Conecte-se agora

Saúde muda distribuição de vacinas e vai priorizar estados atrasados na imunização

Publicado

em

O Ministério da Saúde anunciou nesta quarta-feira que irá mudar a logística de distribuição das primeiras doses da vacina contra a Covid-19 para garantir que todos os estados terminem a aplicação dos primeiros imunizantes. Durante entrevista coletiva, o ministro Marcelo Queiroga também criticou estados que estão alterando os prazos da aplicação da segunda dose. Segundo ele, se isso continuar ocorrendo, a pasta não terá como entregar as doses necessárias.

A mudança na metodologia de distribuição de vacinas ocorre em meio a uma polêmica com o governo de São Paulo, que reclamou publicamente de ter recebido menos doses da Pfizer. Nesta terça-feira, o ministro Ricardo Lewandowski proferiu decisão em que determinou que o Ministério da Saúde entregue as doses necessárias para a segunda dose naquele estado.

— Estamos vacinando, no estado de São Paulo, adolescentes, e em outros estados ainda não conseguimos chegar na faixa etária de 18 anos. Cumpre ao Ministério da Saúde equilibrar. O mesmo compromisso que o Ministério tem para com os brasileiros que residem em São Paulo, o Ministério tem com os brasileiros que residem no estado do Pará — afirmou.

Segundo o Ministério, o critério estabelecido para a nova metodologia de distribuição irá obedecer ao número de pessoas acima de 18 anos em cada estado que ainda não recebeu vacinas. Esse número é obtido pela subtração da população total acima de 18 anos pelas doses distribuídas até o momento.

São Paulo, por exemplo, tem 22% da população adulta do Brasil, mas recebeu 24% das doses distribuídas até agora, por exemplo. Já o Rio, recebeu 8,0% das doses distribuídas até o momento, mas tem 8,48% da população total. Segundo o ministro Queiroga, o objetivo é fazer um ajuste fino nessas entregas para que todos possam finalizar a vacinação ao mesmo tempo.

Durante entrevista coletiva, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), questionou a decisão do Ministério.

— Se o Ministério da Saúde deseja acelerar a vacinação em outros estados, o que eu vejo com bons olhos, providencie mais vacinas, compre mais vacinas e ofereça mais vacinas àqueles estados que precisam acelerar a vacinação e não suprima a vacina dos estados que estão acelerando a vacinação — afirmou.

A mudança deve valer já a partir das próximas entregas de vacinas. De acordo com o ministério, a medida foi acordada entre representantes da União, estados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e municípios pelo Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

No último dia 27, o Ministério e os dois conselhos afirmaram que a compensação gradual das vacinas seria realizada de modo que todos os estados deverão finalizar o processo de imunização sem que haja benefícios ou prejuízos a suas respectivas populações.

Durante a entrevista, Queiroga destacou que a vacinação em São Paulo avançou de forma mais rápida porque no estado há mais pessoas encaixadas dentro do grupo prioritários, como trabalhadores de saúde. Além disso, o ministério voltou a afirmar que o governo paulista obteve diretamente do Instituto Butantan mais doses do que o previsto, cerca de 300 mil. A acusação já foi negada pelo governo paulista. Nesta quarta-feira, o ministro Marcelo Queiroga admitiu que a pasta errou ao tentar compensar o excesso de CoronaVac encaminhado para São Paulo com a redução de entrega de vacinas Pfizer, o que motivou a discussão entre Doria e o ministro.

A mudança ocorre para que o governo consiga cumprir sua meta de ter 75% da população adulta vacinada com duas doses até outubro.

— São Paulo não recebeu mais doses do que deveria. Recebeu a quantidade de doses adequada para a imunização do grupo prioritário. O que a gente precisa fazer é calibrar isso para que todos os estados recebam também de forma adequada para imunização de todos os brasileiros — disse o secretário-executivo Rodrigo Cruz.

Na prática, o ministro afirmou que estados que já estão vacinando adolescentes sofrerão ajustes no recebimento de doses.

— As doses não são específicas para adolescentes. A vacina para adolescentes é a da Pfizer. Vai haver ajustes em função da necessidade de avançar de maneira equânime nos outros estados. Os estados vão continuar recebendo vacinas, vão aplicar a segunda dose. Esses estados vão receber dose para terminar a imunização. Lembrar que temos a variante Delta, que é uma variável nova — afirmou Queiroga.

Mais Informações

Cotidiano

Diarista é assassinado a tiros e facadas em bar de Tarauacá; polícia investiga o caso

Publicado

em

Um bar localizado na rua Manoel Lourenço, no bairro da Praia, periferia da cidade de Tarauacá, a 400 quilômetros de Rio Branco, foi palco de uma cena violenta na noite de terça-feira (30), quando homens armados executaram o diarista Juscelino Silva de Souza, de 30 anos.

A vítima foi atingida com dois tiros de uma arma de grosso calibre, várias facadas e morreu no local de ocorrência. Os executores fugiram e um deles já teria sido identificado segundo a polícia.

De acordo com policiais militares responsáveis pelo atendimento, o assassinato ocorreu por volta de 18h de segunda-feira. Juscelino Silva de Souza tomava uma cerveja em um bar, sentado numa cadeia conversando com outras pessoas presentes, quando em dado momento, chegaram dois homens.

Um dos acusados fez dois disparos contra a vítima, que ferida, caiu e em seguida ser esfaqueado várias vezes pelo segundo envolvido. Os acusados fugiram tomando rumo incerto.

Quando os policiais chegaram no local da ocorrência, Juscelino já estava sem vida, o que fez com que isolassem a área para a atuação de profissionais da Polícia Técnica, que removeram o cadáver para o necrotério do Hospital Sansão Gomes. O caso foi registrado na Delegacia Geral de Polícia de Tarauacá, e um dos suspeitos teria sido reconhecido no local da execução.

Continuar lendo

Cotidiano

Assaltante baleado em troca de tiros ao tentar assaltar é preso em Rio Branco

Publicado

em

Investigadores da Delegacia de Combate a Roubos e Extorsões (DCORE), prenderam na manhã desta quarta-feira, 1, numa residência situada na Travessa Moisés, no bairro Quinze, Tiago da Silva Prado, de 19 anos.

Ele é acusado de no dia 11 de outubro de 2020, na companhia de Jonh Francalino da Silva, de 23 anos e mais dois, tentar assaltar uma comércio localizado nas proximidades do Estádio Adauto Brito da Frota, de propriedade do Atlético Acreano.

Os acusados foram contidos por um policial à paisana que estava no local e reagiu. Depois de passar pela especializada, Tiago foi transferido para a DEFLA, onde será recolhido o presídio por crime de tentativa de homicídio e roubo tentado.

Depois de uma breve troca de tiros, Tiago Prado, John Francalino e um terceiro acabaram sendo baleados e encaminhados ao pronto-socorro, onde foram presos em flagrante. Pelo fato do seu caso ter considerado mais grave, Tiago ficou em liberdade. Como sua prisão preventiva foi decretada no início da semana, na manhã desta quarta investigadores da DCORE deram cumprimento ao mandado.

Continuar lendo

Cotidiano

Neném presta solidariedade com estudante acorrentado e cobra convocação do CR

Publicado

em

O deputado estadual Neném Almeida (Podemos) resolveu se solidarizar nesta quarta-feira, 1°, com o estudante acorrentado nas proximidades do Palácio Rio Branco em protesto que tem por objetivo reivindicar a convocação dos integrantes do cadastro de reserva da Polícia Civil.

De acordo com o parlamentar, o gesto foi feito para sensibilizar o governador Gladson Cameli para o cumprimento imediato de sua promessa realizada em 2018, ainda na campanha eleitoral. “O governo precisa apenas cumprir o que prometeu aos integrantes do cadastro de reserva que confiaram na palavra do governador”, declarou.

Além disso, Almeida contesta o governo e diz que há possibilidade de contratação dos profissionais. “O governo quer realizar um concurso público, ao invés disso, deveria apenas chamar os aprovados que aguardam há anos essa oportunidade”, ressaltou.

Nas primeiras horas do dia, o estudante Jorge Orleanes se acorrentou no obelisco que fica em frente ao Palácio na capital para cobrar a convocação. Segundo ele, o ato é para pressionar o governador Gladson Cameli a chamar os candidatos que estão no cadastro de reserva.

Continuar lendo

Cotidiano

Comitiva acreana vai ao Pará conhecer produção de açaí com expectativa de cadeia produtiva

Publicado

em

Na manhã desta quarta-feira, 1, o deputado Jenilson Leite (PSB), usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Acre para falar sobre a visita técnica que fará ao estado do Pará, onde visita a cadeia de produção do açaí na região. Na comitiva liderada pelo parlamentar, estão ainda outros parlamentares da Aleac, prefeitos, vereadores, secretários e técnicos.

“O açaí no Pará se tornou um dos principais contribuintes na economia paraense, gerando mais de 5 bilhões para o PIB do estado e movimentando mais de 300 empresas”, disse Jenilson. O deputado ainda destacou que houve uma revolução agroindustrial na região, saindo do extrativismo e implementando cultivos do açaí no estado.

“Houve uma ousadia dos paraenses em sair do cultivo extrativista e iniciar plantios em várias regiões, sendo 90% do açaí produzido sendo de cultivo, ao contrário do nosso estado que é 98% sendo extrativista e nisso, os exemplos que estamos vendo devem ser implementados na vida dos acreanos”, destacou.

Jenilson ainda lembrou que o PIB do Acre é composto por 40% sendo de serviço público, agricultura e pecuária apenas com 10% e 2,3% sendo da indústria.

“Essa agenda de trabalho que está sendo conduzida pela Aleac, trará para o Acre a implementação de um forte programa que possa criar trabalho e renda para a população”, finalizou o deputado.

Projetos de Lei

O parlamentar já apresentou na Assembleia Legislativa do Acre projetos de lei voltados à certificação e incentivo. O primeiro PL apresentando foi o Selo do Açaí, instituindo o selo de qualidade do açaí.

E o segundo projeto é o Programa de Incentivo à Cultura do Açaí, que prevê assistência técnica para o plantio, colheita, transporte, comercialização e coleta dos caroços para a destinação de reuso dos resíduos.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas