Conecte-se agora

Acre prepara relatório de gastos com recursos da Covid-19 para enviar a CPI da Pandemia

Publicado

em

O governador Gladson Cameli (Progressistas) declarou ao ac24horas, nesta segunda-feira (17), que solicitou ao governo que providencie um levantamento com os valores referentes a recursos repassados pelo governo federal referentes a pandemia da Covid-19. O objetivo é repassar o relatório, caso seja requisitado, aos membros da CPI da Pandemia.

A medida de Cameli se baseia no andamento das investigações que apuram gastos de governadores e prefeitos na pandemia, por meio de apelos aos tribunais de contas de cada região. “Solicitei a Secretaria de Saúde que faça um levantamento de tudo que o Estado recebeu para o enfrentamento a Covid”, declarou.

De acordo com os dados da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) e da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), publicados no Portal da Transparência para gastos com a pandemia no Acre, os repasses federais para o combate à Covid-19 foram de R$ 172.824.390,81, provenientes dos recursos da lei 173/2020, de auxílio financeiro essencial para gastos com custeio e investimentos para a Covid-19, saúde e assistência social.

Além disso, o governo federal ainda disponibilizou, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), o valor de R$ 116.076.718,85, sendo R$ 83.248.469,85 para custeio e R$ 32.828.249,00 para investimentos.

Ao todo, os repasses e benefícios concedidos pelo governo federal ao Estado do Acre totalizaram mais de R$ 817 milhões em 2020.

Ao todo, foram liberados R$ 60 bilhões para Estados (R$ 37 bilhões) e municípios (R$ 23 bi), sendo R$ 10 bilhões carimbados para ações de saúde e assistência social, e o restante para uso livre.

Cotidiano

Aleac suspende atendimento presencial devido aumento dos casos da Covid-19

Publicado

em

O presidente da Assembleia Legislativa Legislativa do Acre (Aleac), deputado estadual Nicolau Júnior (Progressistas), decidiu pela suspensão do atendimento presencial na instituição, nesta terça-feira, 18, em razão do aumento dos outros de Covid-19 e de síndrome gripal no estado.

A medida foi adotada pela Mesa Diretora para prevenir a disseminação da doença e atende a Resolução 31/2022 que reforça a classificação de risco. A suspensão se dará por tempo indeterminado.

De acordo com a assessoria da Casa, só será permitido a entrada nas dependências do Poder Legislativo, deputados, servidores e assessores. Às demais pessoas o acesso estará restringido por tempo indeterminado.

O comunicado ressalta que para o ingresso na sede do parlamento, os servidores deverão utilizar máscaras e tomar os demais cuidados determinados no protocolo de saúde.

Em relação às sessões plenárias, o presidente do parlamento acreano disse que a mesa diretora da Casa do Povo segue avaliando se haverá ou não retorno das sessões presenciais, previstas para ocorrer no dia 1° de fevereiro. “Ainda estamos avaliando a possibilidade de voltarmos com as sessões remotas. Continuamos enfrentando um inimigo invisível. Já temos a vacina como grande aliada, mas a prevenção ainda é essencial. Então, precisamos nos proteger e proteger os nossos familiares”, declarou o presidente Nicolau Júnior.

Continuar lendo

Cotidiano

Polícia aguarda prisão de trio acusado de matar e jogar corpo de indígena em lixão no Acre

Publicado

em

O delegado Railson Ferreira, da Delegacia Geral de Polícia Civil de Feijó, continua esperando o pronunciamento da justiça local a respeito do pedido de prisão preventiva para três envolvidos em um crime hediondo registrado na região. O trio seria o responsável pela execução do índio da etnia kaxinawá José Ribamar Barbosa, de 33 anos, cujo cadáver foi desovado numa cova rasa próximo ao lixão da cidade. O indígena teria sido sequestrado dois dias antes, tendo uma suposta dívida como causa do assassinato.

O indígena era usuário de drogas e teria contraído uma dívida com um traficante e líder de uma das facções de Feijó. No último dia 7 de janeiro, ele saiu de casa e não mais retornou. Na manhã seguinte, quando procurou a Delegacia de Polícia para registrar o ocorrido, o pai do indígena já sabia que o filho estava em poder do Tribunal do Crime e já havia sido condenado à morte.

A partir desse momento policiais civis e militares passaram a realizar buscas e investigações em vários pontos da cidade. Na noite de domingo (9) uma informação anônima dava conta de que o cadáver do índio estaria sepultado numa área de mata próximo ao Bairro do Lixão, o que foi confirmado. José Ribamar foi degolado e estava numa cova rasa. A Polícia Civil não teve dificuldades de chegar aos nomes de três suspeitos, que inclusive desapareceram da cidade. Diante da situação, o delegado Railson Ferreira representou pela prisão do trio junto à justiça local.

Continuar lendo

Cotidiano

Covid-19: internações sobem de 3 para 18 em menos de 20 dias no Into de Rio Branco

Publicado

em

As internações por complicações da Covid-19 aumentaram 500% se comparado os registros entre o dia 1° a 18 de janeiro de 2022 no Instituto de Traumatologia e Ortopedia (Into) de Rio Branco.

De acordo com os dados, eram apenas três pacientes internados no dia 1º de janeiro. Já nesta terça-feira, são 18 no total.

Os internados no Into têm entre 31 e 80 anos de idade, sendo que a faixa etária dos 71 aos 80 predomina com  seis pacientes – mas são cinco os que tem de 51 a 60 anos.

Já no Hospital Regional do Juruá houve redução de internados entre 1 e 18 de janeiro, baixou de 7 para 5.

O  Acre chegou a  258.665 notificações de contaminação pela doença, sendo que 168.335 casos foram descartados e 31 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen). Pelo menos 86.731 pessoas já receberam alta médica da doença, sendo que 21 estavam internadas.

Continuar lendo

Cotidiano

Polícia Civil prende monitorado por dupla tentativa de homicídio em Rio Branco

Publicado

em

Na manhã desta terça-feira, 18, a Polícia Civil prendeu o monitorado eletronicamente T. C. da S. M. em uma residência localizada na Rua Rádio Farol, bairro Baixada da Sobral.

A prisão foi efetuada por investigadores da delegacia de homicídios (DHPP) e é referente ao IPL 115/16 que é acusado de ser um dos autores de uma dupla tentativa de homicídio que ocorreu no bairro Boa União.

O acusado já tinha passagens pelo sistema prisional e inclusive era monitorado por tornozeleira eletrônica.

Após sua prisão o investigado conduzido a Delegacia de Flagrantes(Defla) e em seguida colocado à disposição da justiça.

Com informações da assessoria da Polícia Civil

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Content is protected !!