Conecte-se agora

Governo vai gastar mais de R$ 2,5 milhões com reforma do quartel da PM do Acre

Publicado

em

Um dos cartões postais do centro da capital acreano vai ser reformado. Na manhã desta quinta-feira, 15, o governador Gladson Cameli assinou a ordem de serviço para a reforma do quartel da Polícia Militar. O prédio é histórico e um dos mais antigos do estado, tendo mais de 90 anos

A obra promete deixar o prédio novinho em folha, respeitando as características arquitetônicas do edifício que abriga o comando da PM no Acre. O governo vai gastar cerca de R$ 2,6 milhões de reais. Atualmente o prédio tem vários problemas estruturais, como cobertura e forro danificados, com avarias decorrentes de umidade, fiação e tubulação antigas, entre outros, que resultaram na interdição de várias salas. Diversos setores tiveram que sair do prédio e ir para outros locais.

Foto: Sérgio Vale/ac24horas.com

Na solenidade, Gladson lembrou do trabalho dos policiais na pandemia. “Esse nosso esforço é um reconhecimento no trabalho que cada um tem feito nesses tempos tão difíceis. Eu nunca baixei a cabeça e nunca pensei que não iríamos vencer. O trabalho da PM vai além do combate à criminalidade, o desafio do combate à pandemia tem e muito a ajuda de vocês”, disse Gladson.

A assinatura da ordem de serviço aconteceu durante o encerramento do curso de habilitação de Oficiais Administrativos da Polícia Militar. Ao todo, 40 oficiais concluíram o curso de seis meses por meio de um artigo científico.

Foto: Sérgio Vale/ac24horas.com

O coronel Douglas Tomás explicou como funciona o curso. “A Polícia Militar tem em seus quadros saúde, combatentes e administrativos. Tomamos a decisão de que na data desta promoção pudéssemos concluir esse curso. É uma vitória da Polícia Militar com esses oficiais extremamente qualificados”, disse o coronel que na última quarta-feira, 14, deu entrada ao pedido de aposentadoria. “Eu me preparei para o momento. Eu me sinto com o dever cumprido e como oficial sempre tentei fazer o melhor para os nossos subordinados. Acho que fiz meu papel e a aposentadoria faz parte da oxigenação da corporação”, explicou.

Um momento aguardado era a presença do secretário de segurança do Acre, Paulo Cézar, que faria a primeira aparição pública após ter um áudio vazado com críticas à PM e aos oficiais. Estrategicamente, o secretário entrou de férias nesta quinta-feira, 15, e não participou do evento.

Fotos: Sérgio Vale/ac24horas.com (PROIBIDA A REPRODUÇÃO)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas