Conecte-se agora

Governo repassou 19% de recursos para combate à pandemia em 2021

Publicado

em

Em audiência pública remota na Comissão Temporária da Covid-19 (CTCOVID-19) o secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues Junior afirmou nesta segunda-feira (3) que dos R$ 86,5 bilhões dotados para o combate à pandemia em 2021, R$ 16,6 bilhões já foram investidos, ou seja, nos primeiros quatro meses do ano, o percentual está em 19,19%.

Os parlamentares questionaram sobre o Plano Nacional de Imunização e o cumprimento de prazos para a vacinação no país, bem como sobre a situação fiscal e a execução dos recursos; todas questões correlatas às investigações recém-iniciadas pela CPI da Pandemia.

Segundo o secretário de Fazenda, para o auxílio emergencial em 2021, dos R$ 43 bilhões previstos inicialmente, foram repassados à população R$ 9 bilhões, ou seja, 20,93%. Já para o Plano Nacional de Imunização foram investidos R$ 4,2 bilhões dos R$ 19,9 bilhões programados, 21,10%.

Com a pandemia, o aumento na despesa primária do governo federal alcançou 26,1% do produto interno bruto (PIB) em 2020.

“Isso é um valor historicamente recorde, um valor elevado, bastante elevado e que nós temos condições de, se atendermos a uma consolidação fiscal, se seguirmos com zelo em sermos rápidos, diretos e efetivos no combate à pandemia, mas, ao mesmo tempo, sermos transparentes, conservadores e atentos, nós reduziremos o nível da despesa em 2021”, afirmou Waldery, que diz acreditar ser possível reduzir esse percentual para 19,7% em 2021, patamar parecido com o de 2019.

Em 2020, com uma receita de R$ 16,2% em relação ao PIB, o deficit primário foi de menos 10%, números resultantes da pandemia, segundo o secretário.

Fonte: Agência Senado

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas