Conecte-se agora

Após atos de 7 de Setembro, caminhoneiros bolsonaristas bloqueiam estradas pelo país

Publicado

em

Um dia após os atos antidemocráticos de 7 de Setembro, caminhoneiros que são a favor do governo do presidente Jair Bolsonaro e contra os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) promovem manifestações e bloqueiam rodovias de 13 estados do país nesta quarta-feira (8), causando transtornos e atrasos em cargas.

Na maioria dos locais, apenas carros pequenos, veículos de emergência e cargas de alimentos perecíveis estão tendo o trânsito liberado pelos manifestantes.

No boletim das 22h30, o Ministério da Infraestrutura informou que, com base em informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), eram registrados pontos de concentração “com abordagem a veículos de cargas” em 13 estados. Outros três estados também registravam pontos de manifestações, mas os atos eram liderados por outros grupos.

Os estados com registro de manifestação eram: Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Mato Grosso, Goiás, Bahia, Minas Gerais, Tocantins, Rio de Janeiro, Rondônia, Maranhão, Roraima, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Pará.

Em nota, o ministério informou que há apenas uma interdição de pista, no estado de São Paulo. A pasta também disse que “a região Sul concentra neste momento 55% das ocorrências registradas.”

Locais dos protestos

Em Santa Catarina, foram registrados pontos de bloqueio em cinco rodovias: BRs 282, 101, 116, 280 e 470. Na primeira delas, já não havia restrições às 16h desta quarta-feira.

No Rio Grande do Sul, eram registradas 11 mobilizações em nove rodovias federais e estaduais. No estado, uma manifestação de indígenas também prejudica o trânsito na BR 386. Neste protesto, o tráfego é interrompido e liberado a cada 30 minutos.

Na Bahia, os protestos aconteciam na BR-242, próximos às saídas de Luís Eduardo Magalhães e Barreiras.

No Maranhão, a manifestação ocorria na BR 230, próximo à saída da cidade de Riachão. Além de apoiar os atos do 7 de Setembro, os caminhoneiros no local também pedem a redução de impostos sobre o preço dos combustíveis.

No Tocantins, o bloqueio ocorria na BR-153, em Araguaína, no norte do estado. Os manifestantes permitiam apenas a passagem de veículos pequenos.

No Espirito Santo, há pontos de concentração de caminhoneiros nas rodovias BR-101, BR-262, BR-447 e BR-482, mas sem interdições.

No Triângulo Mineiro e Noroeste de Minas Gerais, caminhoneiros fecharam parcialmente algumas rodovias. De acordo com apuração feita pela TV Integração, atos estão ocorrendo em Araporã, Uberlândia, Uberaba e Paracatu.

Apenas caminhões estão parados e o trânsito de veículos leves está liberado. Não há registro de bloqueio total.

Além desses estados, houve registro de protestos também no Paraná, Mato Grosso e na região de Ourinhos, em São Paulo.

Destaque 4

Jovem de 19 anos morre vítima de capotamento no Acre; cinco ficaram feridos

Publicado

em

A jovem Nicole Santos,  de apenas 19 anos, morreu vítima de um acidente de trânsito na madrugada deste domingo, 16, na Vila São Pedro, situada em Cruzeiro do Sul. Segundo testemunhas, o  carro em que ela estava capotou várias vezes e Nicole foi  arremessada para fora do veículo, vindo a falecer no momento do acidente.

Seis pessoas estavam no carro. Destas, quatro foram levados para o Hospital do Juruá. Um ficou internado com ferimentos graves e três foram liberados.

Esta é a terceira morte no trânsito de Cruzeiro do Sul este ano. Um óbito  também foi registrado  na passagem do ano no município.

Veja o vídeo:

Continuar lendo

Destaque 4

Acusado de atropelar e matar bancário ganha liberdade provisória em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

O servidor público de Mâncio Lima, Verônico Ferreira de Negreiros, conhecido como Einha, acusado de matar atropelado o bancário Gerlando Mendes na última sexta-feira, 14, em Cruzeiro do Sul, foi liberado da prisão em flagrante na tarde desse sábado, 15,  durante audiência de custódia. A juíza Adamarcia Machado concedeu a liberdade provisória, mas suspendeu o direito do homem dirigir e determinou o recolhimento domiciliar  noturno, entre outras medidas.

Einha, que é  chefe da limpeza pública do município de  Mâncio Lima, dirigia o carro da prefeitura e chegava a Cruzeiro do Sul quando aconteceu o acidente. Ele se evadiu do local sem prestar socorro à vitima e foi preso em flagrante na casa de um irmão pelo delegado José Obetânio, horas depois do fato já em Mâncio Lima.

Um vídeo mostra o momento do acidente no início da Rodovia AC-405.   Dirigindo um caminhonete Amarok, Verônico  ultrapassa um caminhão e pega a moto do bancário de frente matando o homem na hora.

A assessoria de comunicação da prefeitura de Mâncio Lima lamentou o fato, se solidarizou à família e disse que daria toda a assistência necessária à família de Gerlando e que vai colaborar com a apuração dos fatos.

Continuar lendo

Destaque 4

Ao UOL, Gladson confirma falha na entrega de vacinas da Covid: “lote chega neste sábado”

Publicado

em

O governador do Acre, Gladson Cameli (Progressistas), foi escolhido do programa de análise política Uol News, transmitido no canal do Youtube nesta sexta-feira (14). Cameli foi convidado para falar sobre a pandemia que voltou a assolar o estado, os altos preços de combustíveis nos municípios acreanos e toda a região e também sobre as recentes investigações de corrupção envolvendo a gestão estadual.

De início, o governador comentou sobre o problema no recebimento do primeiro lote com vacinas contra a Covid-19 direcionada às crianças. Estava previsto que o Ministério da Saúde entregasse na madrugada dessa quinta (13) pouco mais de 7 mil doses da Pfizer, no entanto, o imunizante não chegou ao Acre.

“Houve sim problema no deslocamento do transporte. As informações que temos até agora é que amanhã (sábado, 15) as vacinas já estarão em solo acreano para que a gente possa começar a vacinar as crianças”, explicou Cameli.

A entrevista foi interrompida logo no início e o canal UOL afirmou que se tratou de problemas técnicos. Até a última atualização desta notícia, a entrevista não havia retornado ao ar.

Continuar lendo

Destaque 4

Motoristas da Auto Viação Floresta denunciam venda de ônibus e temem calote de empresa

Publicado

em

A situação dos trabalhadores do transporte coletivo em Rio Branco, especificamente da empresa Auto Viação Floresta, que já abandonou cerca de 11 linhas urbanas na capital do Acre, continua caótica.

A empresa vive seus últimos momentos no transporte coletivo de Rio Branco e está, de acordo com seus motoristas, se desfazendo dos ônibus que estão em situação mais precária. Os profissionais flagraram diversos veículos sendo levados no guincho para serem vendidos. Alguns estão sendo comercializados com as empresas que trabalham com sucata de tão detonados que estão.

O problema, segundo os profissionais, é que esse recurso das vendas da frota não é revertido para o pagamento do que motoristas e demais servidores da empresa têm direito. Um motorista, que com medo de retaliação pede anonimato, diz: “alguém tem que fazer alguma coisa por nós. Estamos há três anos sem décimo terceiro salário, sem férias, sem um centavo depositado no nosso FGTS. Os caras estão vendendo os ônibus para ir embora cheio de grana no bolso e não pagar a gente”, afirma.

Os profissionais cobram da prefeitura  a resolução do problema que atinge cerca de 130 profissionais apenas da empresa Auto Viação Floresta. “O prefeito prometeu resolver o problema, mas tem que resolver de verdade. Tem que trazer empresa nova, séria e colocar a gente para trabalhar. Não adianta nada trazer uma empresa nova e a gente ficar no olho da rua, sem receber nossos direitos”, explica.

A reportagem procurou a Auto Viação Floresta, mas não obteve sucesso. O espaço segue aberto para manifestação da empresa.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Content is protected !!