Conecte-se agora

Servidores da Educação realizam manifestação e cobram reposição salarial em Epitaciolândia

Publicado

em

Na manhã desta terça-feira (18) os trabalhadores em educação fizeram uma passeata pelas ruas do município de Epitaciolândia para manifestar apoio ao movimento grevista.

De acordo com informações repassadas pelo sindicato, as quatro escolas da rede estadual no município aderiram à paralisação desde a semana passada.

Rosana Nascimento, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac), ressaltou que quase 100% das escolas paralisaram as atividades remotas. “Mais de 90% das escolas da rede pública aderiram ao nosso movimento”, declarou a sindicalista.

A categoria reivindica os seguintes pontos: reposição das perdas inflacionárias correspondente ao período de 2017/2021, a reestruturação da tabela dos pisos da carreira do Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações (PCCR da Educação), o pagamento das aulas complementares, o retorno da remuneração do ensino especial, a contratação dos professores do cadastro de reserva, a correção da gratificação dos gestores de escola e a vacinação em massa da comunidade escolar.

Destaque 4

Mazinho Serafim bate-boca com manifestantes por causa de rua em Sena Madureira

Publicado

em

Um protesto por conta da condição de uma rua terminou em confusão em Sena Madureira. Comerciantes da Rua Monsenhor Távora usaram manilhas da própria prefeitura para obstruir o tráfego no local em represália pela lama e poeira no local.

Dois vídeos mostram o momento em que o prefeito Mazinho Serafim chega até a rua e discute com os comerciantes e manda as máquinas da prefeitura retirar o material da rua para terminar o protesto. No vídeo, o prefeito aos gritos afirma que o serviço só é possível fazer no período do verão.

Duas mulheres que fazem o vídeo afirmam que o prefeito tentou bater em um manifestantes.

O ac24horas conversou com o Mazinho Serafim que afirmou que o movimento nada mais é do que politicagem. “É meia dúzia que quer fazer politicagem. É uma rua que eu fiz, mas como precisamos fazer drenagem para evitar a alagação de todo o centro da cidade quando chove, danificou a rua e não consigo asfaltar durante o inverno. A parte danificada fica do outro lado da rua, na calçada. O que aconteceu foi que pedi para recolher a manilha e um cidadão me empurrou, eu caí e bati com o joelho no chão”, afirma.

Continuar lendo

Destaque 4

Para dar exemplo, Gladson garante que filho Guilherme será vacinado contra Covid-19

Publicado

em

O governador Gladson Cameli (Progressistas) confirmou nesta segunda-feira, 17, que seu filho Guilherme, de apenas 8 anos, será vacinado contra a covid-19.

Ao lado da primeira-dama, Ana Paula Cameli, Gladson deve levar “Guigui”, como carinhosamente é chamado, para tomar a vacina assim que chegar o momento certo, de acordo com a Secretaria de Saude de Rio Branco. Nesta segunda-feira, apenas crianças de 5 a 11 anos com comorbidades podem ser vacinadas. O filho do governador deve ser vacinado assim que a sua faixa etária for anunciada.

“Vamos vacinar ele sim, se Deus quiser. Assim que ele estiver apto, ele será vacinado para dar exemplo aos demais. Ele está muito animado para tomar vacina. Não vê a hora”, disse o governador.

Continuar lendo

Destaque 4

Governo anuncia aumento de leitos clínicos para atender crescente demanda no Into

Publicado

em

Sem o governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, a secretária de Estado de Saúde, Paula Mariano, realizou na manhã desta segunda-feira, 17, uma visita ao Instituto de Traumatologia e Ortopedia (Into/AC), hospital referência para atendimento de casos de covid-19 e síndromes gripais, paga anunciar novas medidas para conter a 3° onda da pandemia.

A secretária de saúde do Estado, Paula Mariano, disse que o objetivo da visita é acompanhar a situação do hospital de referência a Covid-19 e tentar aumentar o número de profissionais para atender a população. “Estamos em uma média de 300 atendimentos por dia”, declarou.

Mariano destacou que uma das medidas imediatas, nesse momento, será aumentar o quantitativo de leitos clínicos. “Estávamos com 10 leitos, já aumentamos para 20 no Into. No pico da pandemia, eram 300. Hoje estamos com 60 leitos clínicos em todo o estado. Agora, queremos aumentar mais 10 na capital, indo assim para 30”, explicou.

A secretária de saúde contou que no hospital existem 4 pessoas internadas, sendo que todas elas não completaram o esquema vacinal. “Alguns tomaram uma dose, outros nem isso”, disse.

O coordenador do hospital, Evandro Teixeira, contou que o local está enfrentando uma sobrecarga no atendimento devido as unidades de saúde de Rio Branco não estarem realizando atendimento médico. “Tivemos um grande aumento de procura por atendimento. Estamos se adequando para receber a população”, explicou.

Continuar lendo

Destaque 4

Ministério Público investiga chefe de material da Zeladoria por possível desvio de ferramentas

Publicado

em

A 2º Promotoria Especializada de Defesa do Patrimônio Público e Fiscalização das Fundações e Entidades de Interesse Social, do Ministério Público Estadual, instaurou investigação contra a Divisão de Material e Patrimônio, órgão da Zeladoria Municipal de Rio Branco.

Segundo a Promotora de Justiça Laura Cristina de Almeira Miranda, os fatos consubstanciam, “em tese, na prática de possíveis atos de improbidade administrativa, no âmbito da Divisão de Material e Patrimônio, órgão integrante da estrutura da Secretaria Municipal de Zeladoria da Cidade – SMZC, acerca de desvio de ferramentas de trabalho em proveito próprio ou alheio pelo atual Chefe da Divisão, Jaffesson Rodrigues”, destacou.

Jaffesson Rodrigues de Freitas é o Chefe da Divisão de Material e Patrimônio, indicado pelo Secretário da Zeladoria, Joabe Lira, e foi nomeado pelo prefeito Tião Bocalom, através do Decreto nº. 290, de 21/01/2021, publicado no DOE, edição 12.967, fls. 123.

A investigação do MP apura possíveis desvios das ferramentas de trabalho que seriam utilizadas por garis e margaridas, como vassourões, vassourinhas, enxadas, limas, rastelos, lonas, etc.

A Notícia de Fato relata que garis e margaridas estariam adquirindo, com dinheiro próprio, desde janeiro de 2021, as ferramentas de trabalho, utilizadas na limpeza pública de Rio Branco, ao passo que a Zeladoria não estaria regularmente fornecendo as ferramentas, mesmo existindo contratos para aquisição e ordens de pagamento a favor de empresas fornecedoras.

Serão analisados pelo MP, cópia integral dos Termos de Cautela; cópia integral do Inventário Patrimonial; cópia integral dos contratos de aquisições de materiais; cópia integral dos relatórios de controle de estoque (discriminando datas das entradas e saídas de material e/ou ferramentas de trabalho e nomes dos trabalhadores que utilizam o material); cópia do organograma da Divisão de Material e Patrimônio da Zeladoria Municipal da Cidade, e ainda os nomes e funções de cada servidor que atuam na referida Divisão da Zeladoria.

A Promotoria de Justiça já expediu notificação, requisitando informações, ao prefeito Tião Bocalom e ao secretário Joabe Lira, que deverão prestar esclarecimentos no prazo de 10 dias.

O ac24horas conversou com Jafferson na manhã de hoje. Ele afirmou que está tranquilo e que nada deve. “Estou bem tranquilo, aqui tem as requisição, tem assinatura e relatório financeiro. Quem meu trouxe para cá foi o ex-diretor de gestão da Zeladoria, o Marcos Vitorino. Se depois da saída dele, o prefeito e o secretário me deixaram no cargo é porque o meu trabalho fala por mim. Quem não deve, não teme”, afirma Jafferson.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Content is protected !!