Menu

Sessão da CPI do transporte coletivo que ouviria Marcus e Sawana é cancelada

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

A vereadora e presidente da Comissão Especial de Inquérito (CEI) ou mais conhecida como a “CPI” que visa à fiscalização do setor de transporte público de Rio Branco, Michelle Melo (PDT), comunicou na manhã desta terça-feira, 14, que a CPI que aconteceria pela tarde foi adiada em razão do impasse do Projeto de Lei (PL) do Fundeb.


A CPI ouviria como testemunha o ex-prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre (PT) e a ex-superintendente da RBtrans, Sawana Carvalho, da gestão Socorro Neri (PSB).


A Comissão foi montada com o escopo de investigar as causas dos problemas enfrentados no setor de transporte público em Rio Branco, bem como a condução do contrato de concessão firmado em 2004 com as atuais empresas prestadoras de serviço, mas vem tendo problemas em relação a falta de vereadores da sessão.

Publicidade

Instalada desde o dia 14 setembro, a comissão vem tendo problemas em razão da falta de compromisso de alguns vereadores em comparecer a sessão.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido