Conecte-se agora

Hospital Universitário do Acre: MEC garante sua manutenção se construção se efetivar

Publicado

em

De todos os 26 estados e o Distrito Federal que formam a federação brasileira, somente o Acre, Rondônia e Roraima, todos da Região Norte, não possuem Hospital Universitário. No artigo de hoje, vamos destacar as vantagens que teremos com a construção dessa grandiosa unidade hospitalar que trará avanços significativos na nossa saúde pública, além de movimentar, via investimento, o setor da construção civil, gerando empregos tão necessários neste momento de crise.

O Projeto do Hospital Universitário (HU), foi uma decisão da UFAC validada junto à comunidade universitária, estando previsto no Planejamento Estratégico da UFAC 2014-2023 e no presente, no Plano Plurianual do Governo Federal. Objetiva oferecer à sociedade acreana mais uma opção de cuidados em saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde, além de um ambiente privilegiado para o ensino, pesquisa e extensão universitários, qualificando ainda mais discentes, docentes e técnicos da área de saúde. Foi concebido a partir da identificação das necessidades de saúde da população acreana, complementando-se ao reconhecido esforço do poder público na oferta de serviços de saúde. Nasce com o compromisso de ampliar o acesso aos serviços de saúde, unindo-se aos esforços já existentes nesta área sensível e fundamental na vida de todos. O HU do Acre será o único hospital federal do estado.

 O projeto de engenharia e arquitetura já está pronto, local escolhido, portanto pronto para licitar. Será localizado no campus Rio Branco da UFAC, localizado na BR-364. Seguem mais detalhes do HU:

– O HU será construído em 2 etapas, com área final de área construída correspondente a aproximadamente 41.000 m²;

– Em pleno funcionamento, o hospital mobilizará 3.000 empregos diretos para o seu funcionamento;

– Funcionará com 60 consultórios médicos;

– Contará com 11 salas para centro cirúrgico; 

– Capacidade de realizar em seu ambulatório mais de 245.000 consultas/ano;

– Realizar em seu Centro Cirúrgico mais de 9.000 cirurgias/ano;

– Capacidade de internar 280 pacientes em apartamentos ou enfermarias;

– Capacidade para internar 40 pacientes em Unidades de Terapia Intensiva;

– Manter 108 pacientes permanentemente em hemodiálise;

– Oferecer tratamento oncológico em serviços de Radioterapia e Quimioterapia;

– Disponibilizar um Centro de Diagnóstico por Imagens de alta resolução, dentre outros serviços de saúde.

No Acre, o setor público responde por mais de 90% dos atendimentos ambulatoriais e hospitalares. O HU nasce para ampliar o acesso a esses serviços de saúde já existentes, unindo-se aos governos estadual e municipais nesta área tão sensível e fundamental na vida de todos. O HU também fortalecerá sobretudo as atividades acadêmicas dos cursos na área de saúde da Universidade Federal do Acre, seja no nível de qualidade de formação dos novos profissionais, seja no fortalecimento de sua capacidade de interação direta com a sociedade. Conforme o UFAC em números, no segundo semestre de 2019, somente os cursos de medicina (434), Enfermagem (229), Nutrição (242), Saúde Coletiva (146) e Psicologia (195), para citar somente aqueles mais diretamente ligados à área da saúde, totalizando quase 1.250 alunos que seriam beneficiados e estariam disponíveis para serem capacitados no HU. Sem esquecer que outros cursos, como: Educação Física, Economia, Direito, Ciências Sociais, por exemplo, também se beneficiarão do HU.

O que falta para a construção do HU do Acre

Faltam os recursos financeiros para a construção do HU do Acre. O projeto que, repito, está pronto para ser licitado, está orçado em R$ 252 milhões em infraestrutura e equipamentos. A expectativa é de iniciar as obras em 2022. Para tanto, são necessários R$ 50 milhões. Temos acompanhado o intenso trabalho de sensibilização junto à bancada federal de parlamentares acreanos, feito pela Administração Superior da UFAC. A bancada, parece sensibilizada, ainda mais porque o HU do Acre continua inserido no atual Plano Plurianual do Governo Federal (PPA) 2020-2023. 

Outro apoio fundamental tem sido do Governador Gladson Cameli, que se mostrou entusiasmado pelo projeto do HU, comprometendo-se em ajudar por meio de tratativas junto ao Governo Federal, visando o necessário apoio financeiro para sua concretização. No dia 05 de outubro, a administração superior da UFAC, e o governador do Acre, Gladson Cameli (PP), reuniram-se com o ministro da Educação, Milton Ribeiro, em Brasília, para discutirem a implantação do HU do Acre. Encontro que também contou com a participação e o apoio dos senadores Sérgio Petecão (PSD-AC) e Mailza Gomes (PP-AC), além do deputado federal Alan Rick (DEM-AC). (http://www.ufac.br/site/noticias/2021/ufac-e-governo-do-ac-buscam-apoio-para-hospital-universitario). 

Na reunião, o Ministério da Educação garantiu os recursos para manutenção do hospital (veja comentários no próximo parágrafo), porém os recursos para a construção ainda não foram disponibilizados. Precisam ser alocados através de emenda parlamentar, ou através de um outro tipo dentro do Orçamento Geral da União. Pela grandeza e importância da obra, acreditamos que a bancada federal e o Governador Gladson não medirão esforços para ajudar na alocação os recursos necessários para que as obras do HU já possam ser iniciadas no próximo ano.

Recursos para manutenção do HU do Acre já foram assegurados pelo Ministério da Educação

Após a reunião com o Ministro da Educação, no outro dia (06/10) a administração superior da UFAC cumpriu agenda com o presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), Oswaldo Ferreira. A Ebserh é uma empresa pública vinculada ao Ministério da Educação (MEC), com a finalidade de prestar serviços gratuitos de assistência médico-hospitalar, ambulatorial e de apoio diagnóstico e terapêutico à comunidade, assim como prestar às instituições públicas federais de ensino ou instituições congêneres serviços de apoio ao ensino, à pesquisa e à extensão, ao ensino-aprendizagem e à formação de pessoas no campo da saúde pública. A Ebserh administra atualmente 43 hospitais universitários e possui a expertise necessária nessa área. (http://www.ufac.br/site/noticias/2021/reitora-da-ufac-cumpre-agenda-em-brasilia-sobre-futuro-do-hu).

A pauta do encontro, que ocorreu na sede da Ebserh, em Brasília, girou em torno de ações futuras para a administração do HU do Acre. Ficou definido na reunião que será firmado protocolo de intenções visando apoiar a UFAC e para planejamento das ações para o funcionamento do futuro HU. No protocolo com a Ebserh, ficará assegurado que após a construção do HU, será disponibilizado de R$350 a R$400 milhões por ano para a manutenção do HU do Acre. Este valor assegurado, corresponde a quase de 60% do valor gasto pelo governo do Acre de seus recursos de impostos e transferências com saúde em 2020, cerca de R$ 683 milhões.

A UFAC é um patrimônio do Povo do Acre

Com mais de 57 anos de existência, a UFAC é um patrimônio do povo do Acre. Tive o prazer de ser um dos milhares de acreanos formados pela nossa querida instituição de ensino superior, a única pública do nosso Acre. Hoje conta com 03 Campi: Campus Sede em Rio Branco/AC; Campus Floresta em Cruzeiro do Sul/AC e Campus Fronteira do Alto Acre, em Brasiléia/AC. E 04 Núcleos: Xapuri, Sena Madureira, Feijó e Tarauacá. Porém, sua atuação cobre todo nosso território formando acreanos nas mais longínquas localidades do Acre. Conforme dados colhidos no documento UFAC (http://www.ufac.br/site/ufac/proplan/ufac-em-numeros/ufac-em-numeros-2020.pdf/view) em números de 2020, destaco alguns que julgo da maior importância serem citados:

Concluindo, o Hospital Universitário não é da UFAC. O Hospital Universitário é do povo do Acre. É dever de todo cidadão acreano, ou de nascimento ou por opção, abraçar essa causa. Não perdemos perder essa oportunidade ímpar para fortalecer a saúde, fixar recursos humanos na região e ampliar o giro de recursos na nossa economia. Força aos nossos políticos e governantes para que conquistemos esse patrimônio para a saúde pública do Acre.


Orlando Sabino escreve às quintas-feiras no ac24horas 

Cotidiano

Justiça decide que governo tem 45 dias para apresentar projeto de implantação de CEI

Publicado

em

Continuar lendo

Acre 01

Com direito a moqueca e carne de sol, PP convida deputados para chapão da morte em 2022

Publicado

em

Continuar lendo

Acre

Expo Dubai, biodiversidade e o Parque Tecnológico do Acre

Publicado

em

Por

Continuar lendo

Cotidiano

Corpo de jovem que se afogou no Rio Acre é resgatado por bombeiros em Brasiléia

Publicado

em

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas