Menu

Pesquisar
Close this search box.

Parada de ônibus de quase R$ 400 mil é construída onde não passa transporte coletivo

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

A construção de uma suposta parada de ônibus na frente da escola estadual rural 25 de Julho, localizada no Ramal 2 Irmãos, na zona rural de Rio Branco, virou alvo de polêmica. Ocorre que a suposta parada de ônibus teria sido construída em um ramal, onde simplesmente não passam ônibus. Junto com a pavimentação em tijolos de parte do ramal, o valor da obra se aproxima dos R$ 400 mil reais. O assunto chegou até a sessão da Assembleia Legislativa durante a sessão desta terça-feira, 6, por meio do deputado estadual Daniel Zen (PT).


Em entrevista à TV 5, o próprio diretor da escola, Geraldo Carneiro, disse que até hoje não sabe qual serventia tem a obra. “Eu questionei, perguntei para a pessoa responsável que tava aqui na obra e ele disse que não sabia e que eu teria que procurar um engenheiro do Deracre para perguntar”, afirmou.

Anúncios


O ac24horas questionou o governo do estado sobre a polêmica obra. Em nota, Cirleudo Alencar, Secretário Estadual de Infraestrutura do Acre (Seinfra), afirmou que a denúncia é caluniosa e desonesta. De acordo com o gestor, a obra na verdade é uma espécie de portal para ser usado pelos alunos que chegam nos ônibus escolares para evitar que se sujem de lama no inverno e poeira durante o verão amazônico.


Cirleudo afirma ainda o projeto de infraestrutura na entrada das escolas, bem como o portal de entrada é um projeto a ser realizado em todas as escolas rurais estaduais para facilitar o acesso dos estudantes que usam o transporte escolar, dando mais segurança com calçamento para evitar lama ou poeira tornando-se um benefício para o retorno das aulas presenciais.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido