Conecte-se agora

Gladson assina ordem de serviço para construção do Centro Integrado de Meio Ambiente em Feijó

Publicado

em

Foto: Diego Gurgel/Secom

O governador Gladson Cameli (Progressistas) assinou nesta quinta-feira (17) a ordem de serviço para a construção do segundo Centro Integrado de Meio Ambiente no município de Feijó, no interior do Acre.

Além estrutura será a primeira edificação autossustentável construída no estado, vários serviços ambientais serão ofertados para a população do Vale do Tarauacá-Envira e Manoel Urbano, a terceira região mais habitada do Acre.

O governo destacou que a obra está orçada em R$ 2,8 milhões e é financiada pela fase II do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Acre (PDSA), do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Cameli reforçou que o governo prega pela preservação do meio ambiente. “Ao mesmo tempo, dar a segurança necessária para o desenvolvimento do nosso estado. O centro vai facilitar a vida dos produtores rurais e ajudar as fiscalizações contra quem insiste em desobedecer às leis ambientais”, ressaltou.

Israel Milani, secretário de Meio Ambiente, afirmou que toda energia consumida no prédio será produzida por placas fotovoltaicas. “A água vai ser retirada do poço e reaproveitada. É uma importante conquista para a população que vive na região central do estado, bem como para a questão ambiental”, argumentou.

O Centro Integrado reunirá ações da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac) e Instituto de Terras do Acre (Iteracre). A partir de outubro, processos de emissão de licenciamentos ambientais, regularização fundiária, outorga de água, Cadastro Ambiental Rural (CAR) e Programa de Regularização Ambiental (PRA) serão oferecidos em Feijó. Atualmente, esses serviços são realizados somente em Rio Branco.

Acre 01

Gladson assina ordem para manutenção de ramal em Assis Brasil e anuncia R$ 6,2 milhões

Publicado

em

O governador Gladson Cameli (Progressistas) assinou nesta segunda-feira, 02, a ordem de serviço para a manutenção de 36 quilômetros de ramal, que também contempla a construção de bueiros e pontes, na comunidade Divisão, localizada na região do Icuriã, em Assis Brasil.

Na mesma solenidade houve ainda a formalização da Operação Apoio e a entrega de máquinas pesadas para a recuperação das demais estradas vicinais do município. Juntos, os investimentos somam R$ 6,2 milhões.

Os recursos são provenientes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), por meio do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Acre (PDSA II). A obra será executada pela Secretaria de Meio Ambiente e Políticas Indígenas (Semapi).

Em seu discurso, o governador destacou que a população da zona rural merece atenção especial por sua determinação e relevante contribuição com o desenvolvimento do estado.

“Não existe dia ruim para quem quer trabalhar. Teremos muitos recursos disponíveis para os nossos ramais e vamos preparar o nosso estado para as nossas crianças, que merecem um futuro com mais oportunidades. A população da zona rural tem a minha admiração e podem contar sempre comigo”, declarou Gladson.

O titular da Semapi, Israel Milani, destacou a relevância dos serviços que serão realizados no ramal em prol dos moradores do Icuriã. “Essa obra é mais um compromisso firmado pelo governo e que está sendo cumprido. Estamos trazendo dignidade e o direito de ir e vir dessas pessoas, valorizando a floresta e a população que nela vive, sempre priorizando a sustentabilidade”, afirmou o secretário.

Continuar lendo

Acre 01

Mulher é arremessada no asfalto, desmaia e fica em estado grave após colisão com carro

Publicado

em

Uma colisão entre um carro uma motocicleta deixou a motociclista Vanderleia de Matos Dantas, de 31 anos, gravemente ferida na tarde desta segunda-feira, 2, na Avenida Getúlio, bairro Vila Ivonete, em Rio Branco.

De acordo com informações de populares que presenciaram o acidente, a condutora da motocicleta Biz de cor vermelha, Vanderleia, trafegava na avenida no sentido bairro-centro quando o motorista do veículo Fiat Uno, de cor vermelho, que trafegava na rua Francisco Neri, teria invadido a preferencial na Avenida e colidido contra a moto.

Com o impacto, Vanderleia foi arremessada, bateu a cabeça no asfalto e desmaiou. O motorista do carro permaneceu no local e acionou a ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Os paramédicos prestaram os primeiros atendimentos e encaminharam Vanderleia ao Ponto-Socorro de Rio Branco em estado de saúde grave.

Policiais Militares do Batalhão de Trânsito estiveram no local e isolaram a área para os trabalhos de perícia. A motocicleta foi removida por um guincho e o condutor do veículo em seguida liberado.

Continuar lendo

Acre 01

Cerca de 1,5 toneladas de alimentos vencidos e irregulares são apreendidos em presídio

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Acre flagrou mais um caso de dinheiro público jogado fora e de negligência com a saúde de reeducandos do sistema prisional. Durante inspeção de rotina no presídio de Senador Guiomard na última sexta-feira, 30, o promotor de justiça Tales Tranin, 4ª Promotoria Criminal de Execução Penal e Fiscalização de Presídio, acompanhado do diretor operacional do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (IAPEN), Glauber Feitosa, foi avisado pelos detentos de diversas irregularidades que vão desde a comida em pequena quantidade, até a denúncia de que os alimentos servidos em muitos dias são entregues estragados.

O promotor resolveu fazer uma vistoria nos alimentos. A primeira constatação foi a de que realmente a marmita individual está sendo servida com peso abaixo do que o estado paga em contrato. “De posse dessa primeira informação, resolvi abrir uma marmita que chegava para o almoço dos presos e a pesei. Logo de cara eu vi que era pouca comida. Para confirmar, o peso deu 650 gramas e o contrato é que a empresa forneça 800 gramas de comida. Abri outras e confirmei que tinham a mesma quantidade de alimentos”, afirma Tranin.

Como também havia a informação de comida estragada, o promotor de justiça decidiu vistoriar a câmara fria onde ficam os alimentos. Para a surpresa do representante do Ministério Público foi descoberto uma grande quantidade de alimentos estragados e outros acondicionados de forma irregular e também sem data  de validade.

“Para minha surpresa tive que apreender mais de 1,5 toneladas de alimentos. Eram alimentos com a data de validade vencida, outros acondicionados de forma inapropriada e mais produtos sem a data de validade, que por isso nem se sabe quando venceu. Pedi a presença da vigilância sanitária ao local, foi feito o auto de infração e recolhido os alimentos”, afirma Tales.

Foram descobertos diversos alimentos estragados como carne, frango, salsicha, mortadela e  calabresa. Ao longo desta segunda-feira, 3, Tales Tranin deve encaminhar à promotoria de Senador Guiomard e também ao IAPEN para que as providências sejam adotadas.

Continuar lendo

Acre 01

Acre aguarda nota técnica do Ministério da Saúde para vacinar adolescentes contra Covid-19

Publicado

em

O início da vacinação contra Covid-19 para adolescentes que tenham entre 12 a 17 anos poderá ocorrer nas próximas semanas. As informações são da Secretária Estadual de Saúde, Paula Mariano, e do secretário municipal de saúde, Frank Lima.

Em entrevista ao Gazeta Alerta nesta terça-feira, 27, os gestores afirmaram que a vacinação depende apenas de uma Nota Técnica do Ministério da Saúde (MS).

A secretária de saúde do Estado, Paula Mariano, afirmou que a vacinação desse grupo ocorrerá após autorização do MS e o cumprimento da meta dos vacinados acima de 18 anos.

“A gente precisa da liberação do Ministério da Saúde e estamos em conversa com o Ministério. Pra eu falar isso, a gente tem que cumprir a meta acima de 18 anos”, afirmou.

O secretário de saúde de Rio Branco, Frank Lima, afirmou que a vacinação contra covid-19 de adolescentes a partir de 12 anos deverá começar com aqueles com comorbidades ou deficiência permanente.

“Sexta e sábado eu recebi o secretário nacional do Ministério da Saúde em Rio Branco e eles visitaram conosco os pontos de vacinação, e foi aventado que o Ministério da Saúde está pensando em fazer a vacinação de pessoas com 12 anos ou mais com comorbidades. E aí nós pedimos a ele que liberasse Rio Branco para que descesse na idade, mas tem uma singularidade do Brasil. Ele não pode fazer uma nota técnica somente para Rio Branco e a medida que iremos tomar assim que a nota técnica chegar, a gente vai pedir uma reunião de CIBS e não só Rio Branco, mas todos os municípios poderão iniciar a vacinação pelos 17 anos”, afirmou.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas