Conecte-se agora

Geladinho do Bem leva amor e carinho para pacientes com Câncer

Publicado

em

Uma atitude simples que deixa a vida de pessoas no difícil tratamento contra o câncer um pouco mais doce e menos difícil. Esta é a proposta do Geladinho do Bem, criado pela autônoma Sandra de Matos.

Fazer geladinhos não é novidade para Sandra, aliás, antes da pandemia era um dos seus meios de sobrevivência. Inclusive, antes da pandemia, a vendedora já chamava atenção por criar promoções, como trocar um abraço com o cliente por desconto em seu produto ou o cliente pagar um geladinho para um desconhecido, Sandra faz a entrega e comprova com uma foto.

Com a pandemia, Sandra foi obrigada a parar com suas atividades. Só que a vontade de ajudar o próximo falou mais alto e ela pensou porque não continuar a fazer o geladinho para ajudar a melhorar um pouco a vida das pessoas. “Eu fico em uma faculdade onde vendo meus geladinhos e com a pandemia, com tudo parado, comecei a ficar inquieta. Comecei a pensar o que deveria fazer. Acabou que encontrei a Beatriz, do grupo Fada Madrinha, que me contou que para os pacientes que fazem tratamento no Hospital do Câncer, o gelado ajuda a diminuir as náuseas e aí decidi fazer o sorvete no pote e entregar toda semana”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A ação social virou uma grande corrente de clientes e amigos solidários que doam os potinhos que se transformam em “porção do amor”, como Sandra diz. Nesta semana, na última terça-feira, 20, Sandra fez a primeira ação de doação aos pacientes do Hospital do Câncer.

“Essa é uma ação simples, é apenas um potinho de sorvete, mas que tem muito amor envolvido. É a maneira que a gente encontrou para fazer o outro feliz. Desde que eu comecei a trabalhar com geladinho, foi só uma desculpa para que fosse possível contribuir com um mundo mais doce, mais refrescante e de mais amor, cultivando gentileza e um mundo melhor. O geladinho é a minha única fonte de renda, mas também é uma desculpa para fazer a vida das pessoas um pouquinho mais doce e alegre”.

Cada potinho que é entregue de forma gratuita aos pacientes sai a um custo de R$ 4,00. Quem quiser fazer uma doação ou ser padrinho do projeto, pode entrar em contato com Sandra pelo instagram: @amorcomgeladin/.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas