Conecte-se agora

Cerca de 1,5 toneladas de alimentos vencidos e irregulares são apreendidos em presídio

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Acre flagrou mais um caso de dinheiro público jogado fora e de negligência com a saúde de reeducandos do sistema prisional. Durante inspeção de rotina no presídio de Senador Guiomard na última sexta-feira, 30, o promotor de justiça Tales Tranin, 4ª Promotoria Criminal de Execução Penal e Fiscalização de Presídio, acompanhado do diretor operacional do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (IAPEN), Glauber Feitosa, foi avisado pelos detentos de diversas irregularidades que vão desde a comida em pequena quantidade, até a denúncia de que os alimentos servidos em muitos dias são entregues estragados.

O promotor resolveu fazer uma vistoria nos alimentos. A primeira constatação foi a de que realmente a marmita individual está sendo servida com peso abaixo do que o estado paga em contrato. “De posse dessa primeira informação, resolvi abrir uma marmita que chegava para o almoço dos presos e a pesei. Logo de cara eu vi que era pouca comida. Para confirmar, o peso deu 650 gramas e o contrato é que a empresa forneça 800 gramas de comida. Abri outras e confirmei que tinham a mesma quantidade de alimentos”, afirma Tranin.

Como também havia a informação de comida estragada, o promotor de justiça decidiu vistoriar a câmara fria onde ficam os alimentos. Para a surpresa do representante do Ministério Público foi descoberto uma grande quantidade de alimentos estragados e outros acondicionados de forma irregular e também sem data  de validade.

“Para minha surpresa tive que apreender mais de 1,5 toneladas de alimentos. Eram alimentos com a data de validade vencida, outros acondicionados de forma inapropriada e mais produtos sem a data de validade, que por isso nem se sabe quando venceu. Pedi a presença da vigilância sanitária ao local, foi feito o auto de infração e recolhido os alimentos”, afirma Tales.

Foram descobertos diversos alimentos estragados como carne, frango, salsicha, mortadela e  calabresa. Ao longo desta segunda-feira, 3, Tales Tranin deve encaminhar à promotoria de Senador Guiomard e também ao IAPEN para que as providências sejam adotadas.

Acre 01

Mecânico agradece ao prefeito Bocalom por buracos e diz que serviços aumentaram

Publicado

em

O mecânico Geilson Sousa Almeida, viralizou nas redes sociais neste final de semana, após tecer vários elogios ao prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom (Progressistas). 

No vídeo, Geilson conta que devido ao grande número de buracos nas ruas da cidade, a demanda de serviço para as oficinas mecânicas aumentaram, gerando assim mais emprego e renda.

Com pitadas de ironias, o mecânico pediu para que o prefeito não recupere os trechos esburacados, para que assim os serviços da oficina não parem.

“Obrigado Bocalom por não tapar os buracos das ruas. Por conta disso, eu tenho trocado pivô, balança, amortecedor, terminal de direção por conta do senhor não tapar os buracos de Rio Branco. Obrigado pelo serviço. É muito bom para os mecânicos”, salientou. 

Continuar lendo

Acre 01

Vereadores de Cruzeiro do Sul receberão R$ 15 mil em diárias para fazerem curso em Brasília

Publicado

em

A Câmara Municipal de Cruzeiro do Sul (CMCZ) pagará cerca de R$ 15 mil em diárias para os vereadores Franciney Freitas (Progressistas), presidente da Mesa Diretora, Cristiano Rodrigues, 2º secretário (MDB) e Leandro Candido (Progressistas), para participarem de um curso de capacitação em Brasília (DF). O evento começa em 28 de setembro, dia do aniversário de Cruzeiro do Sul e encerra até 1° de outubro.

A Resolução publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) não especifica o valor de cada diária, mas o ac24horas apurou que cada parlamentar ganhará 5 diárias com valor superior a R$ 900, somando cerca de R$ 5 mil para cada um.

O curso em questão será sobre o Orçamento Público Municipal na prática e discussão do Plano Plurianual pelo Legislativo, que também é ofertado via online pelo Instituto Plenum Brasil, mas os parlamentares farão de forma presencial, viajando um dia antes do começo do evento.

O presidente da Câmara, Franciney Freitas não respondeu às mensagens para falar sobre o assunto. O vereador Cristiano Rodrigues, 2° secretário da Mesa Diretora diz que para ele, será uma grande oportunidade de adquirir conhecimento.

“Para mim, que sou vereador de primeiro mandato é muito importante obter o máximo de conhecimento que eu puder nesta área do orçamento público”, salientou. 

O salário dos vereadores de Cruzeiro do Sul é de mais de R$ 10 mil. Eles realizam duas sessões por semana, às terças e quintas feiras, no período noturno.

