Conecte-se agora

Médicos renomados de São Paulo capacitam profissionais de saúde no Acre

Publicado

em

Foto: Sérgio Vale/ac24horas

Na manhã desta sexta-feira, 26, ocorreu no auditório da Livraria Paim, o curso ‘Da Emergência à UTI’, organizado pelo coordenador e médico Marcelo Grando, direcionado à classe médica do Acre visando aprimorar o aprendizado aos pacientes em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

O curso foi promovido pela iniciativa privada e conta com a presença de mais de 100 profissionais. De acordo com o médico Marcelo Grando, a iniciativa foi proposta devido à falta de cursos na área. Segundo ele, a classe foi buscar o que há de melhor no mercado, com os médicos Luciano Azevedo e João Paulo Ladeira. “A gente mora no estado onde os recursos são difíceis, mas nem por isso não precisa dizer que não temos que fazer uma medicina de ponta. A nossa logística é ruim, por ser distante dos grandes centros, muitas vezes o profissional precisa se especializar fora do Acre. Então eu e a doutora Íris, vimos a oportunidade de trazer um especialista que entende do assunto. Não só para médicos, mas para enfermeiros e demais profissionais”, descreveu.

O palestrante, Luciano Azevedo, médico intensivista do Hospital Círio Libanês e professor da Universidade de São Paulo (USP), parabenizou a organização do curso e defendeu a capacitação dos médicos para um melhor atendimento nas unidades de saúde do estado. “A gente tem visto que durante a pandemia houve uma necessidade muito grande de termos uma capacitação dos médicos em relação ao cuidado do paciente em estado grave. Então ter a oportunidade de trazer esse evento para cá e compartilhar conhecimento é muito importante, haja vista que, treinando o pessoal daqui eles vão realizar um atendimento melhor à população do Acre como um todo”.

Azevedo ressaltou que o que salva vidas não são aparelhos de última geração, mas, sim médicos capacitados e que saibam lidar com as diversas situações do dia a dia. “A UTI apesar de ser um lugar que você pensa que precisa ter muita tecnologia, muitos cuidados que damos aos profissionais são padronizados e dá para fazer no Acre, em São Paulo e em qualquer lugar. Se tiver uma equipe treinada, você evita uma série de complicações, que acabam melhorando as condições dele a longo prazo. Não se precisa de grandes tecnologias, não é o equipamento que vai resolver o problema. O que precisa é ter profissionais capacitados”, explicou.

A médica e chefe da Unidade de Terapia Intensiva – UTI do Hospital Santa Juliana, Márcia Vasconcelos, destacou que o curso é de suma importância para os médicos. “Ter uma presença de duas pessoas capacitadas, como Luciano e José Paulo, é muito importante para explicar nossa realidade, e eles nos orientando é muito bom. Parabéns pela organização do curso”, contou.

O médico Fabrício Lemos, disse que é motivo de orgulho a ministração por parte de duas pessoas especialistas na área de urgência e emergência e tratamento intensivo. “Trazer eles aqui é compartilhar conhecimento e informação. Quem vai ser beneficiado é o paciente”.

O médico infectologista Thor Dantas elogiou a capacidade dos médicos João Paulo Ladeira e Luciano Azevedo, especialistas e produtores de pesquisa. “Com isso, cresce a medicina, os médicos”, argumentou.

O médico intensivista é responsável por pacientes em casos graves ou que tenham alto grau de dependência. Sua rotina é movimentada e inclui procedimentos de: intubação endotraqueal e ventilação, traqueostomia percutânea, inserção de drenos, ultrassonografia, cateterização arterial e punção de veia central.

Luciano Azevedo possui graduação em Medicina pela Universidade Federal da Paraíba (1996), residência médica em clínica médica e medicina intensiva pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (1997-1999), doutorado em Medicina pela Universidade de São Paulo (2004) e pós-doutorado em pacientes críticos oncológicos pelo Instituto Nacional de Câncer (2013). Foi presidente do Instituto Latino-Americano de Sepse (ILAS) (2016-2019) e presidente da Sociedade Paulista de Terapia Intensiva (SOPATI) (2018-2019). Atualmente é professor livre-docente de Emergências Clínicas da Universidade de São Paulo, Superintendente de Ensino do Sírio-Libanês Ensino e Pesquisa, orientador permanente da Pos-graduação Strictu Senso do Hospital Sirio-Libanes, Coordenador da Pos-graduação Latu Senso (especialização) em medicina intensiva do Hospital Sírio-Libanês, membro do comitê cientifico da Rede Brasileira de Pesquisa em Terapia Intensiva (BRICNet – www.bricnet.org) e da Rede Latino-Americana de Pesquisa em Terapia Intensiva (LIVEN – www.redliven.org). Tem experiência na área de clínica médica, com ênfase em medicina intensiva e medicina de emergência.

João Paulo Ladeira é graduado em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Cursou residência de Clínica Médica e Medicina Intensiva no Hospital das Clínicas – FMUSP. Concluiu MBA em Gestão das Organizações de Saúde pela Faculdade Instituto de Administração – FIA. Foi médico assistente na UTI de Clínica Médica da Disciplina de Emergências Clínicas – FMUSP de 1999 até 2016. Foi médico do PA-Hospital Sírio Libanês de 2000 a 2003. Foi coordenador médico da UTI e dos projetos ligados ao ProADI-SUS do Hospital Alemão Oswaldo Cruz. Tem experiência nas áreas de Medicina Intensiva e Urgência, Gestão em Qualidade e Segurança do Paciente, Pesquisa Clínica e Ensino Médico. É diretor técnico e editor do sítio de conteúdo médico www.medicinanet.com.br. É médico da UTI do Hospital Sírio-Libanês desde 2003 e Médico do Pronto Atendimento – Hospital Israelita Albert Einstein – Unidade Ibirapuera desde 2016.

Fotos de Sérgio Vale:

Acre 01

Into volta a lotar com pacientes à procura por exames e atendimentos para Covid-19

Publicado

em

O Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Acre (Into-AC) em Rio Branco voltou a registrar aumento na procura por exames e atendimentos de pessoas com suspeita de Covid-19.

A reportagem do ac24horas esteve na manhã deste sábado, 15, e registrou centenas de pessoas, entre idosos, crianças aguardando o atendimento que, segundo informações, está demorando cerca de 5 horas.

No início da semana, o o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, decretou situação de emergência na capital devido ao aumento de casos de gripe e também Covid-19, mesmo sem ter dados exatos sobre esse aumento, em seguida, o governador Gladson Cameli também resolveu tomar a mesma medida.

No interior do Acre, também é registrada superlotação por internações de casos de síndrome gripal nas unidades do interior e da capital, com aumento na taxa de internação de até 120%. Dados da saúde do Estado aponta que nos primeiros dias do ano, mais de 1.100 novos casos de Covid-19 foram registrados em todo o território acreano.

A reportagem tentou contato com a direção do hospital, no entanto, devido ao grande número de pessoas, não pode dar maiores informações sobre a superlotação.

Veja o vídeo gravado ao vivo:

Continuar lendo

Acre 01

Gladson faz visita a Jéssica em São Paulo e deseja sucesso na recuperação da parlamentar

Publicado

em

A deputada federal Jéssica Sales (MDB), que faz tratamento contra um câncer de mama em São Paulo, recebeu na sexta-feira, 14, a visita do governador Gladson Cameli (Progressistas) que resolveu prestar solidariedade e apoio ao tratamento da parlamentar na sexta-feira, 14.

Gladson, em suas redes sociais desejou sucesso na recuperação de Sales. “Estive visitando minha querida amiga, a deputada Federal, Jéssica Sales e sua família. Estamos torcendo pela sua recuperação”, escreveu.

Também em suas redes sociais, Jéssica agradeceu o apoio do governador Gladson Cameli e se disse emocionada com a surpresa. “Meus queridos, que noite especial! Recebi a pouco a visita surpresa do meu primo governador, Gladson Cameli. Fiquei muito feliz e emocionada. O verdadeiro sentimento é aquele que expressamos em ações e pequenos gestos! Seguiremos firmes, unidos e fortes! Com Deus no controle e guiando nossos passos”, comentou.

Inclusive, recentemente, a parlamentar já realizou a primeira cirurgia para a instalação do chamado “Port-A-Cath”, um cateter.

Continuar lendo

Acre 01

Tomate conta que teve encontro com Espírito Santo e afirma que teria pego pênalti na Copinha

Publicado

em

Depois da eliminação do Andirá na Copa São Paulo de Futebol Júnior, o goleiro Eduardo da Silva, o Tomate, voltou para Rio Branco, no Acre e participou do CipóPodcast do ac24horas na sexta-feira, 14, e afirmou que se o técnico Kinho Brito não tivesse lhe tirado do jogo contra o Atlético Mineiro, ele havia pegado a penalidade.

Tomate, fez questão de explicar as razões pelas quais faria a defesa, além de mais uma vez, dizer que o técnico Kinho não foi o vilão da história que lhe rendeu milhares de seguidores. “Eu poderia ter pegado o pênalti, mas quando Deus escreve as coisas. Mas eu pegaria o pênalti, eu tava no calor do jogo, já estava concentrado mesmo antes do jogo. Quando é um canhoto, se ele se inclinar muito ele não bate do teu lado, vai bater no lado oposto que é o de segurança dele. Então, ele estava muito inclinado, eu pular pro lado direito, eu ia pagar”, declarou.

Sobre a fama repentina nas redes sociais e que ganhou destaque nacional nos principais jornais do país, o goleiro revelou que foi tocado pelo Espírito Santo de Deus antes da segunda rodada da Copinha. “Eu cheguei a falar que esses 45 minutos de jogo iria mudar minha vida e nesse momento o Espírito Santo me tocou. Não tem como explicar, a gente tem que sentir a experiência de Deus, dali vinha no meu coração que só bastava eu confiar”, relembrou.

A decisão de tirar foi do treinador, a gente obedece apenas mas, antes ele já havia dito que eu jogaria um tempo e o Carlos o outro. Inclusive, antes do jogo ele falou, espero que vocês brilhe amanhã”, contou.

No entanto, mesmo fora do jogo, ele achou que seu substituto faria a defesa, pois segundo ele, Carlos tinha um histórico melhor nas cobranças de pênalti. “O Carlos tem um histórico melhor. As vezes ele acha que eu pego no pé dele, mas eu digo que é porque eu quero te ver voando no Real Madrid, ou futebol acreano”.

Eduardo resolveu abrir o jogo sobre o futuro profissional, segundo ele, surgiram opções de empréstimos, mas nada com valores astronômicos + linguagem usada no futebol para justificar um grande salário. Além disso, Tomate se diz esperto em relação a malícia dos empresários. “Querendo ou não, alguns tem maldade e cresce o olho”, ressaltou.

Por fim, apesar de ser torcedor do Flamengo, o goleiro, destaque da Copa São Paulo de Futebol Júnior, disse que não pensa em atuar em time de coração. “Pra mim time do coração é o que você está jogando e que te paga em dia”, encerrou.

Veja o  vídeo:

video
Continuar lendo

Acre 01

Sindicato confirma que dezenas de unidades de saúde não têm farmacêuticos em Rio Branco

Publicado

em

O Sindicato dos Farmacêuticos do Estado do Acre (SINDIFAC) divulgou uma nota afirmando que a fiscalização do Conselho de Medicina numa Unidade de Saúde da Família, que descobriu, entre outras irregularidades, a falta de farmacêutico, só confirmou o que o sindicato e o Conselho Regional de Farmácia (CRF-AC) já identificaram e que, segundo a entidade, vêm solicitando há anos concurso público para suprir o déficit de farmacêuticos na rede municipal.

A  nota afirma que lei nº 13021/2014 estabelece no capítulo II, Artigo 5 das atividades farmacêuticas, quase farmácias de qualquer natureza requerem, obrigatoriamente, para seu funcionamento, a responsabilidade e a assistência técnica de farmacêutico habilitado na forma da lei.

“O que se observa são inúmeras unidades de saúde sem a responsabilidade técnica do farmacêutico e isso só traz danos à população porque ele é o único profissional da área da saúde que está habilitado a dispensar e a realizar a Atenção Farmacêutica orientando o paciente quanto ao uso, dosagem, as interações medicamentosas, além disso, sua ação evita o desperdício de medicamentos, e consequentemente, os recursos financeiros para aqueles municípios que descumprem o preconizado em Lei”, explica o Sindifac em nota.

O sindicato afirma que solicita que as unidades de saúde que possuem farmácias tenham a supervisão farmacêutica para evitar os diversos problemas encontrados na rede de saúde pública.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Content is protected !!