mutirão, pois é fruto de emenda do senador Márcio Bittar. Pasmem, o governador quer fazer um mutirão de cirurgia de dois dias no Juruá, sendo que há uma fila gigantesca esperando”, cobrou o deputado.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!