Conecte-se agora

Patrimônio histórico e tombado no Acre, Tentamen está em ruinas

Publicado

em

O lugar charmoso e valioso que recebia pessoas da alta sociedade acreana na década de 1960, deu lugar a um espaço sombrio, coberto por lixo e matagal. A Sociedade Recreativa Tentamen, localizada em Rio Branco, está em ruínas.

A situação é mostrada pelo videomaker do ac24horas, Kennedy Santos. De 2016 até os dias atuais, o cenário é desolador de um local que já foi um dos mais disputados para sediar festas.

Quem teve alguma relação com o prédio antigamente, sente vontade de chorar quando passa em frente ao local atualmente, um dos endereços mais famosos da história do Acre, nas proximidades da Gameleira.

A Tentamen, casa de encontros sociais fundada em 1924, teve seu ponto alto nas décadas de 50 e 60, quando recebia em seus salões a elite acreana da época.

Fechada por conta da falta de condições de funcionamento, o espaço aguarda autorização do governo do estado para reforma desde 2016.

O tombamento como patrimônio histórico e cultural do Acre aconteceu em 2020. Atualmente quem administra o espaço é a Fundação de Cultura Elias Mansour, que tem como presidente Manoel Pedro.

Veja em detalhes como está toda estrutura da casa de shows e festa mais antiga do Acre.

Assista ao vídeo:

video

Destaque 7

Uma das pousadas do Acre mais disputadas sofre como abandono

Publicado

em

Localizada há 1 km da entrada de acesso à cidade de Xapuri, no interior do Acre, a Pousada do Seringal Cachoeira, que já foi símbolo perfeito da harmonia entre o homem e a natureza, está em situação de completo abandono.

Construída dentro de uma área de proteção ambiental com recursos públicos, foi inaugurada em 2007. No entanto, há 5 anos o local não recebe investimento, e tem boa parte dos compartimentos deteriorados.

O ac24horas mostra em vídeo, com exclusividade, a situação triste do despreparo do poder público em encontrar uma saída para não perder de vez uma das pousadas mais disputadas da Amazônia.

O vídeomaker Kennedy Santos conversou com os moradores do local e, além de mostrar detalhes da casa, revela também como os moradores que dependiam do sucesso da casa vivem hoje.

Familiares do saudoso ambientalista Chico Mendes também conversaram com a reportagem e lamentam a falta de investimento.

Assista ao vídeo:

video
Continuar lendo

Destaque 2

Mauricio Bacurau vive de boas lembranças

Publicado

em

O ex-jogador de futebol Maurício Bacurau, de 77 anos, pode até não ser lembrado pelos mais jovens, mas entre a velha guarda do esporte e ex-atletas, é uma unanimidade.Jogador de baixa estatura, pernas tortas, ágil e habilidoso. São com essas qualidades que os entrevistados do videomaker do ac24horas, Kennedy Santos, definem o ponta esquerda que atualmente vive no distrito de Extrema, Rondônia.

Bacurau, que foi jogador do GAS, Grêmio Atlético Sampaio, dirigido por Militares na década de 60, e Atlético Acreano, vive seus dias de saudade ao lado da esposa, filhos, netos e bisnetos, distante 180km de Rio Branco. Foi em Extrema que ele recebeu o ac24horas para contar com saudade seus tempos de estrela quando se tornou um dos mais reverenciados jogadores do futebol amador acreano.

O vídeo revive o que para muitos foi o melhor período do futebol acreano. Assista:

video

Continuar lendo

Kennedy Santos

Valdetes

Publicado

em

Enquanto a maioria comemora o período natalino de maneira trivial, com a mesa farta, reecontros e troca de presentes, outros fariam apenas um desejo ao carismático Papai Noel: emprego. É o caso de dona Valdete Araújo, que mora na rua Francisco Aldemar, no bairro Chico Mendes, periferia de Rio Branco.

Divorciada, há um tempo atrás, ela mantinha quatro filhas e netos com a venda de café da manhã. Na casa em que reside, ainda se contra uma rústica e simples pintura que relembra os velhos tempos de comida na mesa. Hoje, Valdete lamenta e chora por não poder ter as filhas, os 12 netos, o bisneto e genros dentro de sua casa porque lhe falta o alimento e a casa se encontra praticamente deteriorada.

No dia em que foi entrevistada pelo repórter cinematográfico do ac24horas, Kenedy Santos, não tinha nada para comer e contava apenas com a fé para que ao longo do dia aparecesse algo para ingerir. O único neto que morava com ela e que ajudava a comprar alimento se encontra preso atualmente. “Foi preso há três meses, justamente o que me ajudava”. E ela jura não saber o porquê. Envergonha-se, com os olhos que parecem estar sempre prontos a chorar.

Sem benefício, renda ou aposentadoria, conta que seu desejo natalino para este ano é apenas conseguir um emprego e ter sua lanchonete de volta: “Tinha tudo, tinha café da manhã pros meus netos, almoço, merenda, janta. Faturava muito com o lanche. Hoje em dia não tenho mais nada”. Um pastor construiu uma bancada para que ela pudesse retomar as vendas, mas ela não tem recurso nenhum para iniciar o trabalho.

“Hoje, só oro e entrego pra Deus. Antigamente a gente se reunia, tinha ceia. Hoje em dia não tenho mais como fazer uma comida pros meus netos e filhas. eu Natal mais alegre é estar todo mundo com saúde, as minhas quatro filhas juntas, meu genro, meus 12 netos e um bisneto. E todo mundo com saúde”.

Franzina, ombros estreitos, corpo miúdo, voz um pouco estridente, quem sabe denunciando até um distante tempo em que cometia o luxo de ser fumante. Ela é a personagem desta semana. A narrativa de Valdete concretiza o que foi desconstruído em políticas públicas para tantas outras “Valdetes”, de tantos outros bairros “Chico Mendes” Brasil a fora.

ASSISTA O VÍDEO NA INTTEGRA:

video

Continuar lendo

Acre

Anna Lya, 1ª acreana a descobrir um asteroide

Publicado

em

Pode-se dizer que Anna Lya Menezes Cardoso vive com a cabeça nas nuvens. Bem, no caso da estudante de apenas 11 anos, é melhor dizer que está um “pouco” acima das nuvens.

É que Ana Lya, que cursa a 6ª série do ensino fundamental, participa de um programa chamado Caça Asteróides, que programa de abrangência nacional e internacional desenvolvido em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e o International Astronomical Search Collaboration (IASC/NASA), com objetivo de popularizar a ciência entre cidadãos voluntários.

O interesse de Ana Lya pela ciência pode ter feito com que a jovem seja a primeira acreana a ser reconhecida pela NASA pela descoberta de um asteroide.

O videomaker do ac24horas, Kennedy Santos, foi conhecer a menina que vive olhando para as alturas e sonhando em ser astronauta. Assista ao vídeo.

video

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2021 ac24Horas.com - Todos os direitos reservados

error: Content is protected !!