Conecte-se agora

Irmã de Ilderlei Cordeiro e atual secretário de Cruzeiro do Sul são alvos de operação da PF

Publicado

em

A Polícia Federal do Acre deflagrou na manhã desta terça-feira, 25, duas operações simultâneas batizadas de Jumper e Suplica nas cidades de Rio Branco e Cruzeiro do Sul. As diligências ocorrem simultaneamente também nas cidades de Manaus/AM, Brasília/DF, Pindamonhangaba/SP, São José dos Campos/SP, Salvador/BA, Serrinha/BA e Natal (RN).

O ac24horas apurou que os alvos dessa investigação são o atual secretário administração da prefeitura de Cruzeiro do Sul, João Pereira, e a irmã do ex-prefeito Ilderlei Cordeiro, a advogada Idelcleide Cordeiro, que foi chefe de gabinete na gestão do irmão.

O apurado até o momento aponta que os agentes federais cumpriram apenas mandados de busca e apreensão na casa do secretário em Cruzeiro do Sul e na residência de Idelcleide, no Condomínio Chácara Ipê, em Rio Branco.

Outros alvos da operação foram os empresários Manu e Sandro Cameli, que tiveram suas casas e empresas devassadas pela ação policial.

Ambas as ações visam a desarticular supostas organizações criminosas que, de forma estruturada, praticavam os crimes de peculato, corrupção passiva e ativa, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro, dentre outros; além de coletar novos elementos de provas que possam corroborar, ratificar ou alterar as hipóteses criminais traçadas no bojo das investigações.

Mais de 110 policiais federais participam das operações, visando ao cumprimento de 42 mandados judiciais expedidos pela Justiça Federal, Subseção Judiciária de Cruzeiro do Sul/AC, sendo 29 de busca e apreensão, 04 de prisão, 8 de sequestro de bens móveis e 01 mandado de afastamento cautelar do cargo público. Além disso, estão sendo bloqueados os ativos financeiros dos principais envolvidos no montante de aproximadamente R$ 6 milhões.

A Operação JUMPER apura supostos desvios de recursos públicos no âmbito de 02 (dois) termos de colaboração firmados pela Prefeitura de Cruzeiro do Sul com a Fundação Cultural e de Comunicação Valença – FCCV, envolvendo o repasse de aproximadamente R$ 25 milhões. De acordo com a investigação, os desvios eram dissimulados por meio de notas fiscais fraudulentas emitidas por empresas indicadas por agentes políticos e integrantes do esquema criminoso, as quais figuravam como prestadoras de serviços, sem que houvesse uma contraprestação legítima. Nos últimos anos, em outros Estados da Federação, a FCCV recebeu cerca de R$ 90 milhões.

A operação JUMPER foi assim nomeada tendo em vista que a palavra, em inglês, significa saltador, o que remete ao modus operandi da organização criminosa investigada, que “salta” de município para município, estado para estado, na tentativa de cooptar agentes políticos e servidores à organização e, com isso, ampliar o montante de recursos públicos que poderá ser desviado, ocultado, dissimulado e movimentado em prol de seus membros.

Por sua vez, a operação SÚPLICA investiga se houve desvio nos quase R$ 4,5 milhões repassados pela União ao município de Cruzeiro do Sul/AC, em face dos danos causados à população cruzeirense pelas enchentes do Rio Juruá nos anos de 2017 e 2021. A investigação revelou que houve mais de 15 (quinze) contratações diretas com fornecedores escolhidos pelos gestores municipais, havendo fortes indícios de que cotações de preços que fundamentaram a escolha das empresas fornecedoras foram dolosamente fraudadas. Por conseguinte, efetivava-se o desvio e a apropriação de verbas federais, em detrimento da prestação de serviços para as pessoas atingidas pelas enchentes, causando grande prejuízo ao erário e social.

A operação SÚPLICA foi assim batizada em alusão à música “SÚPLICA CEARENSE”, de composição dos músicos Gordurinha e Nelinho em 1960, após um período de muita chuva no Nordeste. Tal música foi imortalizada na voz de Luiz Gonzaga, embora uma de suas versões mais famosas seja a gravada pelo grupo O RAPPA, que acrescentou um tom crítico quanto aos interesses políticos e desvios realizados com os repasses de verbas destinados a ajudar vítimas das enchentes e secas no Nordeste.

A Polícia Federal continuará a apuração, na tentativa de elucidar a real amplitude das supostas organizações criminosas, bem como identificar o grau de participação de cada um dos envolvidos.

Na rede

Santa Rosa começa vacinar pessoas a partir de 30 anos

Publicado

em

O município de Santa Rosa do Purus, o menor do Acre, começou a vacinar nesta quinta-feira, 17, pessoas a partir de 30 anos de idade contra a Covid-19.  “Mas se não houver ninguém nessa faixa etária, para não estragar as doses dos frascos, quem chegar a partir de 18 anos será vacinado”, cita o secretário de Saúde de Santa Rosa, Alan Card Araújo.

A vacinação é realizada até as 17 horas na Academia da Saúde ao lado da Unidade Básica de Saúde Paulo Alcione Marques.

A população de Santa Rosa é de 6.717 habitantes e a meta, de acordo com o secretário, é alcançar 4 mil pessoas com a vacinação. “Nossos grupos prioritários já foram vacinados e com essa abertura agora acredito que em 5 ou 6 dias a gente consiga vacinar todo o público a partir de 18 anos em Santa Rosa”, conta Alan Card.

Continuar lendo

Na rede

Reforma de sala do Hospital de Cruzeiro do Sul custará R$ 500 mil

Publicado

em

A reforma da sala do Hospital do Juruá em Cruzeiro do Sul, onde será instalado o novo tomógrafo, vai custar R$ 500 mil. A informação é da coordenadora da Regional de Saúde do Juruá, Catiana Rodrigues. A previsão para que a obra seja concluída e o aparelho entre em funcionamento é de cerca de um mês.

O tomógrafo foi entregue pelo governo do Estado ao Hospital Regional do Juruá em 27 de fevereiro deste ano. Segundo Catiana, como o equipamento não coube na sala, um novo projeto e a captação de recursos para a sala nova tiveram que ser feitos, por isso a demora.

“O equipamento é de ponta. A sala tem especificidades por isso a demora e o custo”, explicou ela afirmando que a obra tem início nesta quinta-feira, 17.

Por enquanto só pacientes internados nos Hospitais do Juruá e de Campanha podem fazer tomografia. Os exames só são feitos no abdômen e se o paciente tiver menos de 100 quilos.

Continuar lendo

Na rede

Adolescente grávida é esfaqueada pelo marido em Mâncio Lima

Publicado

em

Na noite desta quarta-feira, 16, em Mâncio Lima, Charliene da Silva Maia, de 14 anos, grávida de 7 meses, foi esfaqueada pelo marido, Eulo Maia, de 20 anos, que fugiu depois da tentativa de feminicídio. Nem ela nem o filho correm risco de morte em decorrência da facada.

A menor foi levada para a unidade hospitalar do município e depois para o Hospital do Juruá em Cruzeiro do Sul. Segundo a direção clínica da unidade, a facada pegou na coxa da adolescente ,que já recebeu alta.

O delegado José Obetânio cita que o criminoso está sendo procurado pela Polícia Civil por tentativa de feminicídio.

Continuar lendo

Na rede

Acordo prevê contrato de R$ 100 mil em 10 toneladas de borracha em Marechal Thaumaturgo

Publicado

em

A prefeitura de Marechal Thaumaturgo propõe acordo com Cooperativa Sonhos de Todos e a empresa Veja para comercialização de borracha nativa produzida naquele município.

Conhecida há anos no Acre, a Veja compra borracha natural para produção de calçados. A previsão é que ela faça a aquisição do produto junto aos seringueiros da bacia do Rio Tejo. São cerca de 10 toneladas neste ano 2021 que devem ser comprados através de contrato no valor total de R$100 mil.

Em reunião com os representantes do acordo, o prefeito Isaac Piyãko destacou a importância que a borracha tem para a economia do município ao longo de toda a história da região.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas