Conecte-se agora

Acre, o paraíso perdido!

Publicado

em

O Acre deveria ser um paraíso. Não apenas pela sua situação geográfica privilegiada. Rios caudalosos, fauna e flora invejáveis, biodiversidade riquíssima, floresta exuberante. Está situado a poucos quilômetros da cordilheira andina onde se localizam os maiores mananciais de água doce do planeta. Povoado por uma gente que fez uma escolha: ser brasileiro. Somos mais de 900 mil habitantes. Entre os quais uma diversidade de etnias e culturas vastas e férteis.

Mas, por que não somos esse paraíso? Por que a maioria das nossas populações vivem sem água potável e sem esgotamento ambiental? Falta emprego, muitos passam necessidades básicas, IDH muito baixo. Por que patinamos na lama do atraso se quase diariamente ouvimos, vemos e lemos sobre os milhões que chegam das emendas parlamentares? São milhões voando sobre nossas cabeças para todos os lados como em um show de TV? Por quê? Porque as demandas dos serviços públicos sempre serão maiores que a oferta. Por isso mesmo, cada centavo é valioso e não pode ser desviado.

Quando se elegeu em 2018 o governador Gladson Cameli (PROGRESSISTA) sonhou com um governo bom e justo. Porém, as disputas políticas, as intrigas palacianas, os interesses inconfessáveis de aliados e partidos destroem qualquer sonho. Qualquer projeto de governança. As denúncias de corrupção agravam ainda mais a situação em cima de uma eleição que se avizinha. Tudo isso acontece porque a política vai mal, muito mal. Quem tem o poder de mudar tudo, (tudo mesmo) é o povo. O governador sabe disso, todos os políticos sabem. O povo pode limpar a eira política com o voto para resgatar o Acre, o paraíso perdido, mas desconhece a força que tem.

. Cerca de 43% dos evangélicos avaliaram no Datafolha que o governo do presidente Lula foi um dos melhores da história.

. O que explica isso?

. A maioria das igrejas prosperaram muito, as pequenas se tornaram médias, as médias maiores, as grandes, mais fortes nos anos do Lula.

. Apesar da corrupção para manter o presidencialismo de coalizão (que a Dilma se recusou a praticar), a economia ia bem.

. O maior erro do Lula foi não fazer as reformas política, tributária, administrativa, da previdência e se juntar com quem não prestava no Congresso Nacional.

. O PT foi corrompido e corrompeu!

. Frustrou, decepcionou!

. Pelo visto, se as pesquisas estiverem corretas, o povo quer dar mais uma chance a Lula.

. Convenhamos, o presidente Jair Bolsonaro trouxe Lula de volta a arena política com chances de derrotá-lo, como se faz isso?

. Agora a culpa é do mundo?

. Faz favor, Coringa!

. “A medida com que que medirdes, vos medirão também”; (Jesus, a sabedoria encarnada) que era desde o princípio.

. Bom dia!

Coluna do Astério

O fim do mundo está próximo?

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Aparições da loira da curva do Tucumã…

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Afinal de contas, o Reino de Cristo é desse mundo ou do outro?

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Bitttar: “Chances de disputar o governo é zero”

Publicado

em

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Content is protected !!