Conecte-se agora

Fundão eleitoral, o combinado custa caro!

Publicado

em

Há um ditado popular que diz que, “o combinado não custa caro”. Como toda regra tem exceção, o dito não serve para deputados federais, senadores e o presidente da república. O que eles combinaram vai custar muito caro aos cofres da nação.

A Câmara e Senado aprovaram na LDO o aumento de R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões no Fundo Especial Eleitoral, o “Fundão de Campanha”, a ser torrado nas eleições do ano que vem. A nação ficou em choque com tão vergonhoso aumento. Uma afronta a população no meio de uma pandemia com mais de 550 mil mortos e cerca de 20 milhões de brasileiros na miséria absoluta.

A princípio, o presidente Jair Messias Bolsonaro que não é “coveiro” nem “faz milagres” se mostrou bastante indignado com a proposta indecente dos antigos parceiros de parlamento. Para acalmar o povo e os seus seguidores, em nome da moral e dos bons costumes, assinalou que vetaria a proposta.

Ledo engano! Conforme o combinado com o Centrão, já que a proposta real não era a de manter os R$ 5,7 bilhões, mas qualquer valor acima dos dois R$ 2 bilhões, afirmou a nação brasileira que R$ 4 bilhões estão de bom tamanho.

A pergunta é: Bolsonaro está errado quando faz isso? Moralmente sim, mas politicamente não. Ou ele se junta com o famigerado Centrão ou sua cabeça rola do planalto bem antes mesmo da data da reeleição ano que vem com um impeachment.

Ao se recusar a negociar com o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, Dilma assinou a sentença de morte política. Coisa que Bolsonaro não faz nem aqui nem na lua. Para ele, perder para o Lula é impensável. O Impensável não existe.

“São tão simples os homens e obedecem tanto às necessidades presentes, que quem engana encontrará sempre alguém que se deixa enganar”. (Maquiavel)

. Uma gestão pode começar ruim e terminar muito boa.

. Ou, pode começar bem e terminar muito mal.

. Vai depender sempre da competência do gestor de rever e ajustar posições como em um jogo de futebol.

. O deputado Jenilson Leite (PSB) se porta como um verdadeiro candidato a governador de 3ª via política; faz muito bem a sua parte.

. Seus movimentos são corretos.

. Aguardar para ver o resultado.

. O senador Sérgio Petecão (PSD) anda “cascaviando” votos pelas bandas do Juruá.

. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vetou projeto de lei aprovado pela Câmara dos deputados que facilitava o acesso a remédios orais contra o câncer.

. A proposta tentava reduzir exigências relacionadas aos planos de saúde.

. Uma lástima!

. Salve! Salve! Ó Brasiléia! Sentinela da fronteira…

. Salve Brasiléia!

. Terra querida que me viu nascer.

. Não convidem o prefeito Bocalom para jogar bola, pense num perna de pau.

. “A pior arma das sereias não é o canto, mas o silêncio”. (Uma do Franz Kafka)

. Bem lembrado, em seu primeiro ano de governo Jorge Viana obrigou as construtoras a pagarem com a primeira parcela da medição os salários dos trabalhadores.

. Com a outra, poderiam comprar carros, chácaras, fazendas, apartamentos no nordeste e viajar para a Disney.

. Bom dia!

Coluna do Astério

Angelim e Marcus, na marca do pênalti

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Justiça do faz de conta!

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Jorge Viana X Márcio Bittar, um confronto inevitável

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

O quarto do João

Publicado

em

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas