Conecte-se agora

Manoel Urbano é a cidade com maior cobertura vacinal no Acre

Publicado

em

O Estado do Acre está com uma média de 82,38% de cobertura vacinal com as duas doses contra a Covid-19 já aplicadas. Segundo o governo do estado, o município Manoel Urbano é o que possui o maior índice até o momento, com 97,52%.

Acrelândia e Rio Branco também estão com alto percentual de vacinação, com 89,16% e 82,47%, respectivamente. Na maioria das cidades acreanas a média de imunização é de 80%.

Nos municípios com os menores percentuais, como é o caso de Capixaba, a coordenação do Programa Nacional de Imunização (PNI) garante que irá intensificar as ações, que vão desde oferecer comodidade na disponibilidade das vacinas até a conscientização das pessoas sobre a importância de procurar se vacinar com as duas doses.

“Estamos unindo forças para que juntos consigamos vacinar os acreanos, protegê-los contra a forma grave da Covid-19 e outras mutações”, destacou a secretária de Estado de Saúde, Paula Mariano.

O Acre recebeu nessa terça-feira, 28, do Ministério da Saúde, um total de 12.940 doses de vacina contra a Covid-19, sendo 8.190 produzidas pela farmacêutica Pfizer, e 4.750 da Fiocruz/AstraZeneca. Os imunizantes foram distribuídos para os 22 municípios para dar continuidade à campanha de vacinação contra a Covid-19, iniciada em janeiro no estado.

Acre

Em Brasiléia, Rio chega a 12,20 metros e deixa desabrigados

Publicado

em

A chuva intensa que atinge as cidades do Acre também afeta o interior do estado. Na cidade de Brasiléia, o Rio Acre transbordou e atingiu a cota de 12,20 metros neste domingo, 26.

Devido a grande cheia do manancial, a famosa Praça do Seringueiro, Hugo Polo, acabou sendo inundada, além disso, ruas e avenidas estão submersas. A cota de alerta no município é de 9,8 metros e a de transbordo,11,4 metros. Segundo dados da Defesa Civil local, 8 bairros foram atingidos e mais de 32 famílias precisaram ser retiradas de casas e foram para abrigos.

Ao todo, são 88 pessoas desabrigadas. Na região, a Escola KJK está funcionando como abrigo na cidade.

Continuar lendo

Acre

Enchente interdita Avenida Sobral na capital acreana na tarde de hoje

Publicado

em

A Avenida Sobral que faz àa ligação à uma das regiões mais populosas da capital acreana está interditada.

Servidores da RB Trans estão no local para fazer interdição por medida de segurança, já que o volume da água pode provocar acidentes na região.

Com o aumento do nível do Rio Acre, a água transbordou e alaga a via de acesso aos bairros Sobral, Aeroporto Velho, Bahia, Palheiral, entre outros. Se o volume de água continuar crescendo os moradores das ruas próximas do bairro João Eduardo também começarão a ser afetadas e o número de desabrigados pode aumentar consideravelmente na capital acreana.

Continuar lendo

Acre

Autoridades presenciam cenário de guerra com cheia na capital

Publicado

em

A equipe ministerial do governo Lula formada por Marina Silva (Meio Ambiente)e Waldez Góes (Desenvolvimento Regional) realizou uma visita ao bairro Conquista, em Rio Branco, local que foi duramente atingido pela cheia do igarapé São Francisco nos últimos dias.

Juntamente com o governador Gladson Cameli e o prefeito Tião Bocalom, a ministra Marina presenciou o cenário de destruição de boa parte das famílias atingidas e revelou que a situação é catastrófica e voltou a garantir ajuda do governo federal às famílias. Segundo a acreana, as cheias tendem a se repetir cada vez mais devido a falta de cuidado com a natureza. “Isso de repete ano após ano e o presidente Lula já está tomando todas as providências necessárias tanto para as medidas emergências e depois estruturantes”, comentou.

Silva garantiu que o governo do Estado e a prefeitura de Rio Branco precisam realizar projetos para a reconstrução de ruas e casas danificadas. “Precisamos dar essa socorro e criar medidas para remover essas pessoas de locais sensíveis à ação da natureza”, declarou.

Já o ministro do desenvolvimento regional, Waldez Góes, se mostrou perplexo com o desastre ambiental na capital e sem revelar valores, prometeu recursos para o poder público. “Temos que reconstruir as casas e amenizar os impactos da cheia aqui no Acre”, reforçou.

Um dos moradores da região, identificado por Júnior, contou que a perda da maioria da população, cerca de 500 famílias, foi geral. “Quase todo mundo aqui perdeu tudo, infelizmente, precisamos de ajuda para reconstruir a vida e de água para limpar as coisas”, mencionou.

O governador Gladson Cameli, disse que a situação merece toda a atenção do governo. “Vamos resolver esse problema, ajudando as famílias que, infelizmente, perdeu tudo com as cheias. Essa vinda do governo federal é de fundamental importância para isso”, garantiu.

Continuar lendo

Acre

Aos prantos, mãe de três filhos que perdeu casa relata: “perdi tudo”

Publicado

em

A moradora do bairro Conquista, em Rio Branco, Janaína Oliveira Silva, 27 anos, fez um duro desabafo à cúpula do governo do Estado e Federal na manhã deste domingo, 26, relatando que a cheia do igarapé São Francisco ocasionou a derrubada da sua residência e de todos os seus bens materiais.

Segundo Oliveira, devido a catástrofe, ela e seus filhos, sendo um autista, ficaram desabrigados e sem alimentação. “Estamos sem teto, na casa de um e de outro jogados. Eu perdi tudo, não tenho nada”, comentou.

Após ouvir o clamor da moradora, o governador Gladson Cameli (PP) conversou com Janaína e garantiu que sua situação será solucionada. “Não chore, seu caso será resolvido”, garantiu.

Ao lado do prefeito Tião Bocalom, o ministro Waldez Góes, reforçou as palavras do chefe do executivo. “Sua casa será reconstruída”, declarou.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas