Conecte-se agora

Fies 2021.2: estudantes têm até amanhã (30) para manifestar interesse do programa

Publicado

em

As inscrições para o segundo semestre do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) encerram amanhã (30). Estudantes interessados em ingressar na graduação com o auxílio do benefício devem se inscrever através do site do programa. Pode participar quem fez qualquer edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010.

Para essa edição, foram disponibilizadas 69 mil vagas em cursos superiores nas instituições de ensino particulares do país. Diferentemente de anos anteriores, em 2021.2 o Fies tem uma oferta maior de vagas do que a edição do 1º semestre, que geralmente é a que tem um volume maior de vagas e instituições participantes. Sendo assim, os candidatos terão mais oportunidades de conquistar o crédito estudantil. 

O programa tem por objetivo conceder financiamento a estudantes em cursos superiores particulares, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação (MEC) e ofertados por instituições aderentes ao programa.

Para conseguir o financiamento, candidato precisa ter obtido média das notas nas cinco provas do Enem igual ou superior a 450 pontos, nota superior a zero na redação e não ter feito o Enem na condição de treineiro. 

Os cursos disponíveis pelo Fies estão listados no site do programa, assim como o número de vagas disponíveis para cada estado. O resultado dos candidatos dos pré-selecionados em chamada única será divulgado no dia 3 de agosto e o prazo para complementação da inscrição dos pré-selecionados será de 4 a 6 de agosto.

Os candidatos não pré-selecionados na chamada única do Fies podem disputar uma das vagas da lista de espera. Esses participantes serão inseridos automaticamente na lista, cujo prazo de convocação será de 4 a 31 de agosto.

Como se inscrever no Fies

As inscrições do Fies são on-line. Veja, abaixo, as instruções do Ministério da Educação:

– Acesse o sistema de inscrição do Fies;

– Clique em ‘Minha Inscrição’.

– Clique em ‘Fazer Cadastro’. O estudante será direcionado para a página do GOV.BR, onde deverá preencher todas as informações solicitadas;

– Após concluir o cadastro, será direcionado novamente para a página do Fies;

– De volta à página do Fies, deverá clicar em ‘Entrar com GOV.BR’, e informar o CPF e a senha cadastrada. Feito isso, já estará no sistema de inscrição do Fies. Agora basta preencher as informações solicitadas.

 Fonte: Agência Educa Mais Brasil 

Acre

Nova onda de frio deve chegar ao Acre na próxima semana, diz Friale

Publicado

em

O portal O Tempo Aqui anunciou nesta quinta-feira, 26, que uma nova onda de frio polar chegará ao Brasil na próxima semana e deverá atingir o Acre com intensidade um pouco maior do que a última, que iniciou em 16 de maio.

Segundo a página de previsão do tempo, ainda está sendo feito o monitoramento da formação deste evento meteorológico. Nos próximos dias, serão repassado mais informações sobre a abrangência da situação.

As estimativas atuais é que a onda de frio deverá alcançar o Estado acreano no começo de junho.

Continuar lendo

Acre

Lojistas reclamam que intervenção da rua Rio de Janeiro causa prejuízo

Publicado

em

O vereador Emerson Jarude (MDB), usou a tribuna da Câmara Municipal de Rio Branco nesta quinta-feira, 26, para trazer uma reclamação coletiva de cerca de 26 lojistas que atuam na Rua Rio de Janeiro, em Rio Branco contra a prefeitura de Tião Bocalom.

Segundo o líder do MDB no parlamento, a razão pelo descontentamento dos empresários é em razão de uma intervenção na malha viária feita pela prefeitura de Rio Branco em plena luz do dia. Jarude alega que a obra está afastando a clientela e trazendo prejuízo que ultrapassa os R$ 150 mil. “A prefeitura foi na quinta passada, e no sábado tiraram as máquinas. São 26 lojas com prejuízo que passa dos R$ 6 mil reais*, declarou.

O vereador Fábio Araújo (PDT) pediu a palavra e também criticou a falta de planejamento da atual gestão. Quem também não gostou da postura do Poder Executivo foi o vereador da base de Bocalom, Samir Bestene (Progressistas) que fez questão de criticar a ação e cobrou posicionamento da secretaria de Infraestrutura do município.

Continuar lendo

Destaque 4

Mãe de 5 filhos faz apelo para trabalhar após ser roubada duas vezes em 15 dias no Camelódromo

Publicado

em

Lineide Menezes, 40 anos, é o que se pode chamar de “mulher virada”. Separada, sustenta os cinco filhos sozinha. “Vendo cosméticos, trabalho com pensão, peça íntima, semijoias e coloco crédito para telefone. Faço de tudo um pouco e não tenho medo do trabalho”, diz Lineide.

Ocorre que o já era uma vida difícil, ficou muito pior. É que em um período de 15 dias, a pensão, que ela aluga no Centro Comercial Aziz Abucater, conhecido como Camelódromo, foi alvo de criminosos duas vezes. “A primeira vez levaram tudo eu que tinha, um prejuízo de mais ou menos 8 mil reais. Eu dei um jeito e peguei toalhas, lençóis, panela e fiquei vendendo para ganhar comissão. Os bandidos vieram de novo e levaram tudo que tinha na pensão”, afirma.

Lineide, que há mais de 13 anos trabalha na região do Camelódromo, conta que não tem coragem de voltar para a pensão e nem dinheiro para pagar o aluguel do local. A trabalhadora teme que por falta de um ponto de trabalho, os filhos comecem a passar fome. “Eu preciso de um ponto para trabalhar. Eu estou tentando vender umas poucas coisas pelos menos para comer, mas em qualquer lugar que eu me sento vem o “rapa” e me expulsa. Eu faço um apelo para que me consigam um local para trabalhar. Não deixem que meus cinco filhos passem fome mesmo eu tendo coragem de trabalhar todos os dias da minha vida”, afirma.

Lineide registrou um boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia, mas até agora seus produtos roubados não foram encontrados.

A reportagem tentou entrar em contato com a prefeitura para saber se há algo que possa ser feito no caso do apelo de Lineide, mas ainda não obteve resposta.

Continuar lendo

Cotidiano

Viúva de homem assassinado por cunhado quer irmão na cadeia: “Ele sempre foi ruim”

Publicado

em

A dona de casa Maria Jossiane Souza do Carmo, viúva do autônomo Raimundo Nonato Lima da Silva, o “Lázaro”, de 43 anos, assassinado com duas facadas na noite da última terça-feira (24) pelo cunhado José Jossiano Souza do Carmo, afirma que quer ver o irmão na cadeia.

Nesta quarta-feira (25), ela esteve na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para conversar com o delegado Alcino Júnior sobre a morte trágica do marido. A viúva afirmou querer justiça e que o acusado vá para a cadeia.

“Meu irmão é uma pessoa muito ruim e quero vê-lo preso o mais breve possível. Ele matou meu marido de forma covarde”, comentou.

Ainda muito abalada, pensando como será a vida sem o marido, especialmente pelo fato de estar grávida do primeiro filho do casal, Jossiane, que é mãe de duas meninas de outro casamento, disse não saber como vai levar a vida, já que Raimundo Nonato era quem mantinha a família.

“Meu irmão acabou com minha vida. Além de matar meu marido deixou três crianças na orfandade, já que o Lázaro era um verdadeiro pai para minhas filhas”, lamentou.

Em uma longa conversa com a imprensa, ela relatou qual a verdadeira motivação para o assassinato. Contou que no Natal do ano passado, ela e o marido não ficaram em casa, optando por aceitar o convite de um vizinho para um jantar de confraternização, o que teria deixado Josseano revoltado, a ponto desse arrombar a residência do casal.

Ao retornar, Raimundo Nonato, não gostando da atitude do cunhado o chamou à atenção. Desde então, o acusado ficou com raiva do marido da irmã, deixando de frequentar sua casa como fazia antes. Porém, na terça-feira passada ele apareceu dizendo para a irmã que queria tomar um banho, indo direto para o banheiro.

Cerca de dez minutos depois, quando voltava, encontrou Raimundo Nonato, que era conhecido por “Lázaro”, sentado numa cadeira. Foi em direção do mesmo como se fosse lhe dá um abraço e de forma covarde o atingiu com duas facadas na zona abdominal.

Socorrido por uma ambulância do SAMU ele morreu quando era submetido a uma cirurgia no Pronto Socorro de Urgência e Emergência de Rio Branco.

“Foi um ato covarde. Meu marido não teve nenhuma chance de defesa”, lamentou a viúva.

Crime premeditado

O delegado Alcino Júnior, que cuida do caso, acredita que o assassino tenha planejado a morte do cunhado.

“Tudo indica que se trata de um crime premeditado. Ninguém acredita que alguém vá na casa da irmã com uma faca, que não seja para fazer alguma coisa de ruim, e foi o que aconteceu. Acredito que ele tenha planejado tudo antes” disse a autoridade policial.

O assassino continua na condição de foragido.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!