Como a Câmara Municipal não se adaptou para realizar sessões online, no ano passado, por causa da pandemia de Covid 19, os vereadores ficaram mais de 3 meses sem realizar sessões de nenhum tipo.

Com a ida ao DF, não participarão  de eventos do governo e Aleac

Como estarão fora no dia do aniversário de Cruzeiro do Sul, os vereadores não vão participar das inaugurações marcadas pelo governador Gladson Cameli nem da programação que a Assembleia legislativa do Acre- ALEAC, vai desenvolver no município.

No dia 30 de setembro será realizada uma Sessão Solene em homenagem à Contribuição da Igreja Católica no Vale do Juruá. A solenidade acontecerá no Teatro dos Náuas às 10h.

Já no sábado, 2,  a ALEAC realizará uma  Audiência Pública para tratar da  “Interligação Cruzeiro do Sul/Pucallpa”, também às 10 horas da manhã no Teatro. A Escola do Legislativo Acreano realizará nos dias 30, 01 e 02 no mesmo local  Workshops sobre Processos Legislativos.

Continuar lendo

Acre 01

Gladson pede que setores passem a exigir carteira de vacinação: “Não precisa de decreto”

Publicado

em

O governador Gladson Cameli (Progressistas) solicitou nesta sexta-feira, 17, que os órgãos públicos privados passem a exigir a obrigatoriedade da carteira de vacinação.

De acordo com Cameli, não há necessidade do Poder Executivo ter que tomar uma atitude drástica nesse sentido. “Eu quero fazer um apelo, naturalmente, para que o Estado não tenha que decretar, os donos de bar, restaurantes, cinema e todas as áreas passem a cobrar a carteira de vacinação, vamos fazer isso juntos para que não seja preciso decretar, determinar ou tipo uma ditadura, pois eu não quero isso”, ressaltou.

Cameli destacou que o apelo é devido ao baixo índice de cobertura vacinal do público que precisa tomar a 2° dose. “Eu quero que as pessoas naturalmente se conscientizem das suas obrigações”, concluiu.

Continuar lendo

Acre 01

Utilidade pública: Acre manterá vacinação para adolescentes de 12 a 17 anos sem comorbidades

Publicado

em

Na última quarta-feira, 15, o Ministério da Saúde, em nota, recomendou a suspensão da imunização de adolescentes de 12 a 17 anos sem comorbidades. Na nota, a pasta pede que sejam vacinados só os adolescentes com comorbidades ou privados de liberdade

Com tom negacionista, o governo federal afirmou ainda que a “maioria dos adolescentes sem comorbidades” não sofre de casos graves da doença e que “os benefícios da vacinação em adolescentes sem comorbidades ainda não estão claramente definidos”.

Apesar da orientação do Ministério da Saúde, a vacinação deve continuar em todo o Acre. Ao ac24horas, tanto a Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) e a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) de Rio Branco informaram em nota nesta sexta-feira, 17, que a pasta não seguirá a recomendação do Ministério da Saúde (MS).

“Essa nota técnica vale para estados e municípios em atraso no esquema vacinal. O que não é nosso caso e há pelo menos 2 meses, foi pactuado em reunião da Comissão Intergestores Bipartite que seguiríamos vacinando adolescentes de 12 anos e acima com ou sem comorbidades”, explicou a Semsa.

“Seria um retrocesso e acima de tudo estamos na iminência do retorno das aulas presenciais e precisamos garantir um ambiente sanitário seguro para todos. Sem contar que somos um estado de fronteira, inclusive, com o Peru, onde a variante Delta toma proporções preocupantes naquele país”, acrescentou a pasta municipal de Rio Branco.

Nas redes sociais, o médico infectologista e referência no combate ao vírus no Acre, Thor Dantas, fez coro à nota da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIM).

Na nota, a SBIM discorda da decisão em suspender a vacinação de adolescentes sem comorbidade após o início da vacinação desse grupo.”A medida gera receio na população e abre espaço para fake news”, diz a SBIM.

“Técnica, precisa, sóbria, assertiva, embasada como convém à ciência de boa qualidade!”, acrescentou Thor Dantas ao comentar a nota da SBIM.

O Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed) manifestou-se nesta sexta, assim como outras instituições da área, pela manutenção da vacina aos adolescentes.

“A campanha pela vacinação de adolescentes deve continuar! A vacina contra Covid-19 fabricada pela Pfizer-BioNTech, conhecida como Cominarty, foi aprovada pelo órgão regulatório estadunidense (FDA) em 23 de agosto deste ano para aplicação em adolescentes a partir dos 12 anos de idade e de acordo com o Ministério da Saúde foram registrados eventos adversos em apenas 0,043% dos casos, incluindo os eventos graves, como miocardite, responsável por 16 casos por milhão de vacinados, índice inferior ao risco da própria Covid”, salientou o presidente do Sindimed, Guilherme Pulici.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas