Conecte-se agora

Acre terá frente fria com ventos intensos nesta quarta, diz Friale

Publicado

em

O meteorologista, Davi Friale, informou em boletim a chegada de uma nova frente fria para essa quarta-feira (12). Segundo ele, a friagem será fraca com temperatura amena e ventos intensos em todo o Acre.

Com a chegada desta, o meteorologista contabiliza a 13º friagem apenas neste ano de 2021.

“Desta vez, deverá provocar uma fraca friagem, com temperaturas amenas, apenas, no leste e no sul do estado, devido à incursão de uma massa de ar polar. Os ventos da direção sudeste ficam intensos, com fortes rajadas, principalmente a partir do fim da tarde desta quarta e durante quinta, deixando o tempo com muitas nuvens e temperatura agradável em Rio Branco, Sena Madureira, Brasileia e demais municípios do leste e do sul do Acre, com mínimas, ao amanhecer, entre 18 e 20ºC”, explicou.

Segundo o meteorologista, nesta quinta-feira, 13, a maior temperatura diurna, na capital, deverá ficar abaixo de 25ºC.

“No vale do Juruá e na região de Tarauacá, as chuvas poderão ser fortes e acompanhadas de raios, tanto nesta quarta como na manhã de quinta-feira. Em Cruzeiro do Sul, a temperatura máxima, na quinta-feira, deverá ficar entre 26 e 29ºC e as mínimas, nos dias seguintes, entre 20 e 23ºC”, salientou.

Acre

Câmara aprova PL sobre ações de incentivo ao parto humanizado

Publicado

em

O Projeto de Lei (PL) que cria o Dia Nacional de Luta pelo Parto Humanizado, Digno e Respeitoso, foi aprovado nesta quinta-feira, 12, pelo plenário. A proposta, que segue agora para o senado, prevê a realização de ações ao longo de todo o mês de maio e será celebrada anualmente no Dia das Mães.

A deputada Benedita da Silva (PT-RJ), que fez a leitura do relatório favorável nas comissões de mérito, ressaltou que o objetivo do parto humanizado “é fazer com que o bebê nasça da maneira mais natural possível, sem experiências traumatizantes ou intervenções desnecessárias”.

De autoria da deputada Perpétua Almeida, o projeto é dedicado à jovem mãe Leilane Gomes, que teve seu bebê em uma calçada, em Rio Branco no Acre. A ação chegou a ser gravada em um vídeo que depois foi reproduzido nas mídias sociais.

“Temos visto crianças nascer com problemas e mães que morrem durante ou após o parto por falta de atendimento humanizado. O momento deixa a mulher vulnerável. Ela precisa de máxima atenção e acolhimento. O parto natural e humanizado é melhor para a recuperação da mãe e do bebê”, disse a parlamentar.

Continuar lendo

Acre

Técnicas que debocharam de paciente suicida viram alvo do MP

Publicado

em

As duas técnicas de enfermagem, Socorro Pinto e Rosa María de Oliveira, que foram afastadas dos cargos no pronto-socorro de Rio Branco após serem flagradas fazendo comentários de deboche durante o atendimento a uma paciente que tentou suicídio na capital, se tornaram alvo ds um procedimento administrativo do Ministério Público do Estado do Acre (MP-AC). O despacho foi publicado na edição do Diário Eletrônico desta quarta-feira, 11.

O promotor de justiça Ocimar da Silva Sales Júnior, destacou que a finalidade do procedimento é apurar reportagem publicada no site AC24horas que mostrou por meio de um vídeo, as enfermeiras do Pronto Socorro debochando de uma paciente que teria tentado suicídio em sua residência.

O órgão controlador ressaltou que o presente procedimento não tem conteúdo investigatório por finalidade, mas tão somente de acompanhamento, não sendo consequentemente oportuna, nesse momento, a instauração de procedimento investigatório. “Resolve instaurar procedimento administrativo a fim de acompanhar fato não sujeito a investigação decorrente da presente notícia de fato*, diz trecho do despacho.

A promotoria frisou que espera que seja cumprido a determinação do despacho n° 1368/2021 quanto a reiteração do ofício não respondido direcionado ao Pronto-Socorro da capital e a Secretária de Estado de Saúde (Sesacre) requisitando informações acerca da sindicância instaurada. A finalidade do procedimento é de 1 (um ano).

Relembre o caso

Um vídeo em que apareceram duas profissionais de saúde do Pronto-Socorro de Rio Branco, possivelmente da área de enfermagem, foi enviado ao ac24horas em forma de denúncia. As mulheres apareceram na época fazendo comentários preconceituosos contra uma paciente que teria tentado suicídio em decorrência de uma crise depressiva.

As imagens foram filmadas por uma outra paciente, que se diz revoltada com a situação. A vítima da chacota estava no hospital em busca de tratamento, mas acabou sendo destratada com comentários de deboche em relação ao problema. “Irmã, eu tenho o que fazer, cuida e se mata logo. A pessoa que se mata vai direto pro inferno”, teria dito uma das servidoras. Já a outra profissional acrescenta: “não, maninha, não dá recado. Não manda recado, não!”, disse.

Continuar lendo

Acre

Homem é condenado no Acre por vender terreno que não era seu

Publicado

em

A 4ª Vara Criminal de Rio Branco, condenou Jânio Capistana da Silva pelo crime de estelionato, por ter vendido três vezes um terreno que não era seu. O acusado deverá cumprir 4 anos de reclusão e pagar 100 dias-multa.

O juiz Cloves Ferreira também determinou que o réu devolva os valores recebidos pelas supostas vendas, com a devida atualização monetária, a contar da data do pagamento integral do valor dos terrenos.

O caso iniciou quando a verdadeira dona do imóvel acabou cedendo em 2019, uma casa localizada no Ramal da Judia, no bairro Belo Jardim I, para um casal de idosos, que são pais do acusado. O mesmo fez um acordo para a construção de uma horta hidropônica, mas depois desapareceu com toda a estrutura que seria destinada aos galpões da horta.

No ano seguinte, Jânio induziu ao erro três outras vitimas para que comprassem o terreno. Os prejudicados informaram que ele se apresentou como se fosse o proprietário, propondo a venda do local para um, no valor de R$ 11 mil, para o segundo, o preço de R$ 20 mil, e o terceiro, disse que entregou seu próprio carro no valor de R$ 10 mil, e uma quantia em dinheiro. No entanto, o réu não era dono do local e nem tinha procuração.

“Ele se aproveitou do sonho de pessoas humildes e batalhadoras para vender algo que não lhe pertencia. Então apropriou-se do esforço daquelas pessoas e de novo as iludiu, porque se comprometeu a ressarcir o dinheiro e mais uma vez as enganou”, evidenciou o magistrado.

O acusado foi preso preventivamente, contudo foi expedido o Alvará de Soltura, porque a pena foi estabelecida em regime inicial aberto. A decisão foi publicada na edição n° 7.050 do Diário da Justiça Eletrônico (pág. 88), da última terça-feira, dia 26.

Continuar lendo

Acre

Grande gerador de empregos, setor de serviços cai 1,3% no Acre

Publicado

em

Em março de 2022, o volume de serviços no Brasil cresceu 1,7% frente a fevereiro, resultado bem diferente do Acre, onde o segmento caiu 1,3%.

Em nível nacional, o setor de serviços recuperou a perda de janeiro deste ano (-1,8%) e alcançou o maior patamar desde maio de 2015 -mas, no Acre, a oscilação não permitiu um avanço maior apesar do crescimento de 3,6% em fevereiro (4º maior do País naquele mês). Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) divulgada nesta quinta-feira (12) pelo IBGE.

Dessa forma, o setor se encontra 7,2% acima do nível de fevereiro de 2020 (pré-pandemia) e 4,0% abaixo de novembro de 2014 (ponto mais alto da série histórica) no País.

Na série sem ajuste sazonal, frente a março de 2021, o volume de serviços cresceu 11,4% e assinalou a 13ª taxa positiva consecutiva.

No acumulado do ano, o volume de subiu 9,4% frente a igual período de 2021. O acumulado nos últimos doze meses passou de 13,0% em fevereiro para 13,6% em março de 2022, mantendo trajetória ascendente desde fevereiro de 2021 (-8,6%).

Regionalmente, 24 das 27 unidades da Federação tiveram expansão no volume de serviços em março de 2022, na comparação com o mês imediatamente anterior, acompanhando o crescimento (1,7%) observado no Brasil. Entre os locais que apontaram taxas positivas nesse mês, o impacto mais importante veio de São Paulo (2,7%), seguido por Minas Gerais (6,4%) Distrito Federal (10,3%), Santa Catarina (4,2%), Rio Grande do Sul (2,6%) e Rio de Janeiro (0,8%). Em contrapartida, Mato Grosso (-3,0%) exerceu a principal influência negativa em termos regionais.

Em 2021, o setor de serviços respondeu por 48% do emprego formal gerado no Estado do Acre, o que mostra força desse setor para a economia local.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!