Conecte-se agora

Policial que ajudou na tentativa de fuga de 30 presidiários é expulso

Publicado

em

O policial penal de Cruzeiro do Sul, Adevanir Silva Gonçalves, foi demitido pelo presidente do Instituto Penitenciário (IAPEN), Arlenilson Barbosa Cunha. A demissão foi publicada no Diário Oficial do Estado do último dia 14.

O policial foi acusado de participação na preparação da fuga de 30 presos do Bloco 7 do Complexo Penitenciário Manoel Neri, em Cruzeiro do Sul, em junho do ano passado. A fuga foi impedida pelas Polícias Militar, Civil e Penal, que encontraram 2 homens do lado de fora do presídio esperando os detentos.

O ac24horas noticiou em primeira mão a participação do policial penal na tentativa de fuga.

A fuga seria cinematográfica. Grampos para furar os pneus das viaturas policiais, cinco armas municiadas e R$ 20 mil foram encontrados pela polícia com os dois homens presos próximo ao presídio, que aguardavam os presos, entre eles, lideranças da facção Criminosa Comando Vermelho.

Um dos presos perto do presídio, foi Bebezão, um dos conselheiros do Comando. Ele disse à polícia que as armas e os grampos seriam entregue para os fugitivos. Ernegildo também foi preso. Dentro do presídio os presos do Bloco 7 fizerem buracos na parede ligando 3 celas e se preparavam para fugir mas foram surpreendidos com a chegada dos polícias penais, que impediram a saída do grupo.

As investigações apontaram a participação ativa do policial, que foi preso enquanto estava de serviço dentro do Complexo Penitenciário.

Toda a ação das polícias Civil, Militar e Penal foi coordenada pelo setor de Inteligência da secretaria de Segurança Pública.

O caso

Por volta das 23h00 de 14 de junho de 2020, a Polícia Civil informou à Polícia Militar de Cruzeiro do Sul que alguns indivíduos estavam planejando o resgate de reeducandos que cumprem pena no presídio Manoel Neri da Silva. Entre eles, lideranças da facção que atuam no Juruá.

As guarnições COE e ROTAM fizeram buscas nas imediações do presídio. Próximo ao colégio militar Dom Pedro II, dois homens estavam colocando uma mochila e baldes em uma caminhonete e ao perceberem a aproximação da guarnição um se evadiu no carro, deixando para trás um indivíduo com os materiais.

Com o homem deixado na estrada, identificado como Ernegildo, a polícia encontrou uma mochila com 5 armas de fogo, sendo 2 pistolas .380 com munição e 3 revólveres 38 com munição. Também estavam baldes cheios de grampos de metal reforçados para furar pneus das viaturas policiais.

Moisés, o ”Bebezão”, que tentou resistir à prisão com uma caminhonete, e foi capturado. Além dos dois detidos, havia pelo menos mais dois indivíduos que seriam de Rio Branco, participando da fuga, no entanto, eles não foram encontrados durante as buscas nas imediações do presídio.

Depois da tentativa de fuga, 6, presos de Cruzeiro do Sul foram transferidos para um presídio de Rio Branco.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas