Conecte-se agora

Mais de 240 policiais militares e bombeiros são promovidos

Publicado

em

O governador Gladson Cameli (Progressistas) realizou no início da noite desta segunda-feira, 30, a promoção de praças e oficiais, ocorrida no estacionamento do estádio Arena da Floresta, em Rio Branco.

Ao todo, foram promovidos 148 praças, 53 oficiais da Polícia Militar e 42 militares do Corpo de Bombeiros. O decreto de promoção dos militares ocorreu no último dia 21 de agosto, via Diário Oficial do Estado (DOE).

Em seu discurso, o deputado estadual Cadmiel Bonfim (PSDB) parabenizou os promovidos na solenidade. “Eu vi que a turma de 2000 são já, no mínimo, primeiro sargento. Eu abri mão da carreira de Militar para lutar pelos direitos da classe. Peço que envie os projetos de interesse da categoria”, disse.

Em seu pronunciamento, o governador Gladson Cameli fez questão de agradecer a equipe governamental pelo empenho na realização das promoções. Cameli reforçou o discurso de harmonia entre os poderes do estado, no caso o legislativo e executivo. “Foram promovidos ao todo 243 militares. Eu tenho orgulho das nossas polícias, pois elas são sérias e honestas”, declarou.

O chefe do executivo fez críticas aos parlamentares que cobram a titulação da PM. “Será que estão preocupados que vocês vão receber a titulação? Sabiam que irei pagar na hora certa para não dá com uma mão e tirar com a outra. Eu não vendo ilusões”.

A deputada federal Vanda Milani (Solidariedade) disse que as promoções são de fundamental importância na vida do militar. “O senhor respeitou todas as datas de promoções, e não demorou 12 anos no gabinete não. Eu reverencio a cada um de vocês pela dedicação a população acreana”, disse.

O presidente da Câmara Municipal de Rio Branco, vereador N. Lima (Progressistas), contou que a solenidade serviu para reviver o passado, onde serviu o estado. “Para quem serve a população e ao estado, é uma honra. Parabéns por cumprir todas as datas de promoções, na nossa época não eram assim, era na peixada, cheguei a ser preso e transferido para Manoel Urbano. O Flaviano Melo mandou me soltar e acabou com essa situação. Tenha orgulho da Polícia Militar, pois ela tem 99% de militares que não são corruptos”, ressaltou.

O comandante da Polícia Militar, coronel Paulo César Gomes, fez uso do dispositivo para elogiar o compromisso do governo com a realização das promoções. “Temos procurado fazer com que os cursos ocorram dentro das datas”.

Gomes ressaltou que um dos objetivos é realizar as reformas nos órgãos militares. “Temos apoio e recursos para realizar as benfeitorias para a PM”.

Fotos: Sérgio Vale/ac24horas.com

Acre

Com dois novos casos, Acre não registra mortes por covid-19

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) informou neste domingo, 17 de outubro, o registro de dois novos casos da covid-19, elevando o número de infectados para 88.005, em todo o Acre. Segundo o boletim, nenhuma notificação de óbito foi registrada neste domingo, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 permaneça em 1.842 em todo o estado.

Até o momento, o Acre registra 248.608 notificações de contaminação pela doença, sendo que 160.552 casos foram descartados e 49 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou do Centro de Infectologia Charles Mérieux. 86.064 pessoas já receberam alta médica da doença, sendo que 9 seguiam internadas até o fechamento deste boletim.

Continuar lendo

Acre

Lentidão na reversão e relação ruim motivam saída de chefe do Saerb

Publicado

em

O que era apenas uma especulação, se tornou realidade no final da tarde deste sábado, 16. Em uma carta divulgada, primeiramente, aos servidores do Depasa, Pollyana Souza anunciou que não é mais diretora-presidente da autarquia.

Fontes do ac24horas revelaram à reportagem que dois fatores principais contribuem para que a gestão de Pollyana frente à autarquia fosse encerrada. O primeiro é a lentidão no processo de reversão do sistema de água e esgoto de Rio Branco do governo para a prefeitura.

O acordo entre os poderes públicos foi assinado em maio, mas o município não conseguiu se organizar como deveria para receber o sistema. Sem orçamento e sem servidores suficientes, o Saerb não teve condições de receber o sistema no tempo acordado. O jeito foi o prefeito Tião Bocalom fazer um pedido ao governador para que a reversão fosse adiada para janeiro do ano que vem. O início do trabalho de troca de informações entre as comissões criadas para tratar do tema no Saerb e no Depasa foi marcado por atritos entre as duas autarquias. Tanto que o município chegou a enviar um documento ao estado alegando a demora no envio de documentos importantes.

Um outro problema que colaborou para sua saída foi a relação ruim de Pollyana com alguns dirigentes e servidores. O ac24horas apurou que o desgaste era tamanho com os servidores ao ponto de na manhã desta sexta, 15, ocorrer uma discussão extremamente acalorada com uma funcionária.

Na carta de despedida, Pollyana conta que foi quem pediu sua exoneração, apesar do prefeito ter resistido. Enalteceu que sua saída foi totalmente amigável e diz que deu o melhor com as ferramentas que dispunha.

Ainda diz que se coloca à disposição e que aprendeu “pacas” na gestão pública, exaltando a experiência que teve no Depasa. A prefeitura ainda não anunciou o substituto.

Continuar lendo

Acre

Entrada para o Calafate vira “rio” durante chuva forte neste sábado 

Publicado

em

A entrada do Calafate, que já foi motivo de reclamação de motoristas e motoqueiros por conta dos buracos, foi tomada pelas águas na tarde deste sábado (16). As imagens enviadas pelos internautas mostram que a entrada do bairro virou mais um rio do que de uma rua.

Mesmo sendo acesso a uma das regiões mais populosas de Rio Branco, vários motoristas não tiveram coragem de arriscar a passar com seus veículos.  Como alternativa, quem mora na localidade usou o estacionamento da loja Havan como atalho para não passar pelo trecho inundado.

Continuar lendo

Acre

Sem óbitos, Acre registra quatro novos casos da covid-19

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) informou na tarde deste sábado, 16, o registro de quatro novos casos de infecção por coronavírus, elevando o número de infectados para 88.005, em todo o Acre. 

Segundo o boletim, nenhuma notificação de óbito foi registrada neste sábado, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 permaneça em 1.842 em todo o estado.

Até o momento, o Acre registra 248.583 notificações de contaminação pela doença, sendo que 160.534 casos foram descartados e 44 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou do Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 86.064 pessoas já receberam alta médica da doença, sendo que 8 seguiam internadas até o fechamento deste boletim.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas