Conecte-se agora

Gleici Damasceno sofre derrota na Justiça para dentista que fez sua harmonização

Publicado

em

Gleici Damasceno foi derrotada em uma ação que ela própria havia aberto contra Nayane Pacheco, responsável por realizar uma harmonização facial em seu rosto em 2020. A ex-BBB pedia uma indenização de R$ 80 mil por danos morais e uso indevido de imagem, mas a Justiça não aceitou seus pedidos e ainda a obrigou a pagar R$ 8 mil à dentista.

O juiz Sidney da Silva Braga, da 4ª Vara Cível de São Paulo, decretou em 26 de julho como improcedente a ação de Gleici após verificar uma série de contradições entre seus apontamentos e as provas que foram juntadas pelas partes no caso.

Nayane havia realizado dois procedimentos em Gleici no final de 2020, por meio de uma permuta: uma rinomodelação e a harmonização facial. Meses depois, a ex-participante de No Limite 5 buscou uma equipe médica para realizar uma rinoplastia, por ainda se incomodar com a aparência de seu nariz.

Em 2 de março deste ano, ela participou do programa Encontro, na Globo, e o público notou uma enorme diferença em sua aparência. Na mesma data, Nayane postou uma foto do “antes e depois” de Gleici, e revelou que era ela a profissional por trás da transformação da famosa.

Mas Gleici se sentiu exposta e procurou a Justiça. Disse que Nayane usou sua imagem para se autopromover, afirmou que a dentista havia cometido erros no procedimento e, por essa razão, precisou buscar cirurgiões plásticos para fazer os reparos. Ainda a acusou de lhe causar constrangimento por ter revelado algo que não era de conhecimento público.

Ao analisar o caso, o magistrado encontrou uma série de contradições por parte da campeã do BBB18. A começar pela apresentação que fez na inicial, em que afirmava ser atriz e garota-propaganda de diversas marcas, e que usava seu rosto para publicidades em redes sociais. E expôs o modelo de “permuta”, bastante praticado por influenciadores digitais.

“Os elementos de prova constantes dos autos demonstram que o procedimento estético foi realizado em troca da possibilidade de utilização, pela ré Nayane, da imagem da autora, tanto que não houve pagamento em dinheiro, não se podendo cogitar de um procedimento estético gratuito. Como é comum nas redes sociais, a autora realizou acordo com a ré Nayane por meio do qual esta realizaria o procedimento estético e, em troca, aquela pagaria pelo procedimento através de publicidade em sua conta no Instagram. Ainda que verbal, trata-se de um contrato”, avaliou o juiz.

Sobre as acusações de que Nayane seria a responsável pela enxurrada de críticas que recebeu após fazer a cirurgia plástica em seu nariz, o magistrado foi enfático ao lembrar que, por se autodenominar pessoa pública, Gleici está sujeita a todos os tipos de comentários por parte dos internautas.

“Ocorre que, sendo a autora pessoa pública, que participa de programas de TV e tem quase 6 milhões de seguidores no Instagram, a modificação em sua aparência não passou despercebida e gerou comentários e especulações, como é de se esperar e como os denominados influenciadores digitais e artistas têm que aceitar, pois faz parte de sua opção de intensa exposição.”

Por considerar improcedente todos os pedidos, o juiz recusou o pedido de indenização de R$ 80 mil, e ainda obrigou Gleici Damasceno a pagar R$ 8 mil a Nayane Pacheco, além das despesas processuais e honorários advocatícios da dentista.

Fonte: Notícias em Foco

Cotidiano

Com 25 vagas disponíveis, músicos oferecem aulas gratuitas em rudimentos rítmicos

Publicado

em

Os músicos Paulo Nobre e Jorge Anzol estão com inscrições abertas para o curso de Rudimentos Rítmicos aplicados à bateria, que começa nesta terça-feira, dia 21, às 14h, no Teatro Hélio Melo, em Rio Branco.

São 25 vagas destinadas aos amantes da bateria em nível intermediário e as inscrições podem ser feitas pelo número 99206-4033.

O curso tem 40 horas de duração distribuídas em 8 encontros presenciais e foi aprovado no Edital de Formação lançado pela Fundação Elias Mansour (FEM), a iniciativa tem financiamento da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc.

Os músicos pretendem ensinar de uma maneira didática, lúdica e prazerosa a cultura rítmica norte americana com matriz africana, através dos ritmos que serviram como base para grande parte da música forjada naquele país, e no resto do mundo, como o blues, jazz, rhythm and blues, soul e o rock, pavimentado a estrada da música contemporânea ocidental.

A prática da bateria em nível intermediário enfoca o desenvolvimento da coordenação motora necessária para a prática instrumental, voltada aos diversos gêneros que utilizem a subdivisão do pulso em quatro partes, e a inclusão de gêneros que realizam a divisão do pulso em 3 partes, com vistas ao desenvolvimento artístico pelo aprendizado crítico-reflexivo dos conteúdos.

Continuar lendo

Cotidiano

Paralisação do transporte coletivo deve durar toda a segunda; terça segue indefinida

Publicado

em

A paralisação do transporte coletivo que ocorre desde das 5 horas da manhã deverá perdurar toda esta segunda-feira (20). As informações foram repassadas pelos próprios motoristas de ônibus das empresas Floresta, Via Verde e São Judas Tadeu, esta última que operaram parcialmente até às 9 horas.

De acordo com os profissionais, a paralisação ocorre devido a falta de pagamento de seus respectivos salários, férias e 13º que se encontram em atraso desde o início da pandemia.

Eles não souberam informar se irão repetir o ato nesta terça-feira, 21, mas ao que tudo indica, existe a possibilidade caso não ocorra uma conversa entre representantes da prefeitura, Câmara de Vereadores e empresas do transporte coletivo.

Os motoristas alegam que as empresas se comprometeram em pagar os respectivos salários somente se o Projeto de Lei (PL) enviado pelo prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, que prevê um aporte de R$ 2,4 milhões fosse aprovado pela Câmara de Vereadores de Rio Branco. Atualmente, o PL foi devolvido à Prefeitura após os vereadores encontrarem entraves.

A categoria alega que as empresas vem arrecadando desde o início da pandemia e que durante esse tempo todo nenhum pagamento de salário foi feito, deixando os salários dos trabalhadores todos na conta do programa de Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda do Governo Federal, que encerrou mês passado.

Continuar lendo

Cotidiano

Cidadania protocola repúdio à Câmara de Vereadores por viagens com diárias na pandemia

Publicado

em

O presidente estadual do partido Cidadania, David Hall e o pré-candidato ao Senado pelo partido, Leandro Costa, protocolaram nesta segunda-feira, 20, uma nota de repúdio acerca das viagens com gordas diárias que os vereadores da Câmara de Rio Branco vêm realizando neste momento de pandemia.

Na nota, Hall e Leandro Costa lamentaram a postura dos vereadores e ressaltaram que muitos cidadãos estão passando fome enquanto os parlamentares gastam dinheiro em ações não prioritárias.

“Sabemos que os vereadores da capital ganham em torno de R$ 12 mil de salário, sem contar com as verbas de assessoria, combustível, material gráfico e aluguel de carros. O Cidadania apoia a busca por qualificação, mas sugere que os vereadores realizem cursos online ou presenciais em instituições educacionais com sede em Rio Branco ou que custeie as viagens com seus próprios salários”, diz trecho da nota.

Dos 17 vereadores da atual legislatura, a metade já viajou neste ano para realizar curso de capacitação fora do Estado com diárias, estão entre eles: Antônio Morais (PSB), Raimundo Neném (PSB), Hildegard Pascoal (PSL), Célio Gadelha (MDB), Fábio Araújo (PDT), Lene Petecão (PSD) e dentre outros.

Continuar lendo

Cotidiano

EUA suspenderão restrições à entrada de estrangeiros vacinados contra Covid em novembro

Publicado

em

Os Estados Unidos vão suspender todas as restrições de viagens internacionais, a partir de novembro, para adultos estrangeiros que estiverem totalmente vacinados contra a Covid-19, anunciou o governo do presidente Joe Biden nesta segunda-feira (20).

A medida vale para todos os países, inclusive o Brasil, e substitui o atual sistema, que restringe o voo de estrangeiros de determinados países e impõe outras restrições, como quarentenas obrigatórias.

A Casa Branca informou que ela entra em vigor “a partir do início de novembro”, sem especificar a data exata. Não foi informado até o momento quais vacinas serão aceitas.

Segundo o comunicado, os estrangeiros que viajarem aos EUA deverão estar totalmente imunizados e apresentar o comprovante de vacinação antes de embarcar.

Além disso, o país vai manter a exigência de que o passageiro apresente um teste negativo de Covid-19 feito até 3 dias antes do embarque.

Vacinas aprovadas nos EUA

Segundo a Casa Branca, o CDC (sigla em inglês pra Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA) será consultado para orientar quais imunizantes serão aceitos.

Atualmente, o CDC considera “totalmente vacinado” contra a Covid-19 quem tomou os imunizantes aprovados para uso emergencial no país: da Pfizer, da Moderna e da Janssen (vacina em dose única da Johnson& Johnson).

2 semanas após a segunda dose das vacinas da Pfizer e da Moderna;

2 semanas após a dose única da vacina da Janssen.

O site do CDC sobre viagens internacionais faz uma ressalva e diz que “a orientação também pode ser aplicada a vacinas contra a Covid-19 que foram listadas para uso emergencial pela Organização Mundial de Saúde (por exemplo, a vacina de Oxford/AstraZeneca)”.

Entre os imunizantes aprovados pela OMS está a CoronaVac, vacina da fabricante chinesa Sinovac que no Brasil é produzida e distribuída em parceria com o Instituto Butantan. Mas no site do CDC não há qualquer menção à CoronaVac ou a outras vacinas além da AstraZeneca.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas