Conecte-se agora

Mais de 30 vigias são demitidos com 6 meses de salário atrasado em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Ao menos 34 vigias que trabalharam para a empresa Maciel, atuando nas escolas estaduais e no Estádio Arena do Juruá,  em Cruzeiro do Sul, denunciaram que além de não receber seus salários desde dezembro do ano passado, ainda foram demitidos no dia 18 de maio sem ganhar nem a rescisão.

Segundo os trabalhadores, a empresa diz que não recebe do governo do Estado por meio da secretaria Estadual de Educação, desde dezembro, por isso não tem como pagá- los.

“A empresa diz que é culpa da secretaria de educação. A gente liga pra lá  e eles mandam ter paciência. Já a  secretaria de educação fala que é culpa é da empresa. E enquanto isso nós  estamos passando necessidade. Têm muitos que não têm o que comer”, relata um dos demitidos que não quer se identificar.

O representante da empresa que tem sede em Rio Branco,  identificado como Edmilson, afirma que ajuizaram uma ação contra a secretaria Estadual de Educação por causa da falta de pagamento.

“A secretaria de Educação com quem tínhamos contrato decidiu não fazer os repasses atrasados e a empresa decidiu não renovar o contrato e ajuizar a ação. Tentamos resolver da melhor forma até de voltar atrás e renovar caso eles decidisse pagar mas foi tempo perdido, não pagaram,  não quiseram acordo. Então estamos levando o caso para justiça”, conta.

Por meio da Assessoria de Comunicação, a secretaria Estadual de Educação  afirma que não efetuou o pagamento por problemas da empresa.  Abriu  processo administrativo contra a Maciel  e emitiu  notificação para que sejam  apresentados os termos de rescisão dos trabalhadores. A secretaria busca formas para fazer os pagamentos diretamente aos vigias.

” A empresa J.O Nascimento, nome fantasia Maciel empreendimentos, está com os processos na secretaria. Contudo, por não comprovar o pagamento dos salários dos trabalhadores, não foi repassado a eles o recurso. Essa é uma exigência da lei e consta em contrato. Recentemente houve várias reuniões com a equipe de governo e empresas e a decisão final era que os pagamentos seriam efetuados por meio de termos administrativos, diretamente na conta dos trabalhadores mas a  empresa optou por não assinar o termo. A vigência do contrato deles estava se encerrando no mês de abril e só então a secretaria foi informada que já tinha sido dado aviso aos trabalhadores. Sendo assim, foi aberto processo administrativo contra a empresa e emitida notificação para que fosse apresentado o quanto antes os termos de rescisão. Somente com o envio dessas comprovações por parte da empresa é que a secretaria poderá dar andamento e efetuar o pagamento diretamente aos trabalhadores por meio de liminar na justiça”, explicou.

Na rede

Prefeito Jailson Amorim inaugura UBS e Mercado Municipal de Rodrigues Alves

Publicado

em

Seguindo a programação do aniversário de 29 anos do município de Rodrigues Alves, o prefeito Jailson Amorim inaugurou nesta segunda-feira, 26, a Unidade Básica de Saúde – UBS da Comunidade Luzeiro e o Mercado Municipal Sebastião Correia, no Centro da cidade.

Amorim também assinou ordens de serviço de construção de uma quadra coberta na Comunidade Luzeiro e de restauração da quadra da localidade Nova Cintra, onde a prefeitura também vai fazer calçadas.

Além dos moradores, participaram dos eventos, a deputada federal Jessica Sales, autora das emendas das construções do Mercado e da quadra do Luzeiro e a deputadas estaduais Maria Antônia e Antônia Sales, além de vereadores.

Jailson destacou a importância das duas obras que entrega, nas áreas de saúde e agricultura familiar. “É uma honra entregar essa UBS que vai garantir aos moradores, a possibilidade de atendimento de saúde próximo de casa e o Mercado Municipal, que fortalece a agricultura familiar e garante espaço adequado para comerciantes e consumidores”, declarou ele.

As inaugurações e ordens de serviço de obra prosseguem até esta quarta feira, dia 28, quando Rodrigues Alves comemora 29 anos de emancipação política. O município fazia parte de Cruzeiro do Sul até ser desmembrado.

Continuar lendo

Na rede

Gerente de loja assaltada no Juruá diz que 190 atendido em Rio Branco favorece o crime

Publicado

em

O gerente de uma loja assaltada no último sábado, 24, no bairro Aeroporto Velho, na cidade de Cruzeiro do Sul, Wilson Perim, reclama que o direcionamento das ligações do 190 para Rio Branco, que por sua vez  aciona a base de Cruzeiro do Sul, atrasa a ação da Polícia Militar e favorece o crime e as fugas.

Ele relata que a Polícia Militar estava há menos de 2 quilômetros da loja na hora do crime, mas apareceu no local cerca de 10 minutos depois de ser acionada. Ele conta  que a ligação para o 190 foi atendida em Rio Branco, que acionou as guarnições de Cruzeiro.

“Esse tempo que se perde entre ligação de Cruzeiro do Sul para Rio Branco e depois de volta pra Cruzeiro favorece o crime, os bandidos e a fuga deles. Fui assaltado 2 vezes em 9 meses e agora o prejuízo foi de R$ 36.800. Os policiais na hora da ligação estavam posicionados na escola Juscelino Kubitschek, a menos de 2 quilômetros da loja. Se houvesse rapidez nessa comunicação, os assaltantes poderiam ser pegos em flagrante , pois os assaltantes ficaram aproximadamente 6 a 8 minutos na loja”, desabafa preocupado.

No vídeo é possível ver  os assaltantes renderem uma cliente e duas vendedoras e sendo agressivos com uma das funcionárias da loja, que é mantida presa pelo pescoço pelo criminoso.

