Conecte-se agora

Casos de Covid-19 diminuíram no Juruá graças à vacina, diz médica

Publicado

em

A vice-diretora clínica do Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul, médica Riane Araújo dos Santos, afirmou que a redução de casos de Covid-19 registrada no município é resultado da vacinação contra o coronavirus iniciada em janeiro no município. A diminuição de doentes entre os profissionais de saúde, segundo ela foi de 30% já na primeira dose e 70% na segunda.

“Sentimos agora a redução fora, em relação à população, e dentro do Hospital entre os profissionais de saúde. Já tivemos muitos servidores com atestados médicos e internações por causa da doença. Até 20 de uma vez. Agora demos uma respirada em relação aos pacientes e aos profissionais o que se reflete na melhoria da qualidade do atendimento aos que estão internados. É o efeito da vacinação. A vacina não impede a contaminação e sim a evolução para a forma grave”, pontua a médica, que é natural de Cruzeiro do Sul, atua na UTI do Hospital de Campanha e já teve Covid-19.

Em um ano de pandemia em Cruzeiro do Sul, 155 pessoas morreram de coronavírus e 9.144 foram curadas. A cidade ganhou o Hospital de Campanha, que agora tem 20 Unidades de Terapia Intensiva (UTI), 6 semicríticos e 100 clínicos. O Hospital tem uma nova usina de oxigênio.

“Foi um ano de adequações e adaptações na estrutura física do Hospital e para nós profissionais. Agora respiramos e pode vir uma terceira onda e nós estaremos preparados e imunizados”, alertou a diretora.

Riane destaca que ao contrário, de outras cidades, em Cruzeiro do Sul nunca houve falta de medicamento, de kit de intubação ou insumos. “As equipes do Ministério da Saúde e do Médicos sem Fronteira estiveram aqui a ficaram impressionados de forma positiva com nossa estrutura e quantidade de medicamentos mas o problema segue sendo a falta de médicos”, pontua Riane.

Redução de casos

Segundo a secretaria Municipal de Saúde de Cruzeiro do Sul, fevereiro deste ano, foi o mês com maior número de casos novos de Covid desde o início da pandemia, chegando a quase 300 por dia. No último domingo, 18, nenhum novo registro da doença foi feito.

Em janeiro deste ano houve 9 mortes pela doença. Em fevereiro foram 47 e março 21 pessoas morreram vítimas do coronavírus. As internações variaram entre 75 a 85.

Desde o final de fevereiro há redução dos indicadores em Cruzeiro do Sul. Nesta terça-feira, 20, há 51 pessoas internadas no Hospital de Campanha. São 37 na clínica e 14 na UTI: são 3 de Cruzeiro do Sul, 1 de Mâncio Lima, 7 de Tarauacá, 2 de Feijó e 1 de Eirunepé.

Nas últimas 24 horas foram registrados 2 óbitos e 3 altas hospitalares.

Por causa da redução no número de mortes, de internações e de novos casos de Covid 19, o prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima, anunciou a reabertura de todo o comércio a partir deste sábado, 24.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas