Conecte-se agora

‘Vem mais aumento de combustível aí’, anuncia Bolsonaro

Publicado

em

Depois de acenar aos caminhoneiros com um auxílio diesel ainda sem valor oficial divulgado, o presidente Jair Bolsonaro disse que os combustíveis devem ter novo aumento nos próximos dias. O anúncio foi feito a apoiadores em frente ao Palácio do Alvorada nesta sexta-feira 22.

“Vem mais aumento de combustível aí. Brent [petróleo bruto] tá subindo, dólar também”, disse o presidente aos bolsonaristas.

Antes, o ex-capitão havia tentado justificar a alta no diesel atribuindo o aumento do preço a refinarias implantadas nas gestões do PT.

“Quem matou o Brasil foram aquelas três refinarias em que se gastou quase 200 bilhões e não fez nada”, disse. Em seguida afirmou que já vendeu duas, destacando que seu governo agora importa 30% do óleo diesel usado no Brasil em vez de refinar.

“Nós importamos 30% do diesel. Mas os caras planejaram aquelas três [refinarias] pra meter a mão”, afirmou, tentando tirar sua responsabilidade pela alta no preço.

Aos apoiadores, Bolsonaro não comentou sobre o auxílio diesel que pretende dar aos caminhoneiros autônomos. A informação preliminar é de que o benefício seja de 400 reais e comece a ser pago apenas em dezembro. A oferta é uma tentativa de conter a greve da categoria marcada para o dia 1º de novembro. A ajuda, no entanto, foi considerada uma ‘piada de mau gosto’ por lideranças que organizam a paralisação, que garantiram que a greve está mantida.

Com a atual gestão, a chamada inflação do motorista disparou em outubro e já é a maior desde o governo de Fernando Henrique Cardoso. A alta é puxada justamente pelo preço dos combustíveis.

Fonte: Carta Expressa

Destaque 6

Tebet sinaliza apoio a Lula caso não chegue ao segundo turno

Publicado

em

Por

A pré-candidata à Presidência Simone Tebet (MDB) afirmou que, caso a sua candidatura não chegue ao segundo turno das eleições, escolherá estar no “palanque que defende a democracia”, indicando que pode apoiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para o Planalto.

“Eu não estarei assistindo na sala, na frente de uma TV. Eu estarei em um palanque eleitoral defendendo a democracia e defendendo as propostas que possam efetivamente tirar o país dessa vergonhosa estatística de ser um dos países mais desiguais do mundo”, disse a senadora nesta segunda-feira, 20, em sabatina promovida pelo portal G1.

A sinalização do eventual apoio a Lula fica clara diante do histórico de posicionamentos da senadora, que ganhou destaque nacional atuando na CPI da Covid. Ela já disse que o presidente Jair Bolsonaro “namora com o autoritarismo” e, em entrevista ao Estadão em dezembro de 2021, quando questionada sobre suas opiniões sobre o petista e o atual presidente, a parlamentar afirmou que “a única coisa diferente é que um é democrata e o outro, não”.

Contudo, Tebet afirmou que acredita na possibilidade de crescer nas pesquisas até outubro e chegar ao segundo turno. Em sua participação no podcast Estadão Notícias desta segunda-feira, 20, ela falou sobre seu plano para conquistar o eleitorado.

Ciente do desafio de tornar seu nome competitivo, a emedebista pretende abrir canais de diálogo com os demais nomes do centro político e vê espaço para uma aproximação com Ciro Gomes. “Não quero palanque exclusivo. Quero espaço de fala”, afirmou ao Estadão. “Essa é uma eleição de dois rejeitados e que tem uma franja muito grande de eleitores que buscam alternativa”.

Ao G1, a senadora reiterou que o projeto eleitoral da terceira via, que é representado pelo seu nome e vem da união do MDB, PSDB e Cidadania, tem o intuito de “pacificar” o país diante da polarização Lula-Bolsonaro.

“Essa polarização política não só está fazendo mal para o Brasil, mas está levando o país para o abismo”, declarou. “Nós temos condições de nos apresentar ao Brasil como a única alternativa capaz de pacificar o Brasil”, completou.

Continuar lendo

Destaque 6

Avião com Neymar faz pouso não programado em Boa Vista

Publicado

em

Por

O avião que trazia o jogador Neymar dos Estados Unidos para São Paulo precisou fazer um pouso não programado na madrugada desta terça-feira (21) no Aeroporto Internacional de Boa Vista, capital de Roraima. Por volta das 12h30 (horário de Brasília), a aeronave dele ainda estava parada na pista.

O pouso ocorreu por conta de um problema no para-brisa, apurou o ge.com. Para evitar risco de despressurização, a aeronave desviou a rota original e pousou por volta das 2h desta terça-feira no aeroporto da cidade e segue no local.

Estavam a bordo do avião, além de Neymar, a namorada dele, Bruna Biancardi, a irmã, Rafaella, e alguns amigos. Todos passaram a noite em Boa Vista e seguirão nas próximas horas para São Paulo.

Servidores do aeroporto disseram ao g1 que há a informação de que um jatinho partiu de São Paulo rumo a Boa Vista para buscar o atacante do PSG na cidade. O aeroporto não divulgou informações sobre o caso e orientou procurar a equipe do jogador.

Pelo sistema de monitoramento Flight Radar, o avião do jogador saiu de Las Vegas, passou pela Flórida, Barbados e, depois, aterrissou em Boa Vista.

Nas redes sociais, a tag “avião do Neymar” ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter. Perfis de fãs do jogador publicaram fotos nas quais o brasileiro aparece junto a funcionários que seriam do aeroporto de Boa Vista.

Continuar lendo

Destaque 6

ICMbio define quatro reservas do Acre como unidades de difícil acesso

Publicado

em

O Ministério do Meio Ambiente definiu nesta terça-feira (21) as unidades organizacionais de difícil acesso do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

A portaria publicada no Diário Oficial da União define unidade organizacional de difícil acesso aquela sediada em município com distância relevante de centros urbanos ou, ainda que possua dificuldade de acesso por vias de transportes usuais; localizada em áreas de fronteiras; ou localizada fora do continente, em ilhas ou arquipélagos.

Nesse contexto, o Acre possui quatro unidades de difícil acesso: Reserva Extrativista do Médio Juruá, Núcleos de Gestão Integrada ICMBio – Sena Madureira e Cruzeiro do Sul, e Estação Ecológica do Rio Acre.

Segundo a medida, o servidor público efetivo, empregado público ou ocupante exclusivo de cargo em comissão em exercício em unidade organizacional de difícil acesso terá direito, a cada 55 dias de efetivo trabalho, a um período de abono de 5 dias úteis consecutivos, não cumulativos, usufruídos de acordo com a conveniência da administração.

https://in.gov.br/web/dou/-/portaria-n-491-de-15-de-junho-de-2022-408914398

Continuar lendo

Destaque 6

Presidente da Petrobras pede demissão da companhia

Publicado

em

Por

O presidente da Petrobras, José Mauro Coelho, anunciou a renúncia ao cargo na manhã de hoje. A nomeação de um presidente interino será examinada pelo Conselho de Administração da companhia. A informação foi confirmada pela estatal por meio de comunicado.

A demissão ocorre após uma escalada de críticas feitas pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) e o presidente da Câmara, Arthur Lira (PL), à estatal, que anunciou, durante o feriado, novos aumentos no preço da gasolina e do diesel para as distribuidoras.

Após o anúncio dos novos valores, Bolsonaro defendeu a criação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar a Petrobras, seus diretores e conselheiros.

“Nossa ideia é propor uma CPI para investigar a Petrobras, seus diretores e os membros do Conselho. Queremos saber se tem algo errado nessa conduta deles, porque não é possível se conceder um reajuste com o combustível lá em cima e com os lucros exorbitantes”, disse, em entrevista à Rádio 96 FM de Natal, na última sexta (17).

Segundo o chefe do Executivo, seus aliados no Congresso devem pedir a abertura do inquérito ainda nesta segunda-feira (20). A proposta ganhou apoio também entre políticos da oposição ao governo.

“Conversei ontem com o líder da Câmara [deputado Ricardo Barros] para a gente abrir uma CPI segunda-feira. Vamos para dentro da Petrobras”, disse. “É inadmissível, com uma crise mundial, a Petrobras se gabar dos lucros que tem”, acrescentou.

Petrobras sobre mudança na Administração

Petróleo Brasileiro S.A – Petrobras, informa que o senhor José Mauro Coelho pediu demissão do cargo de presidente da empresa na manhã de hoje. A nomeação de um presidente interino será examinada pelo Conselho de Administração da Petrobras a partir de agora.

Fatos considerados relevantes serão prontamente comunicados ao mercado

Mais informações em instantes

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!