Conecte-se agora

Audiência entre governo e Sinteac termina sem nenhum acordo

Publicado

em

A primeira audiência de conciliação do Tribunal de Justiça (TJAC), que pretendia pôr fim à greve da Educação deflagrada desde 13 de maio, terminou sem uma resolução efetiva nesta quarta-feira (9).

Embora não tenha acordo, as partes envolvidas, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (SINTEAC) e a Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), representadas por Rosana Nascimento e Socorro Neri, se comprometeram em reunir no próximo dia 17 para deliberar acerca da greve da Educação.

Na audiência, Neri entregou a proposta do governo do Acre para o sindicato da Educação, que analisará as 11 medidas anunciadas pela pasta. A audiência foi conduzida virtualmente pelo desembargador, Júnior Alberto.

Desde maio em greve, a categoria pleiteia a reestruturação do Plano de Cargos e Carreiras (PCCR), o pagamento do Prêmio Anual de Valorização e Desenvolvimento Profissional (VDP), a vacinação prioritária dos professores contra a Covid-19 e dentre outras pautas.

Na semana passada, o governo do Acre anunciou uma série de medidas para pôr fim à greve, por exemplo, reformas das escolas, fornecimento de internet e notebook para professores, plataforma online para conectar professores e alunos e aquisição de máscaras, álcool em gel e termômetros, pagamento dos terceirizados, o retorno do adicional do ensino especial, a complementação das jornada dos servidores de apoio, no entanto, o Sinteac manteve a greve de pé em razão do Governo do Acre não ter encaminhado as medidas para a categoria analisar.

Acre

Governo promete vacinação e greve dos bancários é suspensa no Acre

Publicado

em

Em agenda na última segunda-feira (21), o deputado Neném Almeida (Sem Partido), junto com o presidente do sindicato dos bancários, Eudo Raffael, o diretor Nilton Admir, e o assistente social da instituição, Giovanny Kley, foram recebidos no Palácio Rio Branco pelo governador Gladson Cameli (Progressistas).

O propósito da reunião foi de construir um diálogo entre o governo e as pautas dos bancários, dando destaque para a vacinação de todos os trabalhadores de estabelecimentos bancários, assim como outros pontos defendidos pela categoria.

O parlamentar destacou que o governo se comprometeu em agilizar a vacinação prioritária dos profissionais, a categoria optou, por hora, em suspender a greve que seria deflagrada na última segunda-feira (21).

“Falamos da atuação dos bancários do estado na pandemia e das ações do sindicato em defesa de seus direitos. Destacamos a importância de se valorizar essa categoria tão essencial para a sociedade e ainda sobre a necessidade de estreitar a comunicação da classe com o governo”, pontuou Almeida.

Na oportunidade, também abordaram o governador sobre um processo promovido pelo governo contra o sindicato. Gladson se mostrou interessado em retirar o processo como sinal de boa fé e demonstração de que ele e sua equipe estarão de portas abertas para o diálogo e respeito às divergências de opiniões.

Continuar lendo

Acre

Gladson vai investir R$ 13 milhões em auxílio para a Segurança

Publicado

em

O governador do Acre, Gladson Cameli (Progressistas), anunciou nesta terça-feira, 22, a continuidade do pagamento do auxílio emergencial temporário de saúde (ATS) aos profissionais da Segurança que estão trabalhando na linha de frente do combate ao coronavírus.

O valor individual do auxílio será de R$ 325 e vai ser inserido na conta dos trabalhadores por mais seis meses. Mais de 5,6 mil servidores efetivos e temporários atuantes nas instituições Polícia Militar (PM-AC), Polícia Civil (PC-AC), Corpo de Bombeiros Militar (CBM-AC), Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) e Instituto Socioeducativo (ISE) serão beneficiados.

“O auxílio é a prova do nosso compromisso com os servidores e garantir a estabilidade para que possamos melhorar ainda mais a vida das pessoas”, garantiu.

O investimento com o pagamento do auxílio de julho a dezembro será de aproximadamente R$ 12,8 milhões. O auxílio foi instituído pela lei nº 3.631 e prorrogado por meio do decreto nº 7.363.

Continuar lendo

Acre

Após quatro horas de protesto, indígenas liberam BR-364

Publicado

em

Povos indígenas liberaram por volta das 12 horas desta terça-feira, 22, a BR-364, km 590, na altura de Feijó. Mais cedo, por volta das 8h, o grupo fechou a estrada em adesão ao movimento nacional contra o Projeto de Lei 490, que permite a modificação da demarcação de terras indígenas.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi deslocada ao local para acompanhar o protesto. Na capital acreana, a manifestação ocorreu em frente ao Palácio Rio Branco. As informações foram repassadas ao ac24horas, pelo deputado estadual Roberto Duarte (MDB) que estava em agenda pelo interior.

Segundo o deputado, após muito diálogo envolvendo as autoridades policiais, políticos e a população geral com os indígenas foi possível o fim do manifesto. “A sugestão era que eles liberassem o tráfego por 20 minutos e depois interrompessem novamente para retomar o protesto, só que depois eles mesmo decidiram pôr fim a manifestação e liberaram a estrada”, afirmou.

Em Feijó, os indígenas levaram o cartaz contra o PL: “As mulheres indígenas de Feijó juntas na luta contra o PL 490” e outra “Nosso território é a nossa vida”. Pelo menos 18 povos indígenas estão representados no protesto que é organizado pela Federação do Povo Huni Kuin Acre.

Continuar lendo

Acre

Gladson cumpre agenda em Santa Catarina para tratar de gestão

Publicado

em

O governador Gladson Cameli (Progressistas) usou as redes sociais, na manhã desta terça-feira, 22, pra anunciar uma agenda institucional no Estado de Santa Catarina.

De acordo com o chefe do executivo acreano, o objetivo da visita é trocar informações de modelos de gestão entre os dois estados. “O Acre deu saltos importantes na gestão ao longo de dois anos e seis meses, mas precisamos avançar ainda mais. Temos adquirido experiências importantes e que gostaríamos de partilhar e também aprendermos sobre o modelo de gestão de Santa Catarina”, declarou.

Cameli destacou que a equipe governamental do Acre foi recebida pelo governador Carlos Moisés, na cidade de Florianópolis, na Casa d’agronômica, que na ocasião, nos ofereceu um almoço de boas vindas à nossa equipe governamental.

O governador ressaltou que participaram do encontro o secretário de Estado de Saúde de Santa Catarina, André Mota Ribeiro, o secretário de Estado de Saúde do Acre, Alysson Bestene, o subchefe do gabinete Militar do Acre, Carlos Negreiros, a secretária-adjunto da Secretaria de Planejamento e Gestão do Acre, Kelly Lacerda, e a coordenadora geral da Casa Civil no Acre, Silvania Pinheiro.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas