Conecte-se agora

Epidemiologista diz que Acre já vive terceira onda de Covid-19

Publicado

em

O estado do Acre já vive uma terceira onda de contaminação pelo novo coronavírus. A afirmação é do epidemiologista Marcos Lima, que integra o grupo técnico de apoio ao Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19. De acordo com ele, a sazonalidade de doenças respiratórias ocorre geralmente entre a segunda quinzena de janeiro e até segunda quinzena de março.

“Ano passado, o SARS-COV2 apresentou esse comportamento. Acreditamos que irá se repetir. A diferença é que esse ano temos pessoas vacinadas, um surto de gripe por influenza e uma nova variante”, destacou ao ac24horas.

O epidemiologista não tem dúvidas sobre o aumento contínuo de casos nos próximos dias, mas acredita que quem está vacinado vai apresentar, em sua maioria, apenas quadro leve da doença. “Teremos um aumento de casos, sim. Acredito que serão quadros leves principalmente em pessoas completamente vacinadas e entre aquelas que receberam a dose de reforço. Alguns estudos apontam que a variante Ômicron tem preferência pela vias aéreas superiores, causando um quadro com sintomas muito parecidos com a gripe”, afirma.

No auge da pandemia em 2021, o Acre foi obrigado a levar pacientes para Manaus por falta de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no estado. Marcos conta que a preocupação é com quem não foi vacinado. “Nossa preocupação é com as pessoas não vacinadas, essas, muito provavelmente, poderão desenvolver quadros mais graves e precisar de assistência em UTI”, explica.

Outra preocupação com a possibilidade de aumento dos casos seria a necessidade mais uma vez de impor medidas severas para impedir o avanço da pandemia, como o fechamento do que não é essencial e restrições ainda mais duras como já aconteceu anteriormente.

“Essa é a grande questão. Hoje, temos uma arma poderosa que são as vacinas. Se tivermos uma grande parte da população vacinada, não será necessário indicação de medidas mais restritivas à circulação de pessoas. O uso de máscaras ainda é extremamente necessário. A sociedade também precisa fazer a sua parte, o Estado está fazendo a sua, oferecendo vacinas e recursos para assistência, caso necessário. Se percebemos que há um aumento muito grande de casos, e nossas taxas de internação aumentarem, a indicação de bandeiras mais restritivas poderá ser feita ao governo do Estado, cabendo ao governador Gladson tomar a decisão final”, explica.

O boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde nessa terça-feira, 11, voltou a assustar os acreanos. Depois de alguns meses com o registro muito baixo de novos casos, o documento informou que em 24 horas o Acre registrou 188 novos casos da Covid-19 e duas mortes provocadas pela pandemia.

Acre

Aleac suspende sessões presenciais e retorna trabalho remoto

Publicado

em

Nesta quarta-feira, 26, a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), baixou a Resolução n° 33/2022, que altera o plano de retorno às atividades presenciais da Casa, suspendendo as sessões presenciais e retomando as remotas em decorrência do aumento no número de infectados tanto pela Covid-19, como pela H3N2.

De acordo com o artigo 2° da Resolução, ficam determinados que o retorno dos trabalhos das sessões ordinárias, extraordinárias, reuniões das comissões permanentes e temporárias, serão feitas em formato remoto (home office), em horários regimentais, às terças-feiras e quartas-feiras.

O trabalho remoto já se inicia após o recesso parlamentar, no caso, dia 1° de fevereiro e vai até o dia 28 do mesmo mês, podendo ser ampliado por um período maior caso o número de infectados siga aumentando.

A Mesa Diretora destaca que o presente ato tem por objetivo estabelecer medidas para fins de prevenção à infecção e à propagação da Covid-19 na Aleac, de modo a preservar a saúde dos deputados, servidores, colaboradores e visitantes. “Será assegurado o funcionamento das atividades parlamentares e legislativas para garantir o exercício das competências constitucionais da Assembleia Legislativa, em atendimento das demandas da Instituição”, diz trecho da nota.

Atualmente, o Acre tem confirmado diariamente mais de 500 casos por dia, tendo registrado 938 novos casos de Covid-19 e 3 mortes em decorrência da doença. Somente em 2022, já morreram 9 pessoas em todo o território acreano.

Continuar lendo

Acre

Brasiléia firma parceria para asfalto e revitalização de rodoviária

Publicado

em

Na manhã de quarta-feira, 26, em Brasileia, a prefeita Fernanda Hassem se reuniu com o secretário de estado de infraestrutura do Acre (SEINFRA) Cirleudo Alencar, onde juntos realizaram o anúncio da parceria para os investimentos no município. A reunião foi realizada no gabinete da prefeita com a presença dos vereadores Elenilson Cruz, Jorge da Laura e do secretário de finanças Tadeu Hassem. 

A prefeita Fernanda Hassem, o secretário Cirleudo Alencar e suas equipes percorreram os cinco bairros que irão ser beneficiados com a massa asfáltica e estiveram vistoriando a rodoviária que será revitalizada.

“Mesmo no inverno o nosso governo tem trabalhado e tendo responsabilidade com todo o estado, estamos aqui na ponta sendo recebidos pela equipe gestora de Brasiléia e trazendo um investimento na ordem de R$ 1.800.000,00. Na parceria vamos estar beneficiando 5 bairros, isso mostra transparência, responsabilidade com a coisa pública e economia”, anunciou o secretário da SEINFRA, Cirleudo Alencar. 

O valor total de massa asfáltica que será disponibilizada para a prefeitura de Brasiléia, são: Mil e quinhentos metros de asfalto e setecentos toneladas de CBUQ. 

A prefeita Fernanda recebeu a notícia com muita alegria e esperança para que consiga realizar o trabalho. “Eu recebo com o coração muito grato e cheio de esperança, esse período é muito delicado tanto para o governo quanto para o município por conta do inverno e a população sofre muito. Por esse motivo convidei o secretário e sua equipe para visitarmos as ruas e ver a forma para iniciar com maior agilidade a operação tapa buracos. Aqui em Brasiléia nós somos movidos pelo trabalho e é importante que as instituições se deem as mãos”, destacou a prefeita Fernanda Hassem. 

Continuar lendo

Acre

Idoso entubado é levado a sala de pacientes com Covid-19 no PS

Publicado

em

A filha do idoso Antônio Alves Brilhante, de 71 anos, ficou revoltada ao saber que o pai, que sofreu cinco Acidentes Vasculares Cerebrais (AVC) no último domingo, 23, foi entubado e internado numa sala com pacientes contaminados pela Covid-19 no Pronto-Socorro de Rio Branco.
De acordo com a filha, a preocupação da família é que o pai tem problema por causa de uma pneumonia e se, for contaminado, pode morrer, afirma Socorro Brilhante. “Como é que fazem uma coisa dessas? Meu pai tem 71 anos e testou negativo para Covid”, argumentou.

Ao ac24horas, a diretora-geral do pronto-socorro, a médica Carolina Pinho, confirmou que o idoso está no mesmo ambiente que pacientes com Covid, mas que os riscos de infecção são quase nulos. “Quando os pacientes estão entubados, o risco de contaminação é muito baixo porque a via aérea está protegida. Os pacientes ficam distantes e por isso a chance de contaminação é perto de zero. Eu entendo a agonia da família, mas nós temos vagas de UTI para todos”, explica.

O idoso havia sido levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Sobral, mas a condição frágil de saúde e os poucos recursos da unidade fizeram com que ele fosse transferido para o Pronto-Socorro da capital acreana.

Continuar lendo

Acre

Rio Acre segue com nível abaixo da normalidade para o período

Publicado

em

Com nível de 7,82 metros na manhã desta quarta-feira (26) na estação de monitoramento de Rio Branco e registrando elevação nos últimos dois dias, o Rio Acre continua com altura abaixo da normalidade para esse período do ano.

O último Boletim do Sistema de Alerta Hidrológico da Bacia do Rio Acre (SAH), emitido no dia 21 de janeiro, previu que até o fim deste mês a tendência era de que o manancial permanecesse em estabilidade.

O boletim é produzido por uma parceria entre o Serviço Geológico do Brasil (CPRM) e a Agência Nacional de Águas (ANA) para a gestão e operação da Rede Hidrometeorológica Nacional.

No entanto, de acordo com o tenente-coronel do Corpo de Bombeiros Cláudio Falcão, coordenador da Defesa Civil Municipal da capital acreana, ainda pode haver transbordamento nesta temporada de chuvas.

“O nível do rio está abaixo do esperado, mas pode sim haver transbordamento, pois ainda temos fevereiro e março de muitas chuvas”, considerou.

Já com relação à previsão de chuvas, o Boletim Hidrometeorológico do Acre, produzido pela Secretaria de Meio Ambiente e Políticas Indígenas (Semapi), indica previsão de chuva com volume acumulado de 50 mm até 75 mm entre os dias 25 e 30 de janeiro.

Nas regionais do Juruá, Tarauacá- Envira e Baixo Acre, os índices acima representam volume de chuvas abaixo do esperado para a época.

Com 7,91 na manhã desta quarta-feira, o Rio Juruá, em Cruzeiro do Sul, também está com nível abaixo do esperado. Na variação dos últimos dois dias, houve elevação de nível.

As plataformas localizadas na Bacia do Rio Purus registraram elevação de nível no último boletim. Na Bacia dos Rios Tarauacá e Envira-Jurupari houve redução.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Content is protected !!