Conecte-se agora

Sindicalistas e servidores públicos protestam contra PEC 32 em Rio Branco

Publicado

em

Logo após o encerramento da solenidade em alusão ao Dia da Independência, nesta terça-feira, 7, lideranças sindicais e servidores realizaram uma manifestação contra a contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32 que prevê mudanças nos direitos dos servidores.

Com cartazes e carros de som, os manifestantes cobraram dos parlamentares do Acre, em Brasília, um posicionamento contrário ao projeto. O ato ocorreu na Avenida Getúlio Vargas.

De acordo com Rosana Nascimento, representante dos servidores da educação, a proposta prevê um modelo similar ao do setor privado na contratação de servidores públicos, sejam eles da União, dos estados ou municípios.

O objetivo das ações, segundo os manifestantes, é pressionar os deputados federais catarinenses a votarem contra a alteração.

PEC 32

O texto da reforma administrativa propõe uma série de mudanças nas regras do funcionalismo público. Entre essas regras, está o fim da aposentadoria compulsória de servidores como modalidade de punição.

Atualmente, algumas categorias de servidores públicos aplicam como sanção a profissionais que tenham cometido alguma irregularidade a aposentadoria compulsória. Nesse caso, a pessoa punida deixa de trabalhar, mas mantém o salário. Com a reforma, se aprovada pelo Congresso, isso não vai mais acontecer.

Outras propostas de mudança apresentadas pelo governo são a vedação de promoções ou progressões na carreira exclusivamente por tempo de serviço, e a proibição de mais de 30 dias de férias por ano.

A proposta precisa dos votos favoráveis de 308 deputados federais para ser aprovada. Após ser apreciada pelo plenário da Câmara em dois turnos, a matéria necessita, também, da aprovação em dois turnos no Senado, por pelo menos 41 votos, antes de ser promulgada.

Cotidiano

Vanda terá nome confirmado como pré-candidata ao Senado em encontro do PSD

Publicado

em

A deputada federal Vanda Milani (PROS-AC) terá seu nome oficializado como pré-candidata ao Senado da República a partir das 14h da tarde deste sábado (21), durante Seminário Estadual do Partido Social Democrático (PSD) em Rio Branco. O evento será prestigiado pela presidente nacional do PROS, Sandra Caparrosa e do Articulador Político do partido, Henrique Junqueira. O nome do senador Sérgio Petecão (PSD-AC) também será oficializado como pré-candidato ao governo.

“O que me motiva para mais esse desafio em minha vida é o Acre” disse a deputada durante apresentação dos Eixos/Diagnósticos para elaboração de um Plano de Governo Participativo, na noite de ontem, 20, na Casa Amarela.

Defendendo um movimento político com a cara e a voz do povo acreano, a deputada afirmou que a participação popular será fundamental para a construção de propostas que visem o desenvolvimento do estado atendendo as demandas regionais.

“Vamos trabalhar na construção desse plano ouvindo todos os setores e todos os municípios. Precisamos levar mais alimento à mesa das famílias acreanas e isso acontece com o fortalecimento do agro. A agricultura familiar precisa da mão amiga do estado. Campo forte é sinônimo de economia aquecida”, avaliou a deputada.

Vanda Milani chega com sua pré-candidatura ao Senado depois de ser eleita deputada federal com mais de 23 mil votos em 2018. Ela foi a parlamentar mais atuante da bancada federal do Acre, reconhecida pela organização Ranking dos Políticos por dois anos consecutivos.

Biografia:

Vanda Denir Milani Nogueira, é natural da cidade de Cedral (SP). Foi militar, professora, assessora jurídica, delegada de Polícia Civil, procuradora do Ministério Público Estadual do Acre.

Atualmente é membro titular da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania; membro titular da Comissão do Meio Ambiente, colegiados da Câmara dos Deputados.

Continuar lendo

Cotidiano

Sábado será com tempo firme, ensolarado e com noite amena no Acre

Publicado

em

O tempo continua firme, sem chuvas, com muito sol e baixa umidade do ar, neste sábado, 21, no Acre. Os termômetros alcançam 31°C na maioria dos municípios.

Em Rio Branco, Brasileia e Sena Madureira, o dia será ensolarado, mas a noite fria. Os ventos sopram entre fracos e calmos. O mesmo deve ocorrer em Cruzeiro do Sul e Tarauacá, com o período noturno agradável.

Temperaturas:

– Rio Branco, Senador Guiomard, Bujari e Porto Acre, com mínimas oscilando entre 14 e 16ºC, e máximas, entre 27 e 29ºC;

– Brasileia, Epitaciolândia, Xapuri, Capixaba, Assis Brasil e Santa Rosa do Purus, com mínimas oscilando entre 13 e 15ºC, e máximas, entre 28 e 30ºC;

– Plácido de Castro e Acrelândia, com mínimas oscilando entre 15 e 17ºC, e máximas, entre 28 e 30ºC;

– Sena Madureira e Manuel Urbano, com mínimas oscilando entre 15 e 17ºC, e máximas, entre 28 e 30ºC;

– Tarauacá e Feijó, com mínimas oscilando entre 16 e 18ºC, e máximas, entre 29 e 31ºC;

– Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima e Rodrigues Alves, com mínimas oscilando entre 18 e 20ºC, e máximas, entre 30 e 32ºC;

– Marechal Thaumaturgo, Porto Walter e Jordão, com mínimas oscilando entre 17 e 19ºC, e máximas, entre 29 e 31ºC.

Continuar lendo

Cotidiano

Acumulada, Mega-Sena paga prêmio de R$ 53 milhões neste sábado (21)

Publicado

em

A Mega-Sena acumulou e pode pagar R$ 53 milhões no sorteio deste sábado (21). O sorteio será realizado a partir das 18 horas.

As apostas podem ser feitas até as 17h nas lotéricas ou no portal da Caixa Econômica Federal e no app Loterias CAIXA, além do Internet Banking Caixa para clientes do banco. O valor de uma aposta simples na Mega é de R$ 4,50.

Continuar lendo

Cotidiano

Comissão da Câmara promove audiência pública sobre combate ao feminicídio no Acre

Publicado

em

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados irá promover na próxima terça-feira, 24, uma audiência pública para debater as necessidades de combate ao feminicídio no Acre.

Segundo dados do Observatório de Análise Criminal do Núcleo de Apoio Técnico (NAT), do Ministério Público, nos últimos 3 anos, o estado perdeu 37 mulheres para o feminicídio – configurando uma taxa de 2,5 feminicídios para cada 100 mil mulheres no Acre.

O deputado Léo de Brito, que fez o pedido para a realização da iniciativa, citou dados do Monitor da Violência que evidenciam esta triste realidade.

“Em 2019, o Acre registrou 31 homicídios dolosos contra mulheres e, destes, 11 foram casos em que mulheres foram mortas em crimes de ódio motivados pela condição de gênero”, lamentou.

Participarão do debate, a procuradora-geral do Ministério Público do Estado do Acre, Katia Rejane, o ouvidor nacional do Ministério Público, Sérgio Ricardo de Souza, a juíza da Vara de Proteção à Mulher da Comarca de Rio Branco/AC, Shirley de Oliveira Hage Menezes e a diretora-executiva do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Samira Bueno, entre outros.

A audiência ocorre no plenário das 9 às 10 horas, com transmissão interativa pelo e-democracia.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!