O comandante do Centro Integrado de Segurança Pública – CIOSP Acre, tenente-coronel Casagrande, explica que a mudança trouxe um ganho para os usuários,  já que a central na capital tem um efetivo maior para atender as ligações e repassar os casos para cada município.

Segundo ele, esse sistema será modificado com a chegada de smartphone, que serão destinados para as guarnições de Cruzeiro do Sul, quando o intermediário será eliminado. “O Ciosp atenderá em Rio Branco e passará a ocorrência direto para as guarnições de Cruzeiro do Sul por meio dos smartphones sem passar por uma base, como ocorre atualmente. Os aparelhos estão sendo  adquiridos”, relata.

Veja o vídeo:

Continuar lendo

Na rede

Ex-vereador de Cruzeiro do Sul não sai de cima do muro e diz apoiar Jéssica e Márcia para o Senado

Publicado

em

O ex-vereador de Cruzeiro do Sul por quatro mandatos e três vezes presidente da Câmara Municipal, Romário Tavares (MDB), aliado da família Sales, diz estar apoiando ao mesmo tempo as candidaturas ao Senado de Márcia Bittar e de Jéssica Sales.

“Eu não vou ter que sair de cima do muro, porque tenho certeza que apenas uma delas será candidata ao senado. Ainda falta um ano para as convenções e a que se viabilizar, que tiver, por exemplo, o apoio do governador Gladson Cameli e outros partidos, será a candidata. As duas são fortes, mas só vai uma e o  processo político vai definir qual”, declarou.

Romário acompanhou Márcia Bittar  quando ela esteve em Cruzeiro do Sul na motocarreata de apoio ao presidente Jair Bolsonaro no dia 17 de julho. Além do evento, foi com ela em outros locais públicos e em visitas no município onde a apresentava como candidata ao senado com apoio do presidente. Informações apontam que ele teria dito, nas visitas,  que Jessica é candidata a reeleição. Ele negou que tenha feito a afirmação.

Na noite desse sábado, 24, Romário estava no lançamento da pré-candidatura da deputada federal Jéssica Sales ao senado.

Tavares, que já esteve no ninho tucano junto com Bittar, já teve 3 mandatos de vereador pelo PSDB e 1 pelo MDB de Sales. Perdeu a eleição de 2020, quando teve 605 votos. Ele, que é candidato a deputado federal, conta que é amigo pessoal de Vagner Sales e de Márcio Bittar.

“Sou amigo dos 2. Conheço o Márcio Bittar a mais tempo, desde 1994. Vagner é meu amigo, aliado e grande liderança política, assim como Bittar, que foi relator do Orçamento da União. Vai levar cem anos pra que outro político acreano ocupe uma função dessa”, concluiu Romário Tavares.

O vereador Antônio Cosmo, do MDB ,também aliado de Vagner Sales, acompanhou Márcia Bittar em visitas em Cruzeiro do Sul.

Continuar lendo

Na rede

Zequinha diz que planejamento e parcerias garantem a melhoria da infraestrutura de Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Pela primeira vez na história de Cruzeiro do Sul, a prefeitura e o governo do Estado estão alinhados do ponto de vista político e de gestão. Fato que, junto com o planejamento adequado, segundo o prefeito Zequinha Lima (PP), faz toda a diferença para que o município dê um salto com relação à infraestrutura. “Eu trabalho com o governador Gladson Cameli e a gente não transfere responsabilidade, a gente assume responsabilidade, se junta e resolve. Também tenho apoio da bancada federal e estadual, em especial o presidente da Assembleia, deputado Nicolau Júnior”, ressalta.

Zequinha quer aproveitar essa aliança para avançar na melhoria da infraestrutura do município com ações que vão desde desobstrução de dispositivos de drenagem ao asfaltamento. A meta é asfaltar 5 quilômetros de pedaços de ruas por ano. “Segundo levantamento temos em Cruzeiro do Sul 50 quilômetros de pedaços de ruas que precisam ser feitos. Dentro da nossa realidade vamos asfaltar 5 quilômetros por ano incluindo calçadas, meios fios, drenagem e iluminação”, contou.

As ações são executadas por meio da Operação Verão, que mantém 8 equipes diariamente nas ruas com serviços de terraplanem, recuperação de ruas, aterros, construção de bueiros, meios fios, asfaltamento e tapa buraco.

Educação

Esta também é a primeira vez que Cruzeiro do Sul tem dois professores como prefeito e vice respectivamente: Zequinha e Henrique Afonso, o que resultou em valorização da categoria por meio de ganho salarial.

O salário dos professores foi adequado ao piso nacional da categoria, que ganhou R$ 1 mil nos salários. Os provisórios ganham agora R$ 2.700 e os efetivos, R$ 2.800, de salário. “Eu e Henrique assumimos com o compromisso de melhorar a qualidade da educação e isso passa pela remuneração dos professores .Quando éramos sindicalistas da educação tudo que queríamos era garantir ganho para os professores e agora como gestores ficamos imensamente felizes em proporcionar esse ganho para essa categoria profissional tão importante e hoje Cruzeiro do Sul paga o melhor salário de professor de todo o Acre”, pontuou Zequinha.

Vacinação

O município que foi o primeiro a vacinar professores e pessoas sem comorbidades, também foi o primeiro a alcançar o público de 18 anos contra a Covid-19. E a secretaria de Saúde do município já pediu autorização aos governos estadual e federal para avançar para a faixa etária de 17 a 12 anos esta semana. “Com a primeira dose já alcançamos 80 % do público alvo. O segredo mais uma vez é planejamento e o comprometimento total da equipe de saúde com a imunização da população de Cruzeiro do Sul”, conclui.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas