Conecte-se agora

Cursos na área de Design são oferecidos gratuitamente pela IBM em parceria com a Adobe

Publicado

em

Uma parceria entre a empresa especialista na área de informática International Business Machines Corporation (IBM) e a Adobe está oferecendo cursos gratuitos e on-line para pessoas interessadas em conhecer e se especializar na área do Design. A iniciativa tem como objetivo ajudar a preparar os alunos, principalmente aqueles de baixa renda, para carreiras acadêmicas e profissionais de sucesso. Para tanto, o curso ensina princípios básicos de Design e ferramentas de criatividade que são altamente valorizadas pelo atual mercado de trabalho.

Além dos cursos gratuitos, uma credencial digital para os programas de edição da Adobe também está sendo oferecida. As especializações são ofertadas através do programa IBM SkillsBuild for Students, disponíveis em inglês, português do Brasil e espanhol. Os alunos também têm acesso a conteúdos com curadoria de ferramentas de criatividade padrão da indústria, como Adobe Photoshop, Adobe Illustrator e Adobe InDesign. 

Ao final da capacitação, os participantes recebem um certificado de Princípios Básicos de Design. Para saber mais sobre os cursos e se inscrever gratuitamente, basta acessar o site do programa: https://skillsbuild.org/students.

A parceria da IBM com a Adobe oferece, além dos cursos, outras atividades de aprendizagem interativas e autoavaliações, que permitem aos alunos explorar as diferentes personalidades criativas que podem expressar por meio da arte visual.

O teste foi criado com pesquisa psicológica, para ajudar os alunos a compreender e maximizar o potencial criativo em todas as esferas da vida, incluindo o local de trabalho. Por meio da avaliação, os alunos podem descobrir se são artistas, pensadores, aventureiros, criadores, produtores, sonhadores, inovadores ou visionários.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Acre

Jovem é abordado por criminosos e ferido com dois tiros na Capital

Publicado

em

O jovem Mateus Felipe Silva, de 19 anos, vulgo “peteca” foi vítima de uma tentativa de homicídio após ser ferido a tiros na noite desta sexta-feira, 24, na Travessa Bem-te-vi, no bairro Novo Horizonte, em Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, Mateus estava sentado na calçada com alguns amigos, quando dois homens não identificados se aproximaram em uma motocicleta modelo Honda Twister de cor azul e perguntaram por uma pessoa, cujo o vulgo é “peteca”, e em seguida um dos bandidos em posse de uma arma de fogo efetuou vários tiros na direção das vitimas, Mateus foi atingido com dois tiros, um que transfixou o braço e outro nas costas, vindo atingir a região do pulmão. Após a ação, a dupla fugiu na moto tomando rumo ignorado.

A ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, mas quando os paramédicos chegaram a vítima já tinha sido encaminhada no babageiro de um veículo particular ao Pronto-Socorro de Rio Branco. Segundo o médico plantonista, o estado de saúde de Mateus é grave.

Policiais Militares estiveram no local do crime, colheram umas cápsulas calibre (ponto 45) e fizeram patrulhamento na região em busca de prender os autores do crime, porém, não obtiveram êxito.

O caso será investigado pelos agentes de Polícia Civil da Equipe de Pronto Emprego (EPE) da Delegacia Especializada de Investigação Criminal (DEIC).

Continuar lendo

Destaque 6

Áudio de Ribeiro aponta indício de interferência de Bolsonaro

Publicado

em

Por

O MPF (Ministério Público Federal) afirma haver suspeitas de interferência do presidente Jair Bolsonaro (PL) nas investigações referentes ao ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, na Operação da Polícia Federal Acesso Pago.

É o que diz uma manifestação assinada pelo procurador Anselmo Henrique Cordeiro Lopes, que pede o envio de parte das investigações ao STF (Supremo Tribunal Federal), segundo documento obtido pelo UOL.

“Nesta oportunidade, o MPF vem requerer que o auto circunstanciado nº 2/2022, bem como o arquivo de áudio do investigado Milton Ribeiro que aponta indício de vazamento da operação policial e possível interferência ilícita por parte do Presidente da República Jair Messias Bolsonaro nas investigações, sejam desentranhados dos autos e remetidos, de maneira apartada e sigilosa, ao Supremo Tribunal Federal”, diz o documento.

Ainda no pedido, Lopes reitera para que fique registrado que há indícios de interferência na atividade investigatória da Polícia Federal após a prisão de Ribeiro.

“Quando do tratamento possivelmente privilegiado que recebeu o investigado Milton Ribeiro, o qual não foi conduzido ao Distrito Federal (não havendo sido tampouco levado a qualquer unidade penitenciária) para que pudesse ser pessoalmente interrogado pela autoridade policial que preside o inquérito policial, apesar da farta estrutura disponível à Polícia Federal para a locomoção de presos.”

Em resposta a Lopes, o juiz federal Renato Coelho Borelli, que determinou a prisão do ex-ministro, envia a investigação ao STF e cita áudios em que Milton Ribeiro supostamente indicaria uma interferência de uma autoridade com foro no STF, como o presidente da República.

Em uma das interceptações telefônicas citadas pelo juiz, Ribeiro diz que “ele” —sem citar a identidade— achava que haveria operação da PF de busca e apreensão na casa dele. O despacho de Borelli não identifica o interlocutor do ex-ministro — diz apenas que se trata de uma conversa com um parente de Ribeiro— tampouco a data em que o telefonema ocorreu.

MILTON: Não! Não é isso… ele acha que vão fazer uma busca e apreensão… em casa… sabe… é… é muito triste. “Transcrição de telefonema feito pelo ex-ministro Milton Ribeiro

De acordo com transcrição divulgada pela GloboNews e obtida pelo UOL, a conversa de Milton Ribeiro se deu com a filha. O ex-ministro diz que recebeu informações de Jair Bolsonaro sobre uma possível operação:

Ministro para a filha: “A única coisa meio… hoje o presidente me ligou… ele tá com um pressentimento, novamente, que eles podem
querer atingi-lo através de mim, sabe? É que eu tenho mandado versículos pra ele, né?”

Filha pergunta: “Ele quer que você pare de mandar mensagens?”

Ministro responde: “Não! Não é isso… ele acha que vão fazer uma busca e apreensão… em casa… sabe… é… é muito triste. Bom! Isso pode acontecer, né? Se houver indícios, né?”.

Segundo a GloboNews, a conversa com a filha teria sido registrada no dia 9 de junho —ou 13 dias antes da operação— e durou 3min59seg.

O UOL procurou o Palácio do Planalto. Os esclarecimentos serão publicados quando forem recebidos.

O que diz a defesa de Ribeiro

O advogado de Ribeiro, Daniel Bialski, afirmou por meio de nota que o áudio foi realizado antes da deflagração da operação e questionou a competência da Justiça Federal em Brasília em julgar o caso, após a investigação ser enviada ao STF.

Para ele, tudo indica que há motivos para anular ao menos parte das decisões da operação. “Causa espécie que se esteja fazendo menção a gravações/mensagens envolvendo autoridade com foro privilegiado, ocorridas antes da deflagração da operação”, afirmou. “Se realmente esse fato se comprovar, atos e decisões tomadas são nulos por absoluta incompetência”, disse.

video
Continuar lendo

Acre

MPAC anuncia instalação da 2ª Promotoria Especializada de Saúde

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) anunciou a instalação da 2ª Promotoria de Justiça Especializada de Defesa da Saúde de Rio Branco. A proposta foi apresentada pelo procurador-geral de Justiça Danilo Lovisaro do Nascimento e aprovada, por unanimidade, pelo Colégio de Procuradores de Justiça durante a 6ª sessão plenária ordinária, nesta sexta-feira, 24.

Segundo o procurador-geral, a instalação da nova promotoria leva em consideração o número de feitos em andamento na 1ª Promotoria Especializada de Defesa da Saúde, além da complexidade dos problemas de saúde pública.

“Como é do conhecimento de todos, o problema da saúde, em nosso Estado e em todo o Brasil, é extremamente grave, valendo destacar os recentes casos de morte de crianças em decorrência de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no Acre, o que já é objeto de investigação no Ministério Público”, disse.

O procurador-geral acrescentou que a nova promotoria é mais do que necessária, “notadamente diante da contínua e incessante premência de atuação firme e resolutiva, com vistas ao aprimoramento e fiscalização da oferta de serviços de saúde à população”.

Na mesma sessão, o Colégio de Procuradores de Justiça também aprovou a instalação da Promotoria de Justiça Cumulativa de Assis Brasil, Promotoria de Justiça Cumulativa de Capixaba e a desinstalação da 2ª Promotoria de Justiça Cível de Rio Branco.

“Assim será possível que o Conselho Superior analise na próxima sessão a deflagração dos processos de remoção e promoção, garantindo a mobilidade na carreira a todos os membros do MPAC”, ressaltou.

Continuar lendo

Extra Total

Com cara pintada, Petecão brinca de queda de braço durante a comemoração dos 30 anos da demarcação do território Ashaninka

Publicado

em

O senador Sérgio Petecão (PSD), pré-candidato ao governo do Acre está cumprindo extensa agenda na região do Juruá durante a semana e nesta sexta-feira, 24, participou da celebração dos 30 anos de demarcação do território Ashaninka, na comunidade Apiwtxa, localizada às margens do Rio Amônia.

Durante a agenda, o pré-candidato teve o rosto pinta com as cores da etnia e também brincou em uma disputa de queda de braço com os indígenas da Aldeia.

Em suas redes sociais, Petecão falou da experiência. “Fiquei encantado com tudo que vi. Essa região aqui é muito linda e nós precisamos ouvir essas pessoas. Recebemos boas sugestões e boas ideias. Esse povo precisa da nossa atenção”, destacou Petecão.

A festividade pela conquista do território está sendo realizada do dia 22 a 25 de junho. Na ocasião, os convidados participam de atividades tradicionais e têm a oportunidade de experimentarem a caiçuma – bebida fermentada produzida, principalmente, a partir da mandioca.

O Partido Social Democrático (PSD), que tem Petecão como presidente do direito estadual, apresenta duas pré-candidaturas de lideranças indígenas: os irmãos Isaac e Francisco Piyãko disputarão aos cargos de deputado estadual e deputado federal, respectivamente, com o objetivo de buscar mais representatividade para os povos indígenas.